Momento Saúde

Brasileiro recebe prêmio por liderar rede de bancos de leite humano

Publicado

O trabalho do pesquisador e servidor público da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) João Aprígio Guerra de Almeida à frente da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano será reconhecido em uma premiação que vai ser concedida em maio pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O prêmio Dr. Lee Jong-wook de Saúde Pública será entregue na Assembleia Mundial de Saúde, que ocorrerá em Genebra, na Suíça.

A escolha foi definida por unanimidade, e João Aprígio dividirá o prêmio de 2020 com um consórcio de pesquisadores da Tanzânia para a troca de informações sobre anemia e outras doenças ligadas às células falciformes. Ao propor a premiação ao Conselho Executivo da OMS, o painel de especialistas responsáveis pelo prêmio afirmou que o brasileiro atua na mobilização da rede desde 1981 e “é considerado a força motriz por trás da maior e mais complexa rede de bancos de leite humano do mundo”.

img_2366img_2366
Doações recentes de leite humano antes de passarem pelo processo de pausterização no Banco de Leite Humano da Unifesp/HSP – Rovena Rosa/Agência Brasil

Apoio à amamentação

Com um modelo baseado em pesquisas para baratear custos e oferecer apoio à amamentação, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano se tornou um modelo que já foi exportado para países do Mercosul, da África, da Europa, da comunidade de países de Língua Portuguesa e para membros do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Essa troca de experiências levou o Instituto Fernandes Figueira, da Fiocruz, a encabeçar a Rede Global de Bancos de Leite Humano. Avisado da premiação nesta semana, o pesquisador dividiu o mérito pelo prêmio.

“Represento uma legião, um contingente de trabalhadores do SUS [Sistema Único de Saúde] que são artífices dessa grande obra coletiva”, disse Almeida, que participou do salto da rede brasileira, de cinco bancos de leite em 1985 para 225 atualmente.

Segundo o Ministério da Saúde, 160 mil litros de leite humano são distribuídos todos os anos a recém-nascidos de baixo peso no país. “Essa rede não existia. Só foi possível graças aos investimentos em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação. Graças àquilo que a ciência brasileira permitiu”, destacou o servidor público da Fiocruz.

Concedido anualmente desde 2008, o prêmio reconhece indivíduos, instituições e organizações não governamentais e governamentais que contribuíram com grandes avanços para a saúde pública. Em 2020, foram 11 candidatos ao prêmio, que podem ser indicados por Estados-membros da OMS e por outros premiados.

Prêmio

Médico que dá nome ao prêmio, Lee Jong Wook foi o primeiro sul-coreano a ocupar o cargo de diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, entre 2003 e 2006. Com uma carreira que se destacou em prol da vacinação e no combate à tuberculose, ele foi eleito para um mandato de cinco anos, mas morreu em 2006.

*Colaborou Lígia Souto, repórter das Rádios da EBC

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde
Comentários Facebook
publicidade

Momento Saúde

Hospital de campanha do Pacaembu será entregue hoje

Publicado


.

A prefeitura de São Paulo entrega, hoje (1º), o hospital de campanha montado no Estádio do Pacaembu, na zona oeste da cidade, para a administração do Instituto de Responsabilidade Social do Hospital Israelita Albert Einstein. O espaço, montado devido a pandemia do novo coronavírus (covid-19), conta com 192 leitos de baixa complexidade e oito semi-intensivos com respiradores.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a previsão é que o hospital comece a receber os primeiros pacientes no fim de semana. A estimativa é que as pessoas fiquem em tratamento em período de 10 a 14 dias antes de terem condições de voltarem para casa.

Vão trabalhar no local 520 profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais

Anhembi e M’Boi Mirim

No Anhembi, complexo que recebe eventos e feiras, estão sendo montados mais 1,8 mil leitos de baixa e média complexidade. A prefeitura está contratando 720 profissionais de enfermagem para atua nesse hospital de campanha, na zona norte paulistana.

Além disso, em parceria com empresas privadas, estão sendo construídos 100 novos leitos no Hospital Municipal M’Boi Mirim, na zona sul da capital.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Saúde

Navio Costa Fascinosa continua em quarentena no Porto de Santos

Publicado


.

Os 757 tripulantes do navio transatlântico Costa Fascinosa, atracado no Porto de Santos desde o último sábado (28), continuam em quarentena determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Sete tripulantes desembarcaram para ser hospitalizados. Dois testaram positivo para covid-19.

De acordo com a Anvisa, o prazo de quarentena de 14 dias começou a contar novamente no domingo (29) após o surgimento de casos sintomáticos a bordo. A contagem da quarentena recomeça a cada vez que um novo caso surge. Na prática significa que o período de bloqueio da embarcação segue em vigor e não tem prazo exato para acabar. O desembarque nessas condições é permitido somente em caso de necessidade de atendimento hospitalar.

Segundo a Anvisa, a situação da embarcação está sendo monitorada diariamente. Ainda não há nova inspeção agendada e isso vai depender da evolução dos casos a bordo. O navio também recebeu kits para teste rápido de covid-19, mas deverá aguardar a orientação da Anvisa para iniciar os exames. O Costa Fascinosa deve enviar relatórios diários para a Anvisa comprovando a de temperatura dos tripulantes e o mapa de localização das cabines dos tripulantes com sintomas e dos sem sintomas.

Entre as principais determinações para o navio está o isolamento de todos os tripulantes com sintomas, ainda que sem febre. Ou seja, tripulantes com qualquer sintoma respiratório (tosse, congestão nasal, dor de garganta, coriza, dispneia, entre outros) com ou sem febre devem ficar em ala específica de casos suspeitos. Todos os casos suspeitos devem ser colocados em quartos com varanda.

O Costa Fascinosa deve ainda reforçar diariamente, por meio de aviso sonoro, a obrigação de distância obrigatória de 2 metros entre as pessoas; pulverizar com detergente apropriado todas as embalagens recebidas, antes da entrada na embarcação, para distribuição ou armazenamento interno, incluindo as embalagens de alimentos, produtos de higiene, medicamentos e materiais de limpeza; orientar tripulantes a limpar as embalagens dos produtos de limpeza logo após o seu uso ou fornecer luvas descartáveis para a limpeza de cada cabine.

A Anvisa determinou que seja utilizado álcool 70% para a limpeza de corrimãos e botões de elevadores isolar todos os bebedouros da embarcação e providenciar garrafas individuais para cada tripulante; manter os dispensadores de papel toalha e sabonete líquido abastecidos. A limpeza deve ser feita por equipe utilizando Equipamento de Proteção Individual (EPI), mantendo braços e pernas cobertas e utilizando máscara, luvas, óculos e toucas para o manuseio de roupas, lençóis, toalhas e panos de limpeza. É preciso ainda desinfetar sistemas de ar condicionado seguindo o plano de limpeza do covid-19 e trocar filtros do sistema de ar que abastece a cozinha e cabines.

Costa Fascinosa

De acordo com a empresa responsável pelo transatlântico, a embarcação está em quarentena desde 20 de março, depois do desembarque dos sete tripulantes e a empresa está em colaboração com as autoridades brasileiras, com as quais está trabalhando para organizar o desembarque de todos os tripulantes de nacionalidade brasileira.

“As condições de saúde são constantemente monitoradas pela equipe médica a bordo, em colaboração com as autoridades sanitárias brasileiras. A companhia está fornecendo assistência a todos os membros da tripulação do Costa Fascinosa, aplicando os rigorosos protocolos de saúde, que prevê o isolamento em cabines individuais com varanda e serviço de quarto. O nível de saneamento a bordo foi elevado ainda mais para garantir a máxima higiene e segurança”, informou a empresa Costa Cruzeiros.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana