Carros e Motos

Exposição de carros elétricos acontece em São Paulo, no Pacaembu

Publicados

em


source


Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo
Divulgação

Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo

A exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano” vai acontecer nos dias 23 (quinta-feira), 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 12h às 20h.

Será um encontro aberto, seguro, seguindo rigorosamente as determinações da Prefeitura para realização de eventos na capital. Junto da feira, nos dias 22, 23 e 24, vai acontecer em paralelo, dentro do Estádio do Pacaembu, o “ Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos ” (C-MOVE) com a presença de 130 especialistas, incluindo os Secretários Municipais Ricardo Teixeira e César Azevedo.

Em sua 16ª edição, o “ Veículo Elétrico Latino-Americano” é a mais importante e tradicional exposição brasileira sobre o mercado da eletromobilidade no País, reunindo fabricantes e importadores de diferentes veículos eletrificados, produtos e tecnologias desse segmento.

Leia Também:  Hyundai mostra os primeiros esboços do SUV Creta reestilizado

“Esse evento vai marcar a união do mercado brasileiro da eletromobilidade, mostrando tendências e caminhos que vão nortear essa área daqui para frente e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS) , uma das entidades que apóiam o evento.

Entre os participantes, estarão montadoras de automóveis, como Nissan , Fiat , Peugeot e BYD , o representante brasileiro da Tesla , marcas de motocicletas como Bull Motors e Shineray , locadoras de veículos elétricos como Unidas , Movida e Lease Plan .

Haverá também empresas especializadas em carregamento de veículos elétricos como Zletric, Power2go e Electric Mobility Brasil, novos patinetes elétricos feitos no Brasil (da Davinci Micromobilidade), fornecedores de bicicletas, quadriciclos, triciclos e scooters elétricos como a Elemovi.

Ainda entre atrações estarão as sofisticadas bikes elétricas importadas produzidas pela Specialized, um ônibus e um caminhão elétricos da Eletra e o primeiro carro-forte elétrico do mundo (do Grupo Protege).

Os profissionais da área podem fazer o seu credenciamento gratuito, já o público que não trabalha no setor deverá adquirir o ingresso que custa R$ 70 no local e R$ 50 pelo site .

Leia Também:  Citroën C4 Cactus tem desconto de R$ 8,6 mil e condições especiais

Têm direito a meia entrada estudantes, deficientes e seus acompanhantes, idosos e jovens de baixa renda de 15 a 29 anos, que façam parte de programas sociais do governo, e cuja renda familiar seja de até dois salários-mínimos. Os estudantes devem apresentar carteirinhas emitidas por entidades estudantis de representatividade nacional.   

Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Toyota pretende vender apenas híbridos e elétricos no Brasil em 6 anos

Publicados

em


source
Toyota Corolla Cross: lançado no início do ano, modelo já se destaca nas concessionárias
Divulgação

Toyota Corolla Cross: lançado no início do ano, modelo já se destaca nas concessionárias

A Toyota pretende vender apenas veículos híbridos e elétricos no Brasil em até seis anos. A informação foi confirmada por Masahiro Inoue, presidente da fabricante na América do Sul e Caribe, em entrevista ao site AutoIndústria.

Sendo assim, todos os modelos futuros da Toyota terão versões com algum nível de eletrificação no Brasil. Atualmente, os únicos modelos da fabricante japonesa que não contam com versões híbridas são os modelos Yaris , Yaris Sedan e Hilux .

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Leia Também:  Toyota pretende vender apenas híbridos e elétricos no Brasil em 6 anos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O executivo diz que o Brasil sai na frente por contar com a tecnologia híbrida flex nos modelos Corolla e Corolla Cross. “Precisamos utilizar todo esse conhecimento e estrutura de distribuição, que foram acumulados ao longo de tantos anos”, diz Inoue. 

A declaração também dá a entender que a fabricante considera lançar uma versão híbrida da Hilux. Até o momento, não há nenhum modelo híbrido na categoria das picapes médias. 

Leia Também

Fim do Yaris

A eletrificação completa do catálogo da Toyota pode passar pelo encerramento da produção de alguns modelos. Conforme apurado pelo site Auto+, o Yaris sairá de linha em suas versões hatch e sedã, sem receber uma reestilização de meia-vida.

Leia Também:  Ford Ranger 2023 ainda passa por testes e deve ser lançada em breve

Isso porque a Toyota pretende focar em modelos mais lucrativos, como Corolla e Corolla Cross. Segundo as fontes consultadas pela Auto+, a fabricante japonesa não pretende ‘abrir a carteira’ para reestilizar o modelo considerado pouco lucrativo, enquanto os outros produtos estão performando bem. 

Sem o Yaris, o modelo mais barato do catálogo da Toyota voltará a ser o Corolla, que já custa R$ 128 mil em sua versão mais em conta.

Fontes:  AutoIndústriaAuto+

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA