Carros e Motos

Pandemia de Covid-19 gerou corrida por carros de luxo

Publicados

em


source
BMW M8 Gran Coupé Competition
Divulgação

BMW M8 Gran Coupé Competition é um dos vários superesportivos que chegaram ao Brasil durante a pandemia do novo coronavírus


O mercado de automóveis no Brasil foi bastante impactado nos estágios iniciais da pandemia de Covid-19. Apesar da recuperação nos últimos meses, a Fenabrave aponta que o volume de carros de passeio e comerciais leves vendidos no acumulado do ano até agosto ainda é 35,75% menor do que no mesmo período de 2019.


Por outro lado, mesmo neste momento de incerteza econômica, dados da Abeifa (Associação Brasileira das Importadoras e Fabricantes de Veículos), que reúne boa parte dos importadores de carros de luxo , apontam que já em junho marcas como BMW, Porsche e até Ferrari atingiram os seus melhores números no ano.

Leia Também:  Farol baixo desligado vai seguir multando na maioria das rodovias

A BMW, aliás, é a marca premium com maior participação de mercado no Brasil. Com 7.239 emplacamentos no acumulado do ano até agosto, superou a Mercedes-Benz (4.457) e vendeu mais do que marcas generalistas como Peugeot (5.168) e Kia (1.999).

Rogério Motta, gerente geral do Osten Group, empresa do Estado de São Paulo que reúne concessionárias BMW, Jeep, RAM, Land Rover e Jaguar , BMW Motorrad e Triumph, explica que realmente as marcas premium de automóveis tiveram menos motivos para lamentar. “Depois da queda de abril e da 1ª quinzena de maio, notamos uma melhora a partir da 2ª quinzena de maio”.

Audi
Divulgação

Audi R8 teve o primeiro lote totalmente vendido no Brasil. Cada um vale R$ 1,2 mihão com motor V10 de 610 cavalos

Na avaliação de Motta, o resultado positivo das marcas de luxo no período é explicado por uma combinação de fatores, que inclui não só o lançamento de novos produtos como o SUV Land Rover Defender e o exclusivíssimo BMW M8 Gran Coupé Competition, de 625 cv e preço acima de R$ 1,1 milhão, mas também às ações promocionais por parte dos fabricantes.

Leia Também:  Honda WR-V 2021 estreia nova versão LX e retoques no visual

“A taxa de juros mais baixa [a Selic caiu para 2% no mês passado, o menor patamar da história brasileira] está fazendo muitos clientes retirarem dinheiro que estava aplicado para fazer a compra de um carro. Isso tem resultado em um volume maior de vendas à vista, além de um aumento do ticket médio, que no caso da BMW foi de 19%”.

Outro ponto citado pelo gerente do Osten Group e uma mudança nos hábitos de consumo e a valorização dos meios de transporte pessoais “Com as restrições às viagens internacionais e o medo do risco de contaminação nos aviões, muita gente está preferindo fazer viagens, mesmo longas, de carro”, completou.

Expectativa para 2021

Range Rover Sport PHEV
Divulgação

Range Rover Sport PHEV é um dos lançamentos do segmento de alto luxo que está previsto para o Brasil no ano que vem


Motta explica que a expectativa para 2021 é de crescimento nas vendas de modelos premium, principalmente de modelos híbridos ou elétricos e aqueles de segmentos mais específicos, como os esportivos da linha BMW M.

Mas para que esse cenário “pós-pandemia” no mercado de carros de luxo se concretize, é importante que o dólar se estabilize em um patamar abaixo dos R$ 5,00. “Essa faixa é importante para conseguir manter o atual patamar de preços e de vendas”, completou Motta.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

BMW confirma chegada da R 1250 RT ao Brasil

Publicados

em


source
BMW R 1250 RT
Divulgação

A touring BMW R 1250 RT, fabricada em Berlim (Alemanha), é considerada uma das melhores motos do mercado para longas viagens

Os fãs das motocicletas touring terão motivos para aguardar ansiosamente pelo fim de 2020. A BMW do Brasil confirmou que a R 1250 RT estará nas concessionárias Motorrad até o último trimestre do ano, trazendo tecnologia, diversão e um amplo pacote de equipamentos de série. 

O motor boxer de dois cilindros e 1.254 cm³ traz comando de válvulas variável, desenvolvendo 136 cv de potência a 7.750 rpm e 14,5 kgfm de torque a 6.250 rpm. A mecânica conta com controle dinâmico de tração, freio com assistência eletrônica e assistente de partida em rampa.

A suspensão Dynamic ESA, segundo a BMW, é capaz de se adaptar aos mais diversos tipos de terrenos, melhorando a versatilidade da touring. A BMW ainda não confirmou preços e pacotes de equipamentos da motocicleta fabricada em Berlim (Alemanha). Mais detalhes serão divulgados em uma data maos próxima da chegada da novidade às lojas no Brasil.

Leia Também:  Castello Branco, Raposo e Rodoanel terão aulas para motoristas
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA