Carros e Motos

Que tal um Lamborgini feito com 400 mil peças de Lego?

Publicados

em


source
Lamborghini Sián FKP 37: luzes de LED para seguir o significado do nome do supercarro da marca italiana
Divulgação

Lamborghini Sián FKP 37: luzes de LED para seguir o significado do nome do supercarro da marca italiana

A Lamborghini e a Lego mostram o resultado de um belo trabalho. Trata-se da réplica do supercarro Sián FKP 37 feita com 400 mil peças de brinquedo que levaram nada menos que 8.660 horas para serem montadas com perfeição com ajuda de profissionais altamente capacitados e até computação gráfica.

O modelo tem 4,9 metros de comprimento por 2,1 m de largura e 1,13 m de altura, ou seja, as mesmas dimensões do raro Lamborghini Sián FKP 37 . Para atingir a perfeição, a Lego projetou as peças, assim como chegou a fazer com outros supercarros que chamam atenção.

O superesportivo original, da marca italiana de Sant´Ágata Bolognese vem com sistema de propulsão híbrido, o primeiro da história da fabricante. Conta com um V12 6.5 aspirado que funciona com outro motor elétrico. Obviamente, o conjunto não foi incluído na réplica , mas há uma serie de outros itens, como volante, painel, bancos e todos os detalhes possíveis, inclusive os logos.

Foto: Divulgação

Leia Também:  GM confirma investimento para nova geração da S10

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Lamborgini feito de Lego tem 154 tipos de peças diferentes e apenas 20 delas foram fabricadas especialmente para este projeto, cujo estilo foi baseado na miniatura de 1: 18 que foi lançada pela marca de brinquedos em junho de 2020. E teve pintura com tinta com proteção contra raios UV que contou com a colaboração da linha de montagem marca italiana para ser aplicada.


Como o próprio nome do Lamborghini diz, Sián significa luz, flash. Portanto, não poderia faltar um efeito iluminado seguindo o mesmo desenho do Sián FKP 37 original, que vem com luzes diurnas de LED no para-choque dianteiro. Além disso, também fizeram as lanternas traseiras se acenderem, o que torna o projeto ainda mais especial.

Leia Também:  Saiba como deixar o carro mais esperto nas arrancadas e retomadas
Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Saiba como deixar o carro mais esperto nas arrancadas e retomadas

Publicados

em


source


Instalado no pedal do acelerador eletrônico dos carros mais modernos, o Sprint Booster V.3 reduz o atraso na resposta
Divulgação

Instalado no pedal do acelerador eletrônico dos carros mais modernos, o Sprint Booster V.3 reduz o atraso na resposta

Imagine a situação: você vai fazer uma ultrapassagem e pisa no acelerador até o final e o carro não dá a resposta exigida; desliga o ar-condicionado e nada. Além de frustrante, essa cena corriqueira pode até causar um acidente. Com o Sprint Booster V.3 , isso é página virada.

Instalado no pedal do acelerador eletrônico dos carros mais modernos, ele reduz o atraso na resposta, melhorando a aceleração. A sensação é a de um carro com mais torque e potência.

Conta com três modos de aceleração, operados por um controle colado no painel: Original – desativado; Sport (com nove níveis de ajuste) – para melhora de até 30% na redução da resposta do acelerador e Race (com nove níveis de ajuste) – até 60%.

Leia Também:  Kawasaki lança linha 2022 da Z900 com novas cores, entre outras novidades

Há ainda mais duas funções: Valet , limita a aceleração em até três níveis (55%, 65% e 75%) mantendo mais seguro em situações em que ele não é guiado pelo dono e Bloqueio de Pedal , impede de alguém não autorizado a sair com o carro. Vale lembrar que jamais deve alterar os modos enquanto pressiona o acelerador e/ou dirige o veículo.

Dispositivo foi testado no Honda Fit 2010 e mostrou que houve melhora no desempenho, mas  tem preço sugerido de R$ 1.290
Divulgação

Dispositivo foi testado no Honda Fit 2010 e mostrou que houve melhora no desempenho, mas tem preço sugerido de R$ 1.290

Convocamos dois Honda Fit 1.4 2010 (mecânico e automático), cujos donos reclamavam constantemente do desempenho, e instalamos o Sprint Booster. O dispositivo é conectado ao cabo do acelerador e do controle, tudo plug and play. Avaliamos os dois carros nos modos Sport (led verde) e Race (led vermelho) , ambos no nível 5 de ajuste.

Nas subidas e ultrapassagens (cidade e estrada), era notória a melhora. No Race , alteramos para o nível 9 e as cantadas de pneus nas saídas dos semáforos nem sempre eram evitáveis.  Com isso, é preciso cuidado e se readequar ao novo “comportamento do carro”.

Leia Também:  GM confirma investimento para nova geração da S10

No caso do Fit na versão com transmissão automática, notamos um aumento de 10% no consumo médio. De acordo com André Lago, dono da importadora FW Performance , “isso é normal. O cliente se empolga com o resultado e acaba tendo uma condução mais esportiva o que acaba influenciando no consumo”.

No modo Valet, optamos pelo nível 3 (75% do limite de aceleração) e cadastramos três dígitos para ativá-lo. Numa rua tranquila, pisamos fundo e eles não passaram de 60 Km/h. Para alterar ao Bloqueio do Pedal , o processo é parecido, digitando três números para ativá-lo. Feito isso, pisamos no acelerador e nada de resposta!

Você viu?

Realmente o Sprint Booster tem lá as suas vantagens àqueles que almejam um carro mais direto com até 36 programas de aceleração – 18 manuais e 18 automáticos – e Bloqueio de Acelerador e Valet. O produto é vendido por  R$ 1.290.

MÓDULO ELETRÔNICO SPRINT BOOSTER V.3

Preço médio: R$ 1.290

Onde comprar: www.fwperformance.com.br

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA