Momento Saúde

Ao vivo: saiba como está o avanço do coronavírus no Brasil

Publicado


.

Hoje (26) completa um mês do primeiro caso confirmado  do novo coronavírus (covid-19) no Brasil. Durante este período a pandemia produziu 77 mortes, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje (26). A taxa de letalidade é de 2,7%.

Ontem, as mortes já haviam se expandido para além de São Paulo e do Rio de Janeiro, com falecimentos em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e no Amazonas.

Considerando um mês após o primeiro infectado, o Brasil fica atrás da China (213 mortes e 9.802 casos) mas a frente da Itália (29 mortes e 1.694 casos).

O total de casos confirmados saiu de 2.433 ontem para 2.915 casos. O resultado de hoje marcou um aumento de 54% nos casos em relação ao início da semana, quando foram contabilizadas 1.891 pessoas infectadas.

Do total de mortes, 58 foram em São Paulo, nove no Rio de Janeiro, três no Ceará, três em Pernambuco, uma no Amazonas, uma no Rio Grande do Sul, uma em Santa Catarina e uma em Goiás. 

Como local de maior circulação do novo coronavírus no país, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 1052 casos confirmados. Em seguida vêm Rio de Janeiro (421), Ceará (235), Distrito Federal (200), Rio Grande do Sul (158) e Minas Gerais (153).

Também registram casos confirmados Santa Catarina (122), Bahia (104), Paraná (102), Amazonas (67), Pernambuco (48), Espírito Santo (39), Goiás (39), Mato Grosso do Sul (25), Acre (24), Rio Grande do Norte (19), Sergipe (16), Pará (13), Alagoas (11), Mato Groso (11), Maranhão (10), Piauí (nove), Roraima (oito), Tocantins (sete), Rondônia (cinco), Paraíba (cinco) e Amapá (dois).

Coronavírus – Acompanhe ao vivo

Ministério da Saúde libera recursos

Mais R$ 600 milhões estão sendo liberados para estados e municípios a fim de reforçarem o plano de contingência para o enfrentamento da pandemia de coronavírus (covid-19). Além disso, R$ 400 milhões já haviam sido enviados a todos os estados este mês.

A orientação do Ministério da Saúde é que cada estado defina com as prefeituras os valores destinados a cada município. O dinheiro poderá ser utilizado em ações de assistência, inclusive para abertura de novos leitos ou custeio de leitos já existentes nos estados e municípios.

São Paulo anuncia repasse

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje o repasse de R$ 218 milhões para 80 municípios do estado com mais de 100 mil habitantes para ações que minimizem efeitos da pandemia do novo coronavírus. O repasse terá início no dia 3 de abril e não inclui a capital. 

Para as cidades com menos de 100 mil habitantes, o governador disse que um novo valor de repasse deverá ser anunciado na próxima segunda-feira (30).

Contingenciamento no Rio de Janeiro

O governo fluminense determinou ontem (25) o contingenciamento de R$ 7,6 bilhões e a suspensão por tempo indeterminado de novas despesas de caráter não essencial. As medidas são emergenciais para fazer frente à queda na arrecadação provocada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Documentário “Quarentena – 24 horas em Wuhan” 

TV Brasil apresenta com exclusividade o documentário inédito “Quarentena – 24 horas em Wuhan” na faixa DOC Especial desta quinta-feira, às 23h30. A produção revela a rotina nos bastidores de cidade chinesa de Wuhan, epicentro da pandemia de coronavírus, e destaca iniciativas de heróis anônimos da comunidade que fazem o possível para manter o surto da covid-19 sob controle.

Reportagem Especial – Agência Brasil

Quer saber o que é o novo coronavírus e como se proteger da covid-19? Tem dúvidas sobre os seus direitos e qual o período ideal de quarentena para quem chega do exterior? Em caso de febre ou tosse, devo ficar em casa? Quando procurar uma unidade de saúde? Álcool em gel funciona para higiene das mãos e de objetos? Planos de saúde vão pagar pelo teste para detecção da doença? A Agência Brasil reuniu as principais informações e dados sobre a pandemia que tem preocupado a sociedade civil e as autoridades sanitárias. Entenda as principais medidas para prevenir e conter a disseminação do novo coronavírus.

  

 

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
publicidade

Momento Saúde

Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes por covid-19

Publicado


.

O ministro da Saúde, Henrique Mandetta, informou neste sábado (28) que o Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes por covid-19. Com os dados atualizados, o índice de letalidade da doença no país está em 2,8%.

Veja a evolução do número de casos no país, desde o registro do primeiro caso:

número de casos por dia em 28/3número de casos por dia em 28/3
Ministério da Saúde/Divulgação

Veja como os casos estão espalhados por região no país:

Casos por região do país em 28/3Casos por região do país em 28/3

Veja a íntegra da coletiva:

Um mês de coronavírus no Brasil

Ao completar um mês da primeira detecção de covid-19 no país, na quinta-feira (26), o país registrava 77 mortes e 2.915. O primeiro caso foi registrado em 26 de fevereiro.

A perspectiva do Ministério da Saúde para o próximo mês é de que a epidemia aumente no Brasil, uma vez que o país está no início da curva de crescimento pela qual outras nações já estão passando, como Estados Unidos, Itália e Espanha.

Auxilio a pequenas e médias empresas

Ontem (27) o governo anunciou uma linha de crédito emergencial para ajudar pequenas e médias empresas a quitar a folha de pagamentos. O setor está entre os mais afetados pela crise gerada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de liberação de R$ 40 bilhões.

A medida deve beneficiar 1,4 milhão de empresas, atingindo 12,2 milhões de trabalhadores. O crédito será destinado a empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil a R$ 10 milhões e vai financiar dois meses da folha de pagamento, com volume de R$ 20 bilhões por mês.

Entrada de estrangeiros no país

Também na sexta-feira, o governo editou uma portaria para proibir temporariamente a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades que chegarem ao Brasil pelos aeroportos. A medida tem validade de 30 dias.

O fechamento da fronteira aérea foi feito a partir de recomendações técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a regra não será aplicada no caso de brasileiros que retornem ao país, imigrantes que moram no Brasil, parentes diretos de brasileiros e estrangeiros que são membros de órgãos internacionais. A norma também libera a entrada de quem estiver em trânsito para outros países, desde que o passageiro fique somente na sala de trânsito dos aeroportos, além de tripulantes de empresas aéreas.

Número de mortes atualizado às 17h52

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Saúde

Crivella diz que número de infectados no Rio é menor que o previsto

Publicado


.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, inspecionou neste sábado (28) o trabalho de desinfecção executado por militares das Forças Armadas no terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O serviço faz parte de uma parceria entre o Comando Militar do Leste, a prefeitura e a concessionária dos ônibus articulados BRT.

Foram aplicados produtos desinfetantes nas catracas, corrimãos, validadores de cartões e outros pontos comuns ao toque de passageiros no terminal, que concentra um número expressivo de usuários diariamente.

De acordo com Crivella, o trabalho continua diariamente. “Vamos desinfetar todos os pontos de ônibus, portas de hospitais, barcas, metrôs e trens. É, inclusive, uma coisa didática. As pessoas devem fazer o mesmo em suas casas, sobretudo nas partes em que tocam com mais frequência, como as maçanetas das portas” disse o prefeito.

Números abaixo do esperado

Mais cedo, no Gabinete de Crise contra o novo coronavírus, instalado no Riocentro, Crivella classificou de “efetivas e equilibradas” as medidas adotadas até agora pela prefeitura no combate ao vírus, tendo em vista que os números de propagação da doença evoluíram  abaixo da expectativa. Crivella disse ainda que os números de infectados na cidade são menores que o previsto inicialmente:

“Durante a semana que começou a intervenção efetiva da prefeitura no afastamento social, ou seja, o comércio todo da cidade fechou, na madrugada de terça-feira, com exceção das atividades essenciais. Se nós formos olhar pela série histórica, deveríamos ter 2.200 casos de pessoas confirmadas. Nesta sexta-feira , tínhamos 431 casos. Vamos monitorar dia a dia, mas isso mostra que a medida que tomamos foi equilibrada. Nós não mexemos com a indústria e não mexemos com os serviços. Os números estão menores até do que uma previsão otimista”.

Reunião

O prefeito informou que neste domingo (29) terá uma reunião com os especialistas da área de saúde do município, no Riocentro, para analisar a curva de disseminação da covid-19.

De acordo com Crivella, participarão da reunião diretores de hospitais, professores universitários, infectologistas e membros da secretaria de Saúde: “Vamos avaliar as medidas que tomamos, os efeitos que tiveram e como e quando retomaremos a vida normal. Eu diria que a expectativa é boa”, avaliou.

Isolamento social

O prefeito reiterou a necessidade de manter o afastamento social até que a comunidade científica avalie que outras ações podem vir a ser tomadas em relação à circulação das pessoas.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana