Carros e Motos

Celulares com Android 11 vão suportar Android Auto sem fio

Publicados

em


source
Central multimídia da nova Fiat Strada permite o uso do Android Auto sem fio
Divulgação

Fiat Strada é um dos poucos modelos feitos no Brasil que contam com espelhamento do celular sem fio para celulares Android


O espelhamento sem fio da tela do celular via Android Auto atualmente está presente em uns poucos modelos de celulares da Samsung e da linha Pixel, do próprio Google. Mas irá se tornar um padrão a partir dos celulares equipados com o sistema operacional Android 11.


A informação aparece na página de suporte do Android Auto . Além da versão mais atual do sistema operacional do Google (atualmente em fase de testes), o celular precisa também ser compatível com a tecnologia Wi-Fi de 5 GHz para poder dispensar o fio no espelhamento. 

O Google lembra ainda que a central multimídia do veículo também precisa permitir o uso do Android Auto  sem fio. Entre os modelos produzidos atualmente no Brasil, apenas a nova Fiat Strada e os utilitários Chevrolet S10 e Trailblazer são compatíveis com a tecnologia.

Leia Também:  Vendas de carros usados superam expectativas do setor
Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Novo Audi Q7 chega com novidades e se mantém como melhor da espécie

Publicados

em


source
Audi Q7
Guilherme Menezes/iG Carros

Novo Audi Q7 2021: SUV grande entrega tudo o que a família precisa, e mais um pouco

O Audi Q7 2021, único SUV da marca com sete lugares, chega ao Brasil a partir de R$ 414.990 depois de receber atualizações por dentro e por fora. O modelo apresenta o novo design da família Q, representado pela grade frontal singleframe octogonal, faróis de LED Matrix, lanterna traseira integrada e outros. Além disso, estreia tecnologias que aliam o conforto, com a eficiência, o requinte e o bom desempenho.

Com motor 3.0 V6 TFSI, o novo Audi Q7 gera 340 cv e 51 kgfm, e assim, é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos atingir os 250 km/l limitados eletronicamente. O conjunto é complementado pelo câmbio automático de oito marchas e tração integral. Com 2.275 kg, o SUV é o maior modelo da marca, com 5.063mm de comprimento, 2.994mm de entre-eixos, 2.212mm de largura e 1.741mm de altura.

Mas o mais interessante é que pode se mover entre 55 km/h e 160 km/h com o motor desligado e, em seguida, o alternador de correia o reinicia rapidamente. Conta, ainda, com o sistema start-stop, que desativa o motor a partir de 22 km/h e tem como principal objetivo a redução na emissão de CO2.

Agora, traz os novos equipamentos da renovação de conectividade da Audi, bem como a nova identidade visual, marcada por linhas mais modernas e materiais como alcantara e black piano. A central multimídia conta com tela de 10,1 polegadas, usada para controlar os sistemas de entretenimento e navegação.

Enquanto isso, a tela inferior, de 8,6 polegadas, permite o gerenciar o ar-condicionado e outras funções de conforto. Como se não bastasse, conta com o cluster digital Audi virtual cockpit, com tela de alta resolução de 12,3 polegadas que pode ser alternada entre duas visualizações – clássica e de navegação, bem como reproduzir informações e comandos da multimídia.

Vem, de série, com uma lista recheada itens, como o carregamento de celular sem fio pelo Audi Phone Box Light, ar-condicionado de duas zonas, bancos dianteiros elétricos e com memória para o motorista, porta-malas com abertura elétrica e sistema de hands-free, acabamento das soleiras e longarina do teto em alumínio, frisos decorativos cromados, faróis de LED e seis airbags — dois frontais, dois laterais para os bancos dianteiros e dois de cortina que se estendem da primeira até a terceira fileira de bancos.

Leia Também:  Frenagem autônoma está em apenas 4,8% dos carros vendidos no Brasil

Como opcionais dessa versão, estão rodas de alumínio de 21 polegadas, teto solar panorâmico “Open Sky”, pacote conforto (formado por ar-condicionado de quatro zonas, câmera 360 graus, park assist plus , 2 portas USB para o banco traseiro com função de carregamento e transmissão de dados, bancos dianteiros com encosto de cabeça variável e preparação para entretenimento para o banco de trás) e pacote ACC (composto por controle de cruzeiro adaptativo, assistente de saída de faixa e Traffic Jam Assist).

A versão topo de gama recebe o nome de S line e parte de R$ 459.990. Ela adiciona o kit visual S line com soleiras em alumínio e iluminadas, que oferecem o pacote Black (rodas 21″ com detalhes na cor preta, frisos decorativos e capa do espelho retrovisor em preto brilhante, longarina e teto do interior em preto). Além disso, conta com bancos superesportivos, com assentos dianteiros em couro Valcona.

Como opcionais disponíveis para ambas as versões, estão: pacote Side Assist (Audi Side Assist, Exit Warning Assist, Assistente de Tráfego Reverso, Audi Pre sense dianteiro e traseiro), pacote S line interior com bancos esportivos, head-up display , suspensão adaptativa a ar, faróis Full LED Matrix, eixo traseiro dinâmico (rodas traseiras giram até cinco graus na direção oposta), pacote de luzes internas com possibilidade de customização em 30 cores, Night Vision Assist e sistema de som Bose 3D.

Impressões

Audi Q7
Divulgação

Interior une atributos de luxo com conectividade. Ou seja, apesar da proposta conservadora, agrega o que há de mais moderno

Logo ao entrar no SUV grande , notamos que o arrojo das linhas do console e a revisão dos equipamentos não são restritos ao exterior. Tudo é muito similar ao modelo mais recente luxuoso A8, quem concede sua filosofia também ao Q8. É repleto de cortes e um painel dominado por telas grandes e sensíveis ao toque, que permitem controlar praticamente todas as funções do veículo.

Leia Também:  BMW R 1250 RT poderá ser personalizada com itens exclusivos

O Audi Q7 2021 acomoda os ocupantes com bastante conforto e firmeza, algo bastante característico do Grupo Volkswagen de uma maneira geral. O ponto H (altura do quadril do mototista em relação ao solo) é baixa e preserva boa visibilidade (no caso, para mim, que tenho 1,71m de altura), algo importante para uma melhor interação homem-máquina. Ao interagir com as telas, é tão intuitivo que é possível se “achar” no meio de todas as interfaces desde os primeiros contatos.

Além do head-up display , outro ponto positivo no interior é o jogo de luzes bastante interessante, principalmente quando se entra em algum lugar mais escuro. Frisos de todas as cores — a serem escolhidas nas configurações — percorrem os painéis laterais. Essas soluções, comuns nas gerações mais recentes dos carros premium, conferem ares de requinte aos ocupantes.

Foi de muito bom gosto dos designers a utilização dos apliques do tipo black piano , do acabamento texturizado no passageiro e de materiais de toque macio, por outro lado, ainda haveria a possibilidade de substituir parte do plástico aparente por mais soft touch, bem como os pedais de borracha por outros de alumínio, ou aço escovado.

Ao volante, com a ajuda dos amortecedores adaptativos — que aproximam o carro do solo no modo esportivo, na mesma medida que o erguem nos modos fora-de-estrada — é uma máquina de silêncio no modo comfort, mas que se transforma em um aspirante a trilheiro se os modos Allroad e Off-road forem selecionados, e muito ágil e responsivo no Dynamic. Quanto a este último, despeja aptidão de sobra, tanto em acelerações, quanto nas curvas, mesmo com seu tamanho enorme, proposta urbana e configuração que privilegia o conforto.

O novo Audi Q7 é um carro com tudo o que se espera de um SUV familiar, com espaço de sobra, até nas malas quando se utiliza a terceira fileira de bancos — algo difícil de encontrar na maioria dos modelos por aí. 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA