Carros e Motos

Primeiro Mercedes SL com motor V8 completa 50 anos de história

Publicados

em


source
Mercedes-Benz 350 SL: um dos ícones de esportividade da marca alemã tem uma legião de fãs ao redor do mundo
Divulgação

Mercedes-Benz 350 SL: um dos ícones de esportividade da marca alemã tem uma legião de fãs ao redor do mundo


Poucos carros conseguem sobreviver no mercado por um período de 18 anos praticamente sem sofrer modificações visuais e sem perder o status de ícone. Este é o caso do Mercedes-Benz SL da geração R 107, roadster que completou 50 anos do seu lançamento neste mês de abril.


No Brasil, o Mercedes SL R 107 ficou conhecido como o carro da personagem Jennifer Hart (interpretada pela atriz Stefanie Powers) na série de TV dos anos 1980 “Casal 20”. Descendente direto do lendário 300 SL dos anos 1950, o R 107 era um carro totalmente novo, sendo o primeiro SL com a motorização V8.

Você viu?

Conversível com espaço para apenas dois ocupantes, trazia uma capota rígida removível que complementava a capota convencional de lona. O carro incorporava ainda tecnologias que se tornariam comuns nos automóveis das décadas seguintes, como a carroceria com aços de alta resistência e zonas de deformação programadas e para-brisa fixado por meio de cola.

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Leia Também:  Vendas de veículos crescem 14,5% no primeiro quadrimestre de 2021

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação

Mercedes-Benz SL. Foto: Divulgação


Inicialmente, a única versão disponível era a 350 SL , equipada com um motor 3.5 V8 de 200 cv. Mas posteriormente, a linha iria incorporar também variações de seis cilindros (280 SL e 300 SL) além de motores V8 mais potentes, sendo o maior deles o 5.0 de 245 cv que equipou o 500 SL e trazia um sistema de injeção indireta e mecânica de gasolina com controle eletrônico.

Além de novos propulsores, ao longo de 18 anos de produção o SL R 107 ganhou alguns leves retoques estéticos — como a adoção de novas rodas e spoiler dianteiro e traseiro — e foi atualizado com modificações mecânicas como a suspensão dianteira reprojetada, novos modelos de câmbio e a inclusão de freios ABS, airbag do motorista e cintos de segurança com pré-tensionador.

A produção foi encerrada em agosto de 1989, com um total de 237.287 unidades produzidas na fábrica de Sindelfingen (Alemanha), sendo substituído pelo R 129. Mesmo tendo sido comercializado em uma época de importações proibidas no Brasil, o Mercedes SL R 107 não é um carro tão difícil de ser encontrado por aqui. Certamente ajuda o fato de ter mais de 30 anos de produção, permitindo a sua importação como automóvel antigo.

Leia Também:  Rodízio noturno é flexibilizado na cidade de São Paulo; veja os horários
Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Rodízio noturno é flexibilizado na cidade de São Paulo; veja os horários

Publicados

em


source
Medida tem validade até o próximo dia 23, quando poderá ser postergada ou flexbilizada
Divulgação

Medida tem validade até o próximo dia 23, quando poderá ser postergada ou flexbilizada

A cidade de São Paulo terá horários mais permissivos no rodízio noturno a partir desta segunda-feira (10). Nos dias úteis da semana, o rodízio passa a vigorar de 21h às 5h do dia seguinte, conforme o último número da placa, substituindo o antigo horário que tinha validade entre 20h e 5h.

A medida que tem validade até o próximo dia 23 faz parte do Plano São Paulo de contenção ao avanço do novo coronavírus e tem o objetivo de desestimular o tráfego noturno. O arranjo poderá ser postergado se a doença avançar, ou flexibilizado se os indicadores mostrarem descenso. Confira a tabela abaixo:

Final da placa: 1 e 2 – das 21h de segunda-feira até 5h da terça-feira 3 e 4 – das 21h de terça-feira até 5h da quarta-feira 5 e 6 – das 21h de quarta-feira até 5h da quinta-feira 7 e 8 – das 21h de quinta-feira até 5h da sexta-feira 9 e 0 – das 21h de sexta-feira até 5h do sábado

Leia Também:  Uma semana com o scooter Honda Elite

As restrições valem para a região do Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’ Escragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Para caminhões, continuam valendo as regras convencionais, com rodízio das 7 às 10h e das 17h às 20h, conforme a placa. O descumprimento acarreta em multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA