Nacional

Aluno armado com canivete, faca e fogos é detido em escola de São Paulo

Publicado

source
CEU arrow-options
Reprodução/Google Maps

Centro Educacional Unificado (CEU) Parque Bristol, local em que o estudante de 15 anos foi detido.

Um adolescente de 15 anos foi detido pela Polícia Militar na manhã desta sexta-feira (22) no Centro Educacional Unificado (CEU) Parque Bristol, localizado na Zona Sul de São Paulo. A suspeita é que o jovem teria entrado na instituição armado com canivete, duas caixas de fogos de artifício e uma faca. O aluno também teria ameaçado colegas que estavam na Centro.

O adolescente entrou no banheiro do CEU com duas armas brancas e dois artefatos explosivos, segundo a Polícia Militar. Outros garotos que estavam na instituição foram ameaçados de ser esfaqueados pelo jovem. 

Leia mais: Reitores das universidades federais querem processar Weintraub

O adolescente teria dito aos responsáveis que sofria bullying dos três estudantes que tentou esfaquear. A Polícia Militar ainda não confirmou a informação. Todos os menores envolvidos foram encaminhados ao 83º Distrito Policial (DP), Parque Bristol, na companhia dos pais.

Em nota ao G1, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Secretaria Municipal de educação disseram que o aluno foi contido e que ninguém se feriu. As aulas seguem no local sem interrupções.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Com sobe e desce de números, Rio de Janeiro pode ter novo pico de contágios

Publicado


source
Retomada econômica no Rio de Janeiro pode elevar taxa de contágio
reprodução / Twitter

Retomada econômica no Rio de Janeiro pode elevar taxa de contágio

A instabilidade dos indicadores da Covid-19 no Rio de Janeiro mostra que a pandemia ainda não deu trégua na capital fluminense. De acordo com levantamento feito pelo jornal Extra , indicadores como total de casos, óbitos, taxa de contágio, ocupação de leitos e índice de isolamento social desaceleraram na primeira semana pós flexibilizações, subiram na segunda, ficaram mais horizontais na terceira e, lentamente, começaram a cair novamente. Segundo especialistas, essa instabilidade deixa em aberto a possibilidade de um novo pico de contágios.

A preocupação aumenta na medida em que as restrições são flexibilizadas . No último fim de semana, foram registradas cenas de bares lotados no Leblon e na Barra da Tijuca e de festas em comunidades do subúrbio. Ontem (7) a taxa de isolamento em Ipanema e Leblon, por exemplo, caiu para 5,4%, depois de já terem girado em torno de 50%.

Além da zona sul, outras regiões da cidade também registram queda nos índices de isolamento social. Ontem (7), a capital apresentou o menor índice de isolamento desde o início das medidas: 30%, de acordo com a empresa  Cyberlabs . Há um mês, o índice bateu os 71%.

No balanço de contaminados por semana, também há sobe e desce. De 7.522 na semana de 31 de maio a 6 de junho, passou para 5.708 de 7 a 13, mas voltou a crescer para 8.718 de 14 a 20. E, mais uma vez, caiu para 5.157 de 21 a 27 junho e 4.747 de 28 de junho a 4 deste mês. Nos mesmos períodos, as vítimas fatais foram, respectivamente, 876, 798, 575 e 503.

Queda na ocupação de leitos

A boa notícia é a queda na ocupação de leitos. De acordo com a prefeitura, a taxa de lotação dos leitos de UTI adulta para Covid-19 do SUS vem caindo, ainda que timidamente, desde o fim de maio.

A primeira semana de junho fechou em 91,6% (média de sete dias). Na semana passada, encerrada em 4 de julho, caiu para 72,8%. Na rede privada, calcula a Associação de Hospitais do Estado do Rio (Aherj), está ainda mais baixa: 53%.

Porém, para o subsecretário Geral Executivo da Secretaria municipal de Saúde (SMS), Jorge Darze, deve-se ficar atento pois, com a retomada econômica e mais gente na rua, a curva de contágios pode subir, trazendo a necessidade de dar um passo atrás na flexibilização das restrições.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Sozinho em apartamento, menino de 7 anos cai do 4º andar e sobrevive em SP

Publicado


source
ambulância
Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

Caso ocorreu em Praia Grande

Um menino de 7 anos sobreviveu a uma queda do quarto andar do prédio no qual mora na cidade de Praia Grande , no litoral de São Paulo, na manhã desta terça-feira (7). Segundo a polícia, a criança estava sozinha em casa no momento do acidente. O pai teria saído para acompanhar a mãe até o ponto de ônibus por segurança.

O menino teria ficado cerca de 15 minutos sozinho em casa e caído pouco após o pai sair. Uma vizinha acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e a criança foi rapidamente levada ao Hospital Irmã Dulce.

No hospital, o menino está sob observação e não corre risco de vida. O caso foi registrado na Delegacia da Mulher de Praia Grande e é investigado pela polícia civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana