Carros e Motos

Raro Bugatti fica mais de 50 anos guardado e vai a leilão

Publicados

em


source
Bugatti
Divulgação

Bugatti Type 57S 1937: clássico foi o modelo mais veloz e exclusivo que o dinheiro podia comprar

No próximo dia 19 de fevereiro, um dos mais desejados modelos fabricados antes da Segunda Guerra Mundial, o Bugatti Type 57S , de 1937, vai ser leiloado. O clássico ficou guardado por mais de 50 anos e agora será colocado à venda pela tradicional casa de leilões Bohnams, segundo a qual o raro modelo teve como primeiro dono Robert Ropner, para quem o carro foi feito sob encomenda.

Desde 1969 o Bugatti ficou parado na loja de seu último dono, Bill Turnbull, que comprou o clássico do fundador da equipe de competição British Connaught Grand Prix, Rodney Clarke. Além disso Turnbull resolveu restaurar o conversível em uma oficina na Inglaterra. E o trabalho ficou completo antes dele falecer, no ano passado.

Leia Também:  VW oferece Gol, Polo, Virtus e T-Cross com descontos de até R$ 2,8 mil

Entre outros detalhes, o chassi número 57503 é original e está em bom estado, o que o torna ainda mais desejado pelos colecionadores. Com quatro lugares, o esportivo vem com motor de 3.3 litros de cilindrada, com cabeçote de duplo comando de válvulas. Quando foi fabricado, no final dos anos 30, o Bugatti era o mais exclusivo e veloz modelo que o dinheiro podia comprar.

Você viu?

O exemplar que será leiloado será um dos únicos que foram fabricados com estrutura mais leve, feita para bater recorde de velocidade da época e participar de corridas, com chassi da série 57G . A pintura preta e o estofamento de cor clara estão em perfeitas condições. Além disso existem vários documentos que mostram a história do carro.

Por todas as características da raridade, um dos últimos exemplares guardados do período que antecede a Segunda Guerra Mundial, a casa de leilões Bonhams estima que o clássico da Bugatti seja arrematado por algo entre US$ 6,7 milhões e US$ 9,4 milhões (ou R$ 35 milhões e R$ 52 milhões, numa conversão simples).

Leia Também:  Com apoio da Audi, paraquedista Luigi Cani bate recorde mundial
Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Fiat Strada e Cronos com motor 1.3 ganham novos itens de série

Publicados

em


source
Fiat Strada: na versão Freedom, picape passa a ter sensores nos para-choques traseiros para ajudar a estacionar
Divulgação

Fiat Strada: na versão Freedom, picape passa a ter sensores nos para-choques traseiros para ajudar a estacionar


A Fiat resolve fazer algumas modificações na lista de equipamentos de série da linha 21/21 do sedã Cronos, na configuração Drive 1.3, e da picape Strada, na versão Freedom 1.3. De acordo com o fabricantes, as novidades não implicaram em mudanças sobre os valores de tabela dos dois modelos.


Importado da Argentina, o Fiat Cronos Drive 1.3  incorpora como itens de série os controles eletrônicos de tração e estabilidade e o assistente de partida em rampa. Equipamentos que nos carros ano/modelo 20/21, lançados em novembro passado, estavam disponíveis apenas com o pacote opcional S-Design, que segue disponível e adiciona ar-condicionado automático digital, chave presencial, câmera de ré, retrovisor externo com ajuste elétrico, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15″, spoiler traseiro e detalhes de acabamento escurecidos.

Leia Também:  Com apoio da Audi, paraquedista Luigi Cani bate recorde mundial

Você viu?

De série, o  Cronos Drive 1.3 vem equipado com central multimídia UConnect de 7″ com Android Auto e Apple Car Play, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, vidros elétricos dianteiros e traseiros com One Touch e antiesmagamento, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, volante com comandos de rádio e telefone, além da segunda porta USB para passageiros traseiros.

Fiat Cronos Drive 1.3 passa a contar com controle eletrônico de estabilidade de série entre as novidades
Divulgação

Fiat Cronos Drive 1.3 passa a contar com controle eletrônico de estabilidade de série entre as novidades


Já a Fiat Strada Freedom 1.3 , modelo que é feito na fábrica de Betim (MG) ganha o sensor de estacionamento de série nas variações com cabine simples e dupla. O item até então fazia parte do Pack Tech, pacote opcional que dispõe agora de câmera de ré, central multimídia de 7” com conexão sem fio, segunda entrada USB, controle de áudio no volante e dois tweeters.

A versão Freedom já trazia alarme antifurto, capota marítima, comandos de áudio no volante, faróis de neblina, retrovisores externos elétricos, rodas em liga leve de 15”, sensor de monitoramento da pressão dos pneus, travas elétricas e vidros elétricos dianteiros.

Leia Também:  Detran-SP usa rede de câmeras para combater fraudes em vistoria

Ambos os modelos estão equipados com o mesmo motor 1.3 Firelfy flex de 101/109 cv (gasolina/etanol) e um câmbio manual de cinco marchas. Veja como ficaram os preços do Fiat Cronos Drive 1.3 e da picape Strada Freedom 1.3

 Fiat Cronos Drive 1.3: R$ 69.890 e R$ 71.074 (SP).

Fiat Strada Freedom 1.3 Cabine Plus: R$ 76.490 e R$ 82.490 (SP) 

Fiat Strada Freedom 1.3 Cabine Dupla: R$ 77.824 e R$ 83.929 (SP) 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA