Momento Tecnologia

Brasileiro cria aplicativo de viagem que une amantes da natureza e guias locais

Publicado

IstoÉ Dinheiro

aplicativo de viagem arrow-options
Unsplash
O aplicativo ajuda viajantes a conhecerem guias locais


Foram 58 dias de moto para percorrer os 25 mil quilômetros entre São Paulo e Palo Alto, no Vale do Silício , com paradas estratégicas para escalar, surfar e conhecer pessoas e lugares. Na bagagem, o brasileiro Pedro McCardell levava mais que roupas, equipamentos e a experiência de quem passou a vida praticando esportes de aventura. Com ele havia um sonho: criar um aplicativo que permitisse a outros amantes da natureza se conectar a guias locais que pudessem tornar cada viagem mais completa, instigante e segura. A ideia agradou aos americanos. Na primeira rodada de negociação, a plataforma Lyfx , criada por McCardell, levantou US$ 100 mil. O dinheiro serviu para reunir profissionais de design e programação que desenvolveram um piloto. Um segundo aporte, de US$ 500 mil, permitiu lançar a plataforma em escala comercial nos EUA, em março deste ano. Com 20 mil inscritos por lá, o app desembarca agora no Brasil , onde a expectativa é chegar à marca de 100 mil usuários em 2020. “Com tanta natureza a ser explorada pelo turismo de aventura, na Amazônia, no Pantanal, em parques nacionais, o Brasil tem um enorme potencial para uma plataforma com essas características”, diz McCardell.

lyfx arrow-options
IstoÉ Dinheiro
O Lyfx ajuda viajantes a encontrarem experiências vendidas por locais


E o que exatamente faz a Lyfx ? Nas palavras de seu criador, “é uma plataforma que facilita a interação com especialistas em atividades ao ar livre, promovendo experiências muito mais ricas”. O aplicativo permite pesquisar por regiões, datas específicas ou categorias de atividades, fornecendo uma lista de locais qualificados e suas disponibilidades de horário. Cada usuário pode personalizar a aventura com seu próprio guia individual , por meio de uma troca de mensagens dentro do aplicativo. Segundo McCardell, a plataforma tem um propósito duplo. Além de encorajar os viajantes a passar mais tempo ao ar livre, também permite que os “locais” incrementem sua renda fazendo o que gostam, incentivando e promovendo a economia local . As opções incluem caminhadas com fotografia, mergulhos, exploração de cavernas, surf, escalada, rafting ou mesmo se aventurar naquela cachoeira escondida que apenas os moradores mais curiosos conhecem.

Leia também: Influenciadores ensinam como fazer sucesso nas redes sociais com fotos de viagem

Leia mais:  Empresa prepara robôs inteligentes para explorarem o sistema solar

New York Times

Por enquanto, são 15 experiências disponíveis no Brasil, mas a expectativa é que 200 estejam disponíveis até o fim do ano. Como Pedro McCardell vive atualmente na Itália, quem comanda o aplicativo é o empresário da área de tecnologia Jorge Utimi Sobrinho, responsável pelo sucesso da Zup e Sales Makeover. Ele fez contato com guias locais de mais de 100 cidades, de Florianópolis (SC) a Santo Antônio do Pinhal (SP), que ajudaram a criar as melhores experiências para os usuários da plataforma. Citada recentemente em matéria do New York Times, a Lyfx foi uma das responsáveis por colocar Pedro McCardell entre os 250 empreendedores mais influentes da prestigiada lista do Crunchbase , uma das maiores referência globais em empreendedorismo. Ele é o primeiro colocado no ranking de brasileiros da relação de empresas e personalidades que têm ajudado a transformar a forma como se faz negócios atualmente. “Estamos indo para uma terceira rodada, agora para captar investidores institucionais”, diz o criador da Lyfx .

Leia mais:  Salão de carros elétricos, em São Paulo, terá área para test-drive

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

Publicado

source

Todo mundo precisa de acessórios para celular e às vésperas da Black Friday há boas promoções para quem procura cabos, capas, películas e demais acessórios para smartphones.

Leia também: Inspirado no TikTok, Instagram lança recurso ‘Cenas’; saiba como usar

celulares arrow-options
shutterstock

celular

No site da Amazon , por exemplo,  há diversas capas para iPhones com preços entre R$ 11 e R$ 70. Outros destaques são cabos USB, suporte veicular adesivo, suporte veicular magnético e carregador sem fio.

Toda a área de acessórios para smartphones está com até 50% de desconto até 22 de novembro. O iG Tecnologia lista as melhores oportunidades abaixo. Clique nos itens para ser redirecionado à página de compra.

Suporte veicular adesivo 360º por R$ 42,30

Carregador Wireless por R$ 84,90

Carregador portátil com4000Mah com Led Pro por R$ 46,70

Carregador de parede com USB, alta velocidade, Kidi por R$ 35

Capa para iPhone 7/8 por R$ 18,90

Capa Impact Pro X,  Branco, Transparente por R$ 69,90

Leia mais:  Novidades para 2020: Xiaomi deve lançar mais de 10 modelos 5G no ano que vem

Cabo micro USB Hightech pocket por R$ 10,90

Suporte de Mesa Gancho para Smartphones por R$ 49,90

Cabo multifuncional 3 em 1 Branco por R$ 64,30

Carregador veicular por R$ 19,30

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Publicado

source

Olhar Digital

mavic mini drone DJI arrow-options
Reprodução/DJI

Novo drone da DJI cabe na palma da mão


DJI  anunciou nesta quarta-feira (13) o lançamento do drone compacto Mavic Mini no Brasil. Descrito como “quase tão leve quanto um smartphone”, o aparelho pesa apenas 249 gramas e vai custar R$ 4.049. Ele pode realizar filmagens estáveis em até 2,7K de resolução, tirar fotos em 12 megapixels e voar por até 30 minutos sem precisar recarregar. Além disso, não precisa de registro em inúmeros países.

O drone tem um design compacto , que permite ser dobrado para facilitar o transporte. Além disso, ele pode atingir velocidade máxima de até 47 km/h e conta com recursos de sensores visuais e planagem precisa com GPS , permitindo aterrisagens em locais fechados. As vendas começam na última semana de novembro e o produto tem um ano de garantia.

Leia também: Novo drone da DJI cabe na palma da mão; veja fotos


Câmera

A câmera do aparelho tem um sensor de 1/2,3 polegadas, lentes com abertura f/2,8 e estabilização triaxial para tirar fotos de 12 megapixels. No caso da filmagem, ela pode ser gravada em 2,7K a 30 quadros por segundo ou Full HD a 60fps em alturas máximas de 3.000 metros.

Leia mais:  Você olha o seu celular mais de 200 vezes por dia, entenda porquê isso acontece

Também é possível realizar uma gravação em vídeo em HD de até 4 km de maneira estável, proporcionada pelo estabilizador triaxial.

Leia também: Estudo revela o que acontece se um drone cair na sua cabeça

Controle

controle drone mavic mini arrow-options
Reprodução/DJI

Controle do Mavic Mini se conecta via Wi-Fi


O controle tem o design simples, realizando a conexão com o drone via wi-fi e com um espaço para você deixar seu telefone e monitorar o voo pelo aplicativo da DJI Fly , disponível em Android e iOS .

Ainda, o aplicativo DJI Fly dá aos usuários o acesso à rede social SkyPixel, onde membros podem compartilhar suas fotos e vídeos aéreos, criando uma “galeria” de locações na hora de se inspirar para gravar.

Peso e polêmica

drone mavic mini DJI arrow-options
Reprodução/DJI

Mavic Mini pode ser transportado facilmente


Uma das vantagens do Mavic Mini é a possibilidade de não ser registrado em algumas nações. Estados Unidos, Canadá, Austrália e alguns países da Europa normalmente exigem o registro de drones, mas consideram que aparelhos abaixo de 250 gramas são seguros e, portanto, não exigem o cadastro de dispositivos que se enquadram na categoria.

Leia mais:  Como transferir seus dados de um Iphone para Android

Contudo, no Brasil , a regulamentação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) determina que regras mais leves sejam aplicadas apenas em drones com peso máximo de decolagem de até 250 gramas. No caso do Mavic Mini , qualquer protetor de hélice ou acessório pode aumentar o peso do dispositivo durante o vôo e implicar na necessidade de cadastro, que pode ser realizado no site da agência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana