Carros e Motos

Alesp aprova novas regras de isenção do IPVA para carros PCD

Publicados

em


source
PcD
Divulgação

PcD


A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou na última quarta-feira (14) o Projeto de Lei 529/2020, que aprovou medidas de ajuste fiscal das contas públicas e modificou as regras de isenção do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) para carros destinados a pessoas com deficiência.


Pela nova lei dos carros PCD , terá direito ao abatimento do IPVA apenas os automóveis adaptados ou customizados para atender motoristas com deficiência física severa ou profunda, além daqueles utilizados no transporte de pessoas impossibitadas de dirigir, com deficiencias visual, mental, severa ou profunda, ou autista.

Ainda de acordo com o texto aprovado na Alesp, esses carros deverão ser identificados por um adesivo com os dizeres “Uso exclusivo para transporte de pessoa com deficiência” e terão que passar por uma inspeção anual 

Leia Também:  Yamaha revela linha 2021 da MT-09, que deve vir ao Brasil

Para o caso de automóveis já adquiridos com o abatimento do IPVA, será necessário fazer o recadastramento do veículo para manter a insenção. O governo limitou a 18% também o abatimento sobre o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Locadoras e elétricos

BMW i3
Divulgação

BMW i3


Além dos carros PCD, as mudanças nas regras do IPVA afetaram também as locadoras de veículos, que atualmente são taxados com uma alíquota de 2% e agora passam a recolher os mesmos 4% dos carros de passeio. Acaba também o IPVA menor (3%) para veículos movidos exclusivamente a etanol, elétricos e a GNV, que passam a ser taxados em 4%. O texto final da lei segue agora para a análise do governador João Dória (PSDB).

Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

NASA mostra moto movida  pelo vento com turbinas nas rodas

Publicados

em


source
moto da NASA
Divulgação

Moto da NASA vem com pás giratórias nas rodas no lugar dos raios convencionais para gerar energia elétrica

Se alguém aqui estiver vivo por volta de 2050 poderá ver funcionando algo do tipo que a NASA acaba de mostrar, projetada pelo engenheiro americano Simon Gytten. Trata-se de um veículo de duas rodas futurista que vamos chamar de moto. Pelas imagens, conclui-se que o estilo adotado se aproxima do que se convencionou a classificar como Café Racer.

Ainda se trata de um protótipo, mesmo assim, ainda parece estranho para os dias atuais, já que conta com tecnologias que não são comuns pelo menos na era em que vivemos hoje em dia. Logo de cara, nota-se que nessa moto da NASA não há pedais. E o motor é movido a vento. Isso mesmo. Nada de energia, solar, a hidrogênio ou elétrica.

Leia Também:  Veja cinco dicas para limpar corretamente os vidros do carro

O segredo está nas rodas. Dê uma olhada delas e verá que no lugar os raios convencionais existem pás girarórias, como as das turbinas de um avião . Por meio do sistema inventado por Gorlov, quando a moto está andando ou mesmo parada as pás de movem para gerar eletricidade, que é usada para fazê-la andar.

Uma moto de outro mundo

Mas, e se faltar vento? Então, imagine a cena de um piloto rodando na superfície de Marte. Será que haverá ar em movimento o suficiente por lá? De qualquer forma, o projetista pensou em uma seguda fonte de energia, tornando possível plugar a moto em uma estação de recarga. E mesmo que as baterias estejam 100% carregadas as rodas girando como turbinas vão continuar gerando energia.

Sim, porque o a ideia é também transformar essa moto em uma espécie de gerador de energia em Marte, onde encontrar um gerador vai ser difícil, pelo menos no início da colonização…Brincadeiras à parte, esse tipo de moto da NASA é importante para inspirar as futuras gerações. Dificilmente veremos algo do tipo rodando por aí no planeta Terra.

Leia Também:  Fiat Tipo Cross: hatch ganha versão inspirada nos SUV e novo motor turbo
Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA