Momento Tecnologia

5G só deve chegar em 2021 no Brasil; entenda influência norte-americana

Publicado

source

Olhar Digital

5G arrow-options
Pixabay

Leilão do 5G deve ser adiado no Brasil.


Por mais que a tecnologia 5G esteja se popularizando no mundo todo, o Brasil  parece ter ficado de fora de sua implementação, pelo menos por enquanto. Operadores de telefonia, fornecedores de equipamentos e fabricantes de smartphones já consideram como adiado para 2021 o leilão da tecnologia 5G no país.

O governo, por sua vez, nega o adiamento, mas, de acordo com empresas do setor, foram enviados informações de que o presidente Jair Bolsonaro dará mais um ano para que as companhias de telecomunicação americanas possam aprimorar sua tecnologia de conectividade 5G. O objetivo é permitir que os EUA possam competir com a Huawei pelo fornecimento de equipamentos de rede no Brasil.

Com o recebimento de um prazo maior, fica claro que há um comprometimento com a manutenção das relações alcançadas entre Bolsonaro  e Trump , atual presidente dos Estados Unidos.

Leia também: EUA pressionam Brasil para vetar entrada da Huawei no mercado do 5G

Pessoas ligadas diretamente às conversas entre os dois governos afirmam que os americanos pediram que a votação fosse adiada em dois anos. Esse pedido faz parte do plano dos EUA de impedir que a Huawei atue em mercados 5G de aliados, após as acusações de espionagem feitas pelo governo norte-americano aos chineses.

Rumores apontam que representantes do governo Trump fizeram com que Bolsonaro ficasse sabendo que a parceria estratégica firmada com os EUA estaria comprometida se um acordo com um “rival” fosse firmado e o equipamento 5G fosse fornecido.

A proibição da Huawei por aqui seria um passo importante nos planos do presidente norte-americano em fazer com que a empresa perca território no fornecimento de tecnologia. O Brasil, por conta do tamanho de seu mercado interno, pode definir o padrão de rede na América Latina.

Leia também: Quando o 5G chega ao Brasil? Anatel adia abertura de edital mais uma vez

Como exemplo da influência do Brasil, em 2006, com a chegada do modelo de TV digital japonês por aqui, outros países da América Latina acompanharam nossa decisão e adotaram o modelo do país asiático.

Os equipamentos fornecidos pela Huawei são os preferidos, pois são menores, mais baratos e mais potentes. A empresa já se encontra em 60% das redes das operadoras brasileiras, porém, com esse pedido dos EUA, o futuro pode ser diferente. Mesmo assim, as operadoras tendem a comprar tecnologia da empresa que oferece o melhor custo-benefício. Atualmente, quem oferece tudo isso é a Huawei.

Bom para o Brasil

Enquanto ajuda os americanos, a medida do adiamento também pode beneficiar o mercado brasileiro. Isso porque, para as empresas de telecomunicação que atuam no país, a grande barreira para a implementação do serviço é a instalação de novas antenas, que hoje estão a cargo das prefeituras.

Para que o 5G funcione de forma satisfatória, é necessário que o número de antenas instaladas suba em dez vezes. Porém, muitos municípios não permitiriam isso, devido a preocupações com questões de saúde que envolvem a irradiação dos sinais desses equipamentos.

Leia também: Já está na hora de comprar um celular compatível com o 5G?

Outro problema que deve ser resolvido é o uso da frequência de 3,5 GHz. Atualmente, essa faixa é usada por satélites e antenas parabólicas. Isso poderia atrapalhar a disseminação do sinal em algumas localidades. O adiamento do leilão poderia ser usado para resolver essa questão.

Por parte da Agência Nacional de Telecomunicações ( Anatel ), também há pendências. Questões regulatórias em relação à oferta de conteúdo via internet não foram resolvidas. Ainda não se sabe se a transmissão de conteúdo de TV pela internet vai se enquadrar na categoria de TV por assinatura .

Sendo adiado ou não, o leilão das frequências do 5G é um grande passo para o futuro das conexões de dados no Brasil . Resta saber se o país vai querer manter sua boa relação com os EUA e não utilizar a tecnologia da Huawei por aqui ou se vai prezar pela evolução tecnológica que o 5G pode trazer.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

Sem gastar muito: veja dicas de equipamentos para uma boa videoconferência

Publicado


source
videoconferência
Unsplash/Chris Montgomery

Confira as dicas para uma videoconferência de sucesso


Com o isolamento social imposto pela pandemia de Covid-19, o home office se tornou mais popular, e as videoconferências passaram a fazer parte do dia a dia de muitas pessoas. Plataformas como  ZoomMicrosoft Teams registraram aumentos expressivos no número de usuários. 


Para quem usa muito esse recurso, algumas dicas são valiosas para tornar a experiência da videoconferência ainda melhor. Confira quais gadgets valem a pena e como improvisar sem gastar muito.

Novos equipamentos

Para quem usa videoconferências no trabalho, investir em novos equipamentos pode ser uma boa forma de deixar as chamadas mais profissionais. Para Débora Costa, UX Design Lead na ilegra, empresa global de inovação, design e software, um headphone , uma boa câmera e uma internet boa são indispensáveis para manter a qualidade de uma chamada de vídeo.

Um bom fone de ouvido é responsável por excluir os ruídos externos, assim como ajudar as outras pessoas da chamada a te ouvirem bem. E uma câmera com qualidade te ajuda se mostrar mais presente nas reuniões. “Nas reuniões online é importante manter a câmera ligada para que as pessoas consigam se enxergar, isso facilita a comunicação e ajuda a dar visibilidade a todos”, opina Débora.

Ela diz, porém, que esses gadgets são essenciais principalmente para quem quer se profissionalizar mais ou precisa divulgar sua imagem na internet. “Se você está à frente da promoção de lives, por exemplo, pode ser interessante investir em equipamentos extras pensando em profissionalizar e aumentar a qualidade do seu trabalho”, diz.

Grana curta

Para quem não recebe apoio da empresa para novos equipamentos e não pretende gastar com o home office , algumas dicas podem servir para improvisar uma experiência melhor durante a chamada de vídeo. 

Um fone de ouvido caro e poderoso pode ser substituído por um mais simples, que tenha um bom microfone . E se a câmera do notebook  ou computador não tiver uma qualidade muito boa, o uso do celular pode substituir a compra de uma webcam externa – o que pode economizar um bom dinheiro. 

“Caso a pessoa não tenha uma webcam, ela pode se conectar nas chamadas usando o seu celular. Hoje em dia, grande parte das pessoas possui um smartphone com câmera que irá suprir a necessidade”, aconselha Débora.

Os celulares dificultam, porém, na hora de compartilhar a tela em videoconferências. Se for esse o caso, a dica é entrar com os dois dispositivos na chamada, deixando vídeo e áudio para o celular e usando o computador ou notebook apenas para transmitir as informações da tela. Nesse caso, é importante não se esquecer de deixar o áudio do computador no mudo, para não causar interferências.

Internet está fraca, e agora? 

Um dos grandes problemas que atrapalha a experiência em chamadas de vídeo é a internet lenta . Para evitar que isso aconteça, é importante se atentar a algumas questões antes de começar a videoconferência

A primeira dica está na escolha da plataforma utilizada . Algumas demandam mais dados do que outras, então vale a pena testar antes para escolher o meio mais estável para realizar a reunião. 

A segunda dica é garantir que sua internet estará em sua melhor performance. Para isso, negocie com a família os horários de uso da rede doméstica. Se você tiver uma reunião importante, por exemplo, é interessante pedir para que ninguém veja vídeos pesados, faça downloads extensos ou realize outras videoconferências no mesmo horário. 

Além disso, um repetidor de sinal Wi-Fi pode ser um bom investimento para fazer o sinal chegar com mais força a todos os cantos da casa. O uso de cabos Ethernet também é uma dica preciosa para quando o Wi-Fi está fraco, já que a rede com fio é mais rápida e estável. 

Mesmo tomando todas essas precauções prévias, a internet ainda pode cair no meio de uma reunião importante. Nesse caso, a dica é usar o pacote de dados do celular, que costuma estar abandonado em tempos de isolamento social. Se o sinal estiver fraco, desligar a câmera pode ajudar a solucionar o problema. “É melhor áudio do que nada”, diz Débora.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Sabadou! Confira os filmes e séries da semana na Netflix

Publicado


source

Olhar Digital

Netflix
Unsplash/Clay Banks

Confira os lançamentos da semana na Netflix


Semanalmente, a Netflix adiciona novos filmes e séries ao seu catálogo trazendo cada vez mais opções do que assistir para os assinantes. Já em tempos de quarentena, sempre é uma boa ideia dar uma conferida no que há de novo para fazer o tempo passar mais rápido.


Nessa semana, um dos maiores destaques ficou por conta da chegada da série Warror Nun, em que uma jovem acorda em um necrotério com superpoderes e passa a fazer parte de uma seita secreta de freiras caçadoras de demônios. Quem também merece a atenção, mas na parte de desenhos, é a quinta temporada dos Jovens Titãs em Ação, uma ótima opção para as crianças se divertirem.


Além deles, em relação a filmes, a Netflix também traz muitas novidades, mas o destaque vai para o título original Desperados, que mostra a jovem Wes indo para o México para evitar que o seu amor leia um e-mail constrangedor enviado acidentalmente enquanto ela estava com bêbada suas amigas. Abaixo, confira a relação completa do que chegou essa semana à plataforma de streaming .

Séries

  • Deadwind – 2º temporada (01/07)
  • Finalmente…Sim! (01/07)
  • Ride On Time (01/07)
  • Irmã Guerreira (02/07)
  • Warrior Nun (02/07)
  • As Telefonistas – temporada final parte 2 (03/07)
  • Life Begins (03/07)
  • O Grito – Origens (03/07)
  • Kit de Sobrevivência (03/07)

Filmes

  • Skin (28/06)
  • A Torre Negra (30/06)
  • Adú (30/06)
  • Em Ritmo de Fuga (30/06)
  • O Garoto do Espelho (30/06)
  • American Pie: Caindo em Tentação (01/07)
  • American Pie: Tocando a Maior Zona (01/07)
  • American Pie: O Livro do Amor (01/07)
  • American Pie: O Último Stifler Virgem (01/07)
  • #AnneFrank – Vidas Paralelas (01/07)
  • El Practicante (01/07)
  • Escorregando para a Glória (01/07)
  • Minha Vida (01/07)
  • O Homem Perfeito (01/07)
  • O Sol de Riccione (01/07)
  • Resgate (01/07)
  • Sniper Americano (01/07)
  • Sombras da Vida (01/07)
  • De Volta para o Futuro (01/07)
  • Gatinhas e Gatões (01/07)
  • Elizabeth (01/07)
  • Os Batutinhas (01/07)
  • Patch Adams, o Amor é Contagioso (01/07)
  • Um Tira da Pesada (01/07)
  • Um Tira da Pesada 2 (01/07)
  • Winter, o Golfinho 2 (01/07)
  • Desperados (03/07)
  • Uma Mente Canina (03/07)
  • Dois Amigos, Dois Caminhos (04/07)

Documentários, especiais e minisséries

  • Senna: O Brasileiro. O Herói. O Campeão (01/07)
  • #AnneFrank – Vidas Paralelas (01/07)
  • Ride On Time (01/07)
  • Mistérios Sem Solução (01/07)

Stand-Ups

  • George Lopez: We’ll Do It For Half (30/06)
  • Thiago Ventura: Pokas (02/07)

Programação infantil, animes e desenhos

  • BNA (30/06)
  • Chico Bom Bom – O Macaquinho Faz-Tudo – 2º temporada (01/07)
  • Cleo & Cuquin – 2º temporada (01/07)
  • Os Jovens Titãs em Ação – 5º temporada (01/07)
  • Pokémon – A Série: Sol e Lua (01/07)
  • O Clube das Babás (03/07)
  • Shopkins: Aventura Internacional (04/07)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana