Carros e Motos

Land Rover lança Discovery Sport a diesel híbrido leve

Publicados

em


source


Discovery Sport a diesel híbrido leve: não é um SUV com motor elétrico que traciona, mas apenas ajuda a vencer a inércia
Divulgação

Discovery Sport a diesel híbrido leve: não é um SUV com motor elétrico que traciona, mas apenas ajuda a vencer a inércia

A Land Rover anuncia o lançamento da linha 2022 do Discovery Sport a diesel híbrido. Segundo a marca, por se tratar dessa configuração, o carro é a isento do rodízio em São Paulo.

O novo motor diesel D200 de 2,0 litros, de quatro cilindros e 204 cv, conta agora também com a tecnologia MHEV (capaz de armazenar energia em uma bateria de lithium de 48-volt), sendo o primeiro da família Discovery a ter essa novidade e o segundo da marca Land Rover. 

Em velocidades abaixo de 17 km/h , o motor a combustão se desligará quando o motorista pisar no freio para que a energia seja captada e ajude em aceleração mais eficiente, diz a marca.

Além dessa, a linha Discovery também está disponível nas versões S, SE e R-Dynamic SE , o e  motorização flex P250 de 2,0 litros , com quatro cilindros e 250 cv de potência.

Leia Também:  VW sobe preços de T-Cross, Nivus e Taos. Marca deixa de ter SUVs PCD

Leia Também

Em todas as versões e motorizações, o modelo conta com tração integral e tecnologia Terrain Response 2 , fazendo com que o veículo seja capaz de enfrentar os mais diversos tipos de terreno, adaptando-se aos pequenos inconvenientes nas ruas da cidade ou até aos caminhos mais complicados e imprevisíveis do off road.

O Discovery Sport 2022 chega às concessionárias da marca custando a partir de R$ 323.950 na versão motor flex P250 FF e a partir de R$ 353.950 na motorização diesel D200 de 2,0 litros com tecnologia MHEV.

O Evoque 2022 , por sua vez, que também é produzido em Itatiaia (RJ) está equipado com motor Ingenium turbo 2.0 flex, com quatro cilindros de 250 cv, torque de 36,30 kgfm chega na versão SE custando R$ 383.950 e a R-Dynamic HSE por R$ 413.950 .

Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Chery apresenta jipão híbrido que mistura Defender com Bronco

Publicados

em


source
Chery T-X: semelhanças com rivais europeus à parte, modelo conceitual marcará uma nova fase na história da marca chinesa
Divulgação

Chery T-X: semelhanças com rivais europeus à parte, modelo conceitual marcará uma nova fase na história da marca chinesa

Quem pensou que as marcas chinesas deixaram de lado as cópias de alguns modelos europeus e americanos de sucesso está enganado. Mesmo depois de evoluírem bastante, volta e meia acontecem algumas recaídas.

É o que parece ser o caso do protótipo T-X , mostrado na China pela Chery , cujo desenho lembra bastante uma mistura de Ford Bronco com Land Rover Defender .

Ainda um modelo conceitual, o Chery T-X vem com faróis e lanternas que utilizam apenas LED no lugar das lâmpadas convencionais, grade iluminada (o que parece ser uma tendência daqui em diante), contornos de ângulos retos e detalhes pintados de cores chamativas, como os ganchos para amarração no para-choque dianteiro e os cubos das rodas.

Foto: Divulgação

Leia Também:  Chery apresenta jipão híbrido que mistura Defender com Bronco

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ainda há poucos detalhes oficiais sobre o protótipo chinês com cara de poucos amigos. Sabe-se apenas que o carro vem com a nova plataforma conhecida na Chery como Kunlun , que será usada paara novos modelos híbridos plug-in, a maioria deles utilitários esportivos, ainda segmento que mais cresce no mundo hoje em dia.

Leia Também

Um dos objetivos da Chery é lançar novos SUVs híbridos plug-in no futuro que sejam capazes de ter autonomia acima de 1000 km e uma média de consumo que beira os 100 km/h utilizando o modo elétrico e o combustão alternadamente. Além disso, suspensão adaptativa e sistema de tração inteligente serão itens corriqueiros nos SUVs da marca.

Não há uma difinição se o T-X vai se produzido em série. Mas isso não vai acontecer antes de 2023 e o carro vai fazer parte da linha de uma nova subdivisão da Chery, chamada Jetour , que será vendida em diversos mercados fora da China e lançará um ou dois modelos por ano, sejam SUVs, picapes e até minivans.

Leia Também:  Suzuki Jimny ganha cópia chinesa de marca que vem ao Brasil em 2022
Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA