Momento Tecnologia

Após reclamações, Xiaomi atualiza novamente a privacidade do seu navegador

Publicado


source

Olhar Digital

Xiaomi
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mi 10


A Xiaomi está atualizando seus navegadores para smartphones Android (Mi Browser e Mint Browser) para evitar confusão quanto a um ajuste relacionado à coleta de dados enquanto o modo de navegação anônima (chamado Incognito) está ativado.

Tudo começou no início do mês, quando o pesquisador de segurança Gabi Cirlig descobriu que os navegadores estavam coletando informações, como lista de sites visitados e mecanismos e termos de busca usados, mesmo quando o usuário ativava a navegação anônima.

Os dados estavam sendo enviados a domínios registrados na China e hospedados em servidores em Singapura e na Rússia. Segundo a Xiaomi , os dados são criptografados e transmitidos de forma a não identificar o usuário de onde se originaram, e usados para “melhorar a experiência de navegação”.

Leia também: Xiaomi descobre fábrica que falsificava seus fones de ouvido

Com a repercussão negativa da descoberta, há alguns dias a Xiaomi lançou uma atualização para seus navegadores que permite ao usuário escolher se quer ou não permitir a coleta de dados durante a navegação anônima.

Mas a emenda foi pior que o soneto, e a terminologia usada pela empresa ao descrever o “Modo Incognito Aprimorado” causou confusão entre os usuários, já que a chave para ativar o modo funcionava de forma oposta ao descrito na tela.

Quando desativada, ela diz (em inglês): “Modo Incognito Aprimorado / Estatísticas agregadas de dados não serão enviadas quando o modo Incognito estiver ativado”. Dando a entender que ativar o modo aprimorado fará com que dados não sejam enviados. Mas o que acontece é o contrário.

Após reclamações, a Xiaomi decidiu mudar o nome e descrição da opção, para que seu funcionamento fique mais claro. Agora o texto diz: “Nos ajude a melhorar o Mi Browser / Ative para compartilhar conosco estatísticas de uso quando o modo Incognito estiver ativado”.

A mudança já foi implementada nas versões 12.2.4 do Mi Browser e 3.4.6 do Mint Browser . Segundo a Xiaomi, as atualizações dos navegadores já foram enviadas para aprovação no Google Play , e devem estar disponíveis aos usuários em breve.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

Aplicativo de atividades físicas reverte lucro para combate à pandemia

Publicado


source
aplicativo
Unsplash/Jonathan Borba

Aplicativo ajuda nos treinos em casa


Durante o período de isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), muitas pessoas passaram a fazer atividades físicas dentro de casa, e os aplicativos se tornaram grandes aliados. Uma novidade no setor é o  YUp !, app desenvolvido em apenas duas semanas que une práticas esportivas e filantropia. 

O aplicativo oferece aulas online , que são vendidas a R$1,30. O valor é revertido em parte para academias e instrutores físicos parceiros da plataforma, e emparte para movimentos que estão ajudando no combate à Covid-19

Leia também: Em forma na quarentena: os 6 melhores aplicativos para treinar sem sair de casa

O YUp! conta com aulas de diversas modalidades, como crossfit, yoga, pilates, artes marciais e musculação. São mais de 350 videoaulas, e os criadores do aplicativo já se planejam para a realização de lives

O objetivo é que o aplicativo continue funcionando mesmo depois da pandemia. “Obviamente muitas pessoas voltarão às academias, mas outras vão preferir treinar na hora e no local que desejarem, sem a necessidade de deslocamento. E o YUp! será um grande aliado”, explica Fábio de Lucca, gestor de expansão do aplicativo, que está disponível para Android e iOS .

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Quanto vai custar o PlayStation 5? Segundo CEO da marca, console não será barato

Publicado


source
PlayStation
Reprodução

Controle DualSense do PlayStation 5


Algumas informações sobre o PlayStation 5 já foram divulgadas pela Sony . Mas o preço do console, uma das maiores curiosidade dos jogadores, segue desconhecido. Em entrevista ao site Games Industry, o CEO da divisão PlayStation na Sony, Jim Ryan, afirmou que o PS5 não pretende ser o console mais barato do mercado. 

Ryan disse que a empresa está pensando na recessão econômica que a pandemia de Covid-19 pode causar no mundo para decidir o preço do PS5. Para ele, porém, isso não significa que o console terá um preço mais baixo. “Acho que a melhor maneira de lidar com isso é fornecendo a melhor proposta de valor possível. Eu não quero dizer necessariamente o preço mais baixo”, afirmou. 

Leia também: Sony confirma evento para divulgar detalhes do PlayStation 5; veja como assistir

Para ele, uma proposta de valor melhor leva diversos fatores em consideração. “Na nossa área, isso significa jogos, número, profundidade, amplitude, qualidade e preço dos jogos. Tudo isso e como esses itens se valem do conjunto de recursos da plataforma”, argumentou.

Enquanto não se sabe o preço do PlayStation 5especialistas avaliam que o console concorrente, o Xbox Series X , deve ser mais barato. Isso porque a Microsoft estaria esperando a Sony divulgar o preço para, então, cobri-lo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana