Carros e Motos

Audi começa aceitar encomendas para nova geração do SUV Q3

Publicado

source
Audi Q3 preto arrow-options
Caue Lira/iG

Audi Q3: agora como modelo importado, novo SUV chega parar brigar com Mercedes GLC, Volvo XC40 BMW X1 e outros

Audi inicia a pré-venda do modelo mais importante da marca alemã dentro do repertório nacional, o SUV Q3. Antes fabricado em São José dos Pinhais (PR), o modelo virá ao Brasil importado da Hungria, no início de 2020.

 LEIA MAIS: Nova geração do Audi Q3 chegará ao Brasil no início de 2020

O Audi Q3 terá três versões no Brasil, partindo de R$ 179.990. Todas terão motor 1.4 turbo de 150 cv de potência e 25 kgfm de torque, com transmissão automática S-tronic de dupla embreagem. Dessa forma, o modelo pode acelerar de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos.

 No pacote de segurança, destaque para o controle de cruzeiro adaptativo com a tecnologia Pre Sense. Dessa forma, o Q3 prepara o habitáculo no caso de uma colisão eminente, fechando vidros, teto-solar e apertando os cintos dos passageiros e motorista.

 LEIA MAIS: Audi revela o SUV-cupê Q3 Sportback

O pacote de customização da nova geração do SUV inclui nove opções de cores e quatro para o acabamento interno. Os clientes que encomendarem o Q3 na pré-venda terão quatro anos de garantia e valorização de até R$ 10 mil no seminovo. Mais informações serão divulgadas durante o lançamento oficial. A reportagem de iG Carros participa da expedição ao volante do novo Audi Q3 e dará mais detalhes sobre impressões ao dirigir nas mais variadas condições.  

Leia mais:  Veja 5 motivos para levar o Chevrolet Cruze e não o Toyota Corolla

Audi em 2020

Audi e-tron arrow-options
Divulgação

Audi e-tron Quattro chegará ao Brasil no início de 2020 para ser o primeiro SUV elétrico da marca no País

 Com as vendas do último lote do A3 Sedan de edição comemorativa, a Audi encerrará suas atividades na fábrica de São José dos Pinhais (PR) pelos próximos anos. A nacionalização de outros modelos ainda é estudada, mas o presidente e CEO da marca, Johannes Roscheck, garantiu que ainda teremos modelos feitos no Brasil no futuro.

LEIA MAIS: Audi deixa de produzir Q3 nacional à espera da nova geração, que será importada

Depois do Audi Q3 , em 2020, a marca também prepara o lançamento do SUV elétrico e-tron, que tem valor promocional de pré-venda em R$ 459.990. O rival do Jaguar I-Pace terá oito anos de garantia para as baterias, carregador extra e valorização de R$ 20 mil do seminovo. No segundo semestre, será a vez da reestilização do Q7. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Quem segura a Caoa Chery em 2020?

Publicado

source
Tiggo 5X arrow-options
Divulgação

Facelift do Tiggo 5X deve estrear ainda no primeiro semestre de 2020

A Caoa Chery foi a marca que mais cresceu no mercado brasileiro em 2019. Ela passou de 8.640 carros vendidos em 2018 para mais de 20 mil este ano. Um crescimento de 280%. Mas a montadora prevê voos ainda maiores. Em busca da 11ª posição consolidada no ranking brasileiro, a Caoa Chery projeta mais de 30 mil veículos vendidos em 2020 e tem como meta incríveis 50 mil carros vendidos.

LEIA MAIS: Líder no Brasil, Chevrolet Onix ainda perde para seis rivais no mundo

O objetivo foi revelado pelos principais executivos da Caoa Chery, durante um evento de fim de ano realizado em São Paulo. Para chegar lá, segundo o chairman da marca, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, a Caoa Chery lançará seis novos produtos em 2020. Ele não disse quais, mas já se sabe que será o Tiggo 8 (SUV de sete lugares), o Arrizo 6 (sedã) e os facelifts do Tiggo 5x e do Tiggo 7. Esses dois devem estrear ainda no primeiro trimestre.

Não há informações sobre quais serão os outros dois carros, mas podemos apostar, por exemplo, numa versão especial do Tiggo 5x, baseada na série Hero, mostrada na China.

5X arrow-options
Divulgação

Tiggo 5X Hero, mostrado recentemente na China, poderá vir ao mercado brasileiro

Obcecado por qualidade, Doutor Caoa (como é chamado o sócio brasileiro Carlos Alberto Oliveira Andrade) quer melhorar ainda mais os produtos fabricados em Anápolis (GO) e Jacareí (SP). É possível que o Tiggo 5x ganhe mais potência (passando de 150 para 157 cv) e até suspensão traseira independente (como o Tiggo 5x Hero chinês). Uma coisa é certa: o Tiggo 8 terá um motor 1.6 turboflex de 200 cv de potência. Será o primeiro motor de 1,6 litro com injeção direta do país. O câmbio será automatizado de dupla embreagem com seis marchas.

Leia mais:  Ford oferece versões do compacto Ka com câmbio automático grátis

LEIA MAIS: Onix e Renegade vão decidir a sorte da GM e FCA

Para além dos novos carros, a Caoa Chery pretende aumentar a rede de concessionárias de 115 para 142 lojas até o final de 2020. Segundo Marcio Alfonso, CEO da Caoa Chery, a marca já detém 1,35% de participação nas vendas de varejo. Referindo-se ao parceiro chinês, Alfonso disse: “A Chery tem produto, tem tecnologia e a todo instante podemos trazer esses veículos da China para o Brasil”. Uma das possibilidades é a fabricação do Arrizo 5e (100% elétrico) em Jacareí, mas não para já. A Caoa Chery também estuda lançar no Brasil uma picape monobloco para concorrer com a Fiat Toro e a Renault Oroch. 

Arrizo 6 arrow-options
Divulgação

Arrizo 6 virá ao Brasil para concorrer com Corolla, Jetta e Civic

“Tenho um sonho de que no futuro o Brasil tenha uma marca de carros com qualidade internacional”, comentou Dr. Caoa. Não é para menos. Seu grupo hoje é uma força na indústria automobilística. Além da sociedade com a Chery, o Grupo Caoa é o maior distribuidor Ford do Brasil (10 concessionárias) e o maior distribuidor Hyundai do mundo (69 lojas Hyundai Caoa e 44 Hyundai Brasil). O grupo também conta com seis revendas da Subaru.

Leia mais:  Veja 5 modelos que ainda estão para chegar às lojas no fim de 2019

LEIA MAIS: Carro tem gênero. E ele é masculino

De olho no futuro da mobilidade, foi anunciada também a criação da Caoa Rent-A-Car, empresa que fará locação de veículos de todas as marcas do grupo. Inicialmente, os carros serão alugados somente para pessoas físicas, em prazos que vão de 12 a 36 meses. Posteriormente, a Caoa Rent-A-Car também entrará na guerra do varejo na locação, assim como estudar entrar em breve nas vendas para o público PcD.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Caoa Chery confirma novos Tiggo 5X e Tiggo 7 para 2020

Publicado

source

Motor Show

Chery arrow-options
Divulgação

Chery Tiggo 7, já com as mudanças da linha 2020, ainda será anunciado e revelado oficialmente pela CAOA

Lançados no fim do ano passado (Tiggo 5X) e no início deste ano (Tiggo 7) no mercado brasileiro, os SUVs da Caoa Chery vão mudar em 2020. A informação foi confirmada pela montadora nesta terça-feira (10), durante almoço com jornalistas.

LEIA MAIS: Chery QQ, o carro mais barato do mercado, sai de linha no Brasil

O menor Tiggo 5X vai ganhar uma leve reestilização, revelada no ano passado na China e que inclui mudanças na dianteira e no interior. Já o novo Tiggo 7 , mostrado em novembro no mercado chinês, é um novo Chery montado sobre a mesma base do atual.

LEIA MAIS: Veja as inovações apresentadas no Salão de Xangai

A marca não revelou se as alterações no visual do carro serão acompanhadas de mudanças mecânicas. Na China, o motor 1.5 turbo usado nos dois modelos ganhou 6 cv com a adoção da injeção direta de combustível. No novo Tiggo 7, outra novidade é a opção do propulsor 1.6 turbo de 197 cv.

Leia mais:  Ford oferece versões do compacto Ka com câmbio automático grátis

Futuro

Chery arrow-options
Divulgação

Chery Tiggo 8, o maior SUV da marca chinesa, é uma das possibilidades a serem anunciadas ano que vem

A Caoa Chery espera ultrapassar a marca de 20 mil carros vendidos no Brasil este ano. Para 2020, a meta é ainda mais ambiciosa: a de ultrapassar 50 mil automóveis emplacados. Para isso, além dos dois SUVs, estão nos planos da empresa o lançamento de um novo sedã (que será feito junto do Arrizo 5 na fábrica de Jacareí (SP) e de um outro SUV (provavelmente o Tiggo 8), que irá fazer companhia na linha de montagem de Anápolis (GO) para os Tiggo 5X e 7.

LEIA MAIS: Sedã JAC J7 chega ao Brasil em 2020

A montadora sino-brasileira estuda ainda trazer para o Brasil o utilitário Exeed LX, um modelo mais sofisticado que é baseado no Chery Tiggo 7.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana