AMM

Assinada ordem de serviço para construção da praça em frente ao IFMT

Publicado

A batida forte dos instrumentos de percussão da fanfarra anunciou na manhã desta quarta-feira (12) uma novidade para a comunidade escolar do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) de Rondonópolis e também para os moradores da Vila Mineira: a assinatura da ordem de serviço para construção de uma praça.

O prefeito Zé Carlos do Pátio fez questão de participar do ato que aconteceu no ginásio poliesportivo do IFMT ao lado da diretora do campus Rondonópolis, Laura Ayoama. O projeto da praça contempla espaços de convivência, bancos, lixeiras e ainda um equipamento completo de academia popular.

Orçada em cerca de R$ 235 mil, a nova praça vai ter um trabalho paisagístico com plantio de mudas de plantas nativas do cerrado. As espécies vão receber atenção especial por parte de um professor do IFMT que vai acompanhar todo o desenvolvimento das mudas até a fase adulta das árvores.

A praça, segundo a diretora Laura Ayoama, faz parte de um projeto maior na questão de acesso ao campus e também será o ponto onde os alunos e a comunidade que mora no bairro vai chegar ou embarcar nos ônibus do transporte coletivo. Na nova praça também será feita a instalação do abrigo de ônibus.

“Esse investimento vai fazer a diferença para os nossos alunos e funcionários pois eles poderão passar mais tempo no campus que até então não tinha nenhuma área de convivência. E o bom é que a comunidade que vive no entorno do campus também será beneficiada”, comentou a diretora.

Zé do Pátio lembrou que o IFMT foi construído na época em que foi prefeito em seu mandato anterior por isso tem um carinho grande pelo Instituto. “Queremos fazer de Rondonópolis referência em educação. Com a criação da Secretaria de Ciência e Tecnologia vamos dar mais oportunidade de estudos para os jovens com mil vagas em cursos do Senai e 1.500 vagas no cursinho pré-vestibular”, destacou o prefeito.

A secretária de Ciência e Tecnologia, Neiva de Cól e o secretário de Habitação e Urbanismo do município, Paulo José Correa também participaram da assinatura da ordem de serviço comemorada por dezenas de alunos do campus.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
publicidade

AMM

Município será o primeiro a receber o programa de desenvolvimento sustentável no Estado

Publicado

O município de Salto do Céu, localizado na região Sudoeste do Estado, a 350 quilômetros da Capital, será o primeiro a receber o programa Parceria para Ação em Economia Verde. 106 municípios de Mato Grosso com menos de 20 mil habitantes terão o apoio do Programa internacional Page (Partnership for Action on Green Economy), para elaboração do seu Plano Diretor. Salto do Céu conta atualmente com 3.365 habitantes, segundo estimativa do IBGE.

O Coordenador do Programa Page no Estado, Eduardo Chiletto, ressalta que a  proposta é fazer com os pequenos municípios iniciem seu processo de desenvolvimento de forma sustentável, com qualidade de vida, saúde ambiental para todos e saneamento básico, com foco na geração de empregos.“O que a população julgar necessário e pertinente, uma vez que este plano diretor será participativo. Isto é, contará com a participação de toda a comunidade, tanto a urbana quanto a rural”, afirma, explicando que os municípios com população acima de 20 mil habitantes são obrigados por lei a ter o seu plano diretor.  

O mecanismo é fundamental para o planejamento e ordenamento territorial. O desafio é elaborar um plano efetivamente participativo, que contribua para a transformação equitativa e sustentável do município, com geração de empregos, redução da pobreza, preservação ambiental e melhoria do bem-estar de sua população.“Enfim, que implemente os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), preconizados pela Organização das Nações Unidas (ONU)”, assinalou.

No município de alto do Céu, o processo teve início em janeiro deste ano, por meio de reuniões e oficinas de capacitação com os moradores. Já foram realizadas reuniões prévias com as lideranças, incluindo o prefeito Wemerson Prata, os secretários municipais, vereadores, empresários e líderes comunitários para definir a melhor forma de abordagem dos moradores urbanos e rurais.

Estão sendo levantadas, por meio de reuniões e visitas a assentamentos, todas as necessidades da população. Entre os temas abordados estão a infraestrutura (habitação, mobilidade e acessibilidade a equipamentos coletivos como hospitais, escolas, centros esportivos, bibliotecas e praças públicas, meio ambiente (áreas de risco e de preservação ambiental). Todas as informações farão parte do diagnóstico municipal.

Após o processo, com o levantamento das prioridades de cada setor da população, partiremos para o plano de ação. Ou seja, como implementar e onde buscar os recursos necessários para implementação do Plano Diretor. A fase final será transformá-lo em lei, junto, obviamente, com a rede de controle estadual, como o Ministério Público e o Tribunal de Contas.

Raio X –  Localizado na microrregião de Jauru, no Sudoeste de Mato Grosso, o município de Salto do Céu teve sua população reduzida na última década – o censo de 2010 registrou 3.908 habitantes, enquanto pela estimativa de 2019, do IBGE, conta com 3.365 moradores. Sua densidade demográfica é de 2,23 habitantes por km2. Em 2018, de acordo com o IBGE, contava com cinco escolas (uma para o ensino infantil, outra para o ensino médio e três para o ensino fundamental) e 788 alunos matriculados (164 no ensino infantil, 465 no fundamental e 159 no médio).Em 2017, registrou o IBGE, seu PIB (Produto Interno Bruto) total era de R$ 56,857 milhões e PIB per capita de R$ 16.987,13 (respectivamente, 110º e 131º no ranking estadual. PIB formado por Administração pública (39,96%), Agropecuária (29,54%), Serviços (19,78%), Indústria (4,34%) e Impostos (6,38%).

Salto do Céu possui um rebanho bovino de 166.257 cabeças, com 4.221 vacas ordenhadas e uma produção leiteira anual de 8,396 milhões de litros. Produziu, em 2018, 162,4 toneladas de peixes, 2.100 toneladas de milho, 5.29 toneladas de soja e 650 toneladas de mandioca.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

AMM

Nova Bandeirantes divulga Balanço Geral do Exercício de 2019

Publicado

A Prefeitura Municipal de Nova Bandeirantes – MT, cumprindo os dispositivos legais estabelecidos pelo § 3º do art. 31 da Constituição Federal, art. 209 da Constituição Estadual e Lei Orgânica Municipal, COMUNICA que as CONTAS ANUAIS DE GESTÃO/BALANÇO GERAL referentes ao exercício financeiro de 2019, estão à disposição para exame e apreciação dos interessados, na sede da Prefeitura Municipal de Nova Bandeirantes – MT, nos termos da Legislação pertinente vigente.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana