Momento Cidades

Bloco ‘Boca Suja’ conquista premiação do Carnaval da Gente 2020

Publicado


O bloco Boca Suja, por cumprir os pré-requisitos acordados em regulamento para o desfile no Carnaval da Gente 2020,  levará para casa a premiação no valor de R$ 35 mil. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal de Cuiabá, com realização da Nilmo Eventos, que será a responsável pelo pagamento da premiação à equipe. O Carnaval da Gente foi realizado no período de 22 a 25 de fevereiro, no Parque de Exposições Senador Jonas Pinheiro. O secretário  municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, na tarde de hoje (26), agradeceu a participação dos blocos e destacou todo o empenho das equipes envolvidas e do prefeito Emanuel Pinheiro em garantir quatro dias de festa, sem nenhum custo para os foliões. Todo o trabalho foi pautado no respeito ao cidadão e na valorização da população. 

Durante a apuração e, análise de cumprimento dos critérios nesta tarde, a comissão julgadora constatou que os blocos Vaidade, Unidos do Carumbé, Império Casa Nova, Unidos do Araés e Melados, desrespeitaram o pré-requisito de tempo mínimo de desfile. De acordo com capitulo III, ART. 14 do documento elaborado e assinado por todos os responsáveis, o tempo mínimo para apresentação de cada bloco deveria ser de 50 minutos. Já o tempo máximo previsto era de 60 minutos. “Abaixo desse tempo o bloco será desclassificado”, descreve o artigo que consta no Capítulo III (Dos Deveres e Penalidades) do Regulamento.

O presidente do Bloco Boca Suja, Gabriel Augusto, comemorou o título.  “A notícia é boa e campeão é campeão. Nós cumprimos à regra do regulamento. É justo. Tínhamos 50 minutos para o desfile e colocamos pessoas para controlar o tempo”. O bloco empregou total de 52 minutos e 41 segundos para apresentação. Já o Unidos do Carumbé empregou 29 minutos e dois segundos.  O Império da Casa Nova, 29 minutos e 41 segundos. Outro bloco, o Unidos do Araés usou 31 minutos e 16 segundos. Já a equipe Melados gastou  34 minutos e 38 segundos.

Ainda sobre as normas, o secretário Vuolo explica que o “o regulamento foi elaborado por uma comissão de representantes dos blocos, eles tiveram total autonomia para fazer as regras do próprio desfile. Quanto ao pagamento, ele também está determinado no documento que será feito pelo patrocinador, então a Prefeitura de Cuiabá não tem como interferir. O artigo 36 do regulamento diz que o documento é soberano”, explicou Vuolo citando ainda que os demais blocos têm cinco dias úteis pra entrar com recurso que será avaliado em conjunto com à Procuradoria Geral do Município (PGM).

 

Comentários Facebook
publicidade

Momento Cidades

Semob divulga plano emergencial de transporte para o período de vigência de novo decreto

Publicado


.

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) da Prefeitura de Cuiabá, em atendimento ao Decreto 7.868/2020, do dia 4 de abril, irá implementar um plano de ação do transporte público para cumprimento das medidas que enfocam o isolamento social, principal estratégia para evitar a propagação e disseminação do novo Coronavírus.

Inicialmente serão criadas cinco linhas, que atenderão todas as regiões (norte, sul, leste e oeste), que poderão ser dimensionadas, expandidas ou racionalizadas, de acordo com a oferta e demanda. O decreto 7.868 determina que 10% da frota seja destinada, exclusivamente, a servidores e funcionários da área da saúde, e 20% para os demais trabalhadores dos serviços essenciais. A medida entra em vigor na segunda-feira, 6. Seguindo o Decreto, a medida terá validade até o dia 10 de maio.

“Vivenciamos um momento de insegurança, com a projeção do pico de disseminação para o período de 10 de abril a 10 de maio, e por isso medidas drásticas são tão necessárias. Eu peço que a população nos ajude, que tenha a compreensão de que é preciso um trabalho em conjunto. Cada cidadão deve fazer sua parte”, pediu o prefeito Emanuel Pinheiro.

Pelo plano elaborado, os  veículos dos servidores da saúde exclusivos sairão de diferentes regiões da cidade (pedra 90, Tijucal, Terminal do CPA via Av. Rubens de Mendonça, Terminal do CPA via Av. Dante de Oliveira , Parque Cuiabá) com itinerários exclusivos em direção a praça Maria Taquara, local  será realizado o transbordo para as regiões de destino.

Os demais veículos para o atendimento dos serviços essenciais, serão compostos pelas linhas regulares, com horários e intervalos intermitentes, respeitando o limite de 20% da frota, conforme estabelece o decreto. Necessário esclarecer que os demais trabalhadores, atuantes nas áreas  essenciais, também deverão apresentar funcional, carteira de trabalho ou qualquer outro documento que comprove o vínculo empregatício.

De acordo com o secretário titular da pasta, Antenor Figueiredo, a  recomendação de diminuição de circulação de pessoas é uma medida extrema, porém essencial para a proteção social.

Ele explica ainda que no local do transbordo, os agentes estarão orientando e fiscalizando, cobrando identificação funcional ou carteira de classe que comprove o seu vínculo empregatício com as respectivas unidades de saúde.

Os veículos empregados serão os regulares do transporte municipal, que serão fornecidos pelas empresas do transporte coletivo das respectivas regiões de atendimento, e terão no seu painel de informação, o seu itinerário e os dizeres “servidores da saúde”, que deverão apresentar o crachá ou algo que o identifique como servidor das unidades de atendimentos.

Os veículos, além do motorista, contara com o apoio/escolta da SEMOB, que garantira o acesso apenas desses servidores.

Os horários de atendimento serão sincronizados com a entrada e a saída desses profissionais de suas unidades de atendimento. Os servidores deverão usar, para acesso, o cartão transporte regular.

Os dados de carregamento de passageiros serão monitorados pela SEMOB, que poderá, de acordo com a necessidade, aumentar a quantidade de veículos necessária ao atendimento.

Serviço:

Veja aqui a lista dos serviços essenciais: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10282.htm

Confira a íntegra do Plano de Transporte logo abaixo

 

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Cidades

Semob divulga plano emergencial de transporte para o período de

Publicado


.

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) da Prefeitura de Cuiabá, em atendimento ao Decreto 7.868/2020, do dia 4 de abril, irá implementar um plano de ação para cumprimento das medidas que enfocam o isolamento social, principal estratégia para evitar a propagação e disseminação do novo Coronavírus.

Inicialmente serão criadas cinco linhas, que atenderão todas as regiões (norte, sul, leste e oeste), que poderão ser dimensionadas, expandidas ou racionalizadas, de acordo com a oferta e demanda. O decreto 7.868 determina que 10% da frota seja destinada, exclusivamente, a servidores e funcionários da área da saúde, e 20% para os demais trabalhadores dos serviços essenciais. A medida entra em vigor na segunda-feira, 6. Seguindo o Decreto, a medida terá validade até o dia 10 de maio.

“Vivenciamos um momento de insegurança, com a projeção do pico de disseminação para o período de 10 de abril a 10 de maio, e por isso medidas drásticas são tão necessárias. Eu peço que a população nos ajude, que tenha a compreensão de que é preciso um trabalho em conjunto. Cada cidadão deve fazer sua parte”, pediu o prefeito Emanuel Pinheiro.

Pelo plano elaborado, os  veículos dos servidores da saúde exclusivos sairão de diferentes regiões da cidade (pedra 90, Tijucal, Terminal do CPA via Av. Rubens de Mendonça, Terminal do CPA via Av. Dante de Oliveira , Parque Cuiabá) com itinerários exclusivos em direção a praça Maria Taquara, local  será realizado o transbordo para as regiões de destino.

Os demais veículos para o atendimento dos serviços essenciais, serão compostos pelas linhas regulares, com horários e intervalos intermitentes, respeitando o limite de 20% da frota, conforme estabelece o decreto. Necessário esclarecer que os demais trabalhadores, atuantes nas áreas  essenciais, também deverão apresentar funcional, carteira de trabalho ou qualquer outro documento que comprove o vínculo empregatício.

De acordo com o secretário titular da pasta, Antenor Figueiredo, a  recomendação de diminuição de circulação de pessoas é uma medida extrema, porém essencial para a proteção social.

Ele explica ainda que no local do transbordo, os agentes estarão orientando e fiscalizando, cobrando identificação funcional ou carteira de classe que comprove o seu vínculo empregatício com as respectivas unidades de saúde.

Os veículos empregados serão os regulares do transporte municipal, que serão fornecidos pelas empresas do transporte coletivo das respectivas regiões de atendimento, e terão no seu painel de informação, o seu itinerário e os dizeres “servidores da saúde”, que deverão apresentar o crachá ou algo que o identifique como servidor das unidades de atendimentos.

Os veículos, além do motorista, contara com o apoio/escolta da SEMOB, que garantira o acesso apenas desses servidores.

Os horários de atendimento serão sincronizados com a entrada e a saída desses profissionais de suas unidades de atendimento. Os servidores deverão usar, para acesso, o cartão transporte regular.

Os dados de carregamento de passageiros serão monitorados pela SEMOB, que poderá, de acordo com a necessidade, aumentar a quantidade de veículos necessária ao atendimento.

Serviço:

Veja aqui a lista dos serviços essenciais: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/decreto/D10282.htm

Confira a íntegra do Plano de Transporte logo abaixo

 

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana