Carros e Motos

Veja 5 modelos que podem satisfazer seus sonhos de ‘playboy’ dos anos 90

Publicados

em


source

O tempo passou e você, finalmente, pode realizar o sonho de ter o carro que sempre quis nos anos 1990 . Essa foi uma época romântica da indústria automotiva, muito por conta da abertura das importações e o lançamento de modelos que, no máximo, apareciam nas revistas ou nos filmes até a década passada.

Em clima de nostalgia, a reportagem do iG Carros selecionou 5 modelos que faziam os marmanjos chuparem os dedos ao longo da década de 90 , revelando seus preços no mercado de usados . Acompanhe a lista e veja se o sonho é possível.

1 – Volkswagen Gol GTI 2.0 8V 1990 – entre R$ 60 mil e R$ 85 mil

VW Gol GTI
Divulgação

VW Gol GTI: primeiro carro feito no Brasil a ser equipado com injeção eletrônica de série entre os equipamentos

Eis o maior sonho dos “playboys” dos anos 90. O Volkswagen Gol GTI foi um verdadeiro sucesso de vendas da década, não apenas pelo visual arrasador que chamava atenção em qualquer estacionamento de balada, mas também pela mecânica arrojada para a época.

Seu motor 2.0 foi um dos primeiros de nossa indústria com injeção eletrônica multiponto, ao lado do Monza 500 EF. Ele era capaz de desenvolver 120 cv e 17,5 kgfm de torque a 3.000 rpm, com câmbio manual de cinco marchas. Some isso aos 1.025 kg de sua estrutura e teremos um esportivo capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em míseros 8,8 segundos. 

A brincadeira é bem cara, pois para realizar o sonho de ter um Gol GTI, você precisará desembolsar ao menos R$ 60 mil. Mas o investimento pode valer a pena no futuro, uma vez que unidades em bom estado do modelo são cada vez mais raras.

Leia Também:  Veja 5 curiosidades sobre o SUV elétrico Volkswagen ID.4

2 – Chevrolet Opala Diplomata 4.1 1992 – entre R$ 45 mil e R$ 55 mil

Opala
Divulgação

Chevrolet Opala Diplomata: após quase 25 anos, sedã de luxo teve seu fim da melhor forma

Descontinuado em 1992, a paixão pelo Chevrolet Opala continua ultrapassando gerações no Brasil. Em seus últimos anos de vida, a General Motors decidiu investir pesado para fazer uma versão de despedida à altura do modelo que fez tanto sucesso desde os anos 70. Assim nasceu o Diplomata 1992, com toca-fitas, retrovisores com ajustes elétricos e acabamento de fazer inveja em modelos premium de 2020.

Abaixo do capô, o Diplomata contava com motor 4.1 de seis cilindros em linha, desenvolvendo 141 cv e bons 32,8 kgfm de torque a 2.500 rpm. Será mais fácil encontrar o modelo manual de cinco marchas no mercado de usados, mas se você der sorte, também poderá levar a versão automática, com caixa de quatro marchas, da alemã ZF.

Além dos valores entre R$ 45 mil e R$ 55 mil, esteja preparado para gastar bastante com combustível. Segundo o Inmetro, o modelo pode marcar 4,2 km/ na cidade e 6,8 km/l na estrada, sempre com gasolina.

Você viu?

3 – Honda Civic VTI 1.6 1994 – entre R$ 35 mil e R$ 45 mil

Clássicos dos anos 90
Divulgação

Honda Civic VTI: esportivo dos anos 90 que consegue superar até os modelos novos quando o assunto é desempenho

Os anos 90 marcaram o início das operações da Honda Automóveis. Pegando carona no segmento dos hatches médios esportivos que começava a aflorar com o lançamento do Golf GTI, a marca japonesa decidiu importar o Honda Civic na versão VTI.

O hot-hatch conta com motor 1.6 capaz de entregar 160 cv de potência e 15,5 kgfm de torque a 7.000 rpm, com câmbio manual de cinco velocidades. Por conta do baixo peso –  apenas 1.080 kg –  o Civic VTI era capaz de acelerar até 100 km/h em 7,3 segundos, número que impressiona até os dias de hoje. Uma de suas grandes vantagens contra os rivais era o fato de integrar freios a disco nas quatro rodas.

Leia Também:  Hyundai revela Ioniq 5, modelo elétrico com motor de 306 cv

O hatch que pode ser encontrado por valores entre R$ 35 mil e R$ 45 mil no mercado de usados também está valorizando. Mesmo se você não tiver planos de ficar muito tempo com o Civic VTI, o negócio ainda poderá render um bom investimento.

4 – Ford Ranger Splash 4.0 1995 – entre R$ 60 mil e R$ 70 mil

Ford Ranger Splash
Divulgação

Ford Ranger Splash: a picape mais descolada dos anos de ouro, com motor V6 e cores chamativas entre os atrativos

A Ford revolucionou o segmento das picapes médias quando lançou a Ranger Splash em meados de 1995. O modelo apostava em uma pegada mais aventureira e descolada para se distanciar da proposta utilitária, agradando jovens que curtiam descer para o litoral com os amigos na segunda metade da década.

A Ranger Splash tem motor 4.0 V6 que pode desenvolver 162 cv de potência a 4.200 rpm e 30,4 kgfm de torque a 3.800 rpm, sempre com câmbio manual de cinco marchas. A caçamba tem capacidade para levar 1.060 litros. O modelo pode ser encontrado por valores que alternam entre R$ 60 mil e R$ 70 mil no mercado de carros clássicos.

5 – Chevrolet Blazer Executive 4.3 V6 1999 – entre R$ 25 mil e R$ 35 mil

Clássicos dos anos 90
Divulgação

Chevrolet Blazer Executive: SUV de respeito que bombou com a classe média alta no Brasil dos anos 90

Nenhum outro SUV foi tão desejado nos anos 90 quando o Chevrolet Blazer . O modelo chegou a servir de viatura para a Polícia Militar de São Paulo, justamente por conta do tamanho e da agilidade proporcionada pelo motor 4.3 a gasolina. A versão mais lembrada é a Executive , principalmente por causa do pacote de equipamentos.

O modelo era capaz de desenvolver 180 cv e animadores 34,7 kgfm de torque a 2.600 rpm, com câmbio automático, de quatro marchas. Reconhecer a Blazer Executive nas ruas é fácil, por conta das rodas aro 16 com detalhes dourados.

O melhor SUV dos anos 90 pode ser encontrado por valores entre R$ 25 mil e R$ 35 mil no mercado de clássicos. Boa pedida para quem quer curtir uma viagem com a família no clima da década, já que o modelo tem capacidade para 456 litros no porta-malas.

Fonte: IG CARROS

Propaganda

Carros e Motos

Fiat Strada e Cronos com motor 1.3 ganham novos itens de série

Publicados

em


source
Fiat Strada: na versão Freedom, picape passa a ter sensores nos para-choques traseiros para ajudar a estacionar
Divulgação

Fiat Strada: na versão Freedom, picape passa a ter sensores nos para-choques traseiros para ajudar a estacionar


A Fiat resolve fazer algumas modificações na lista de equipamentos de série da linha 21/21 do sedã Cronos, na configuração Drive 1.3, e da picape Strada, na versão Freedom 1.3. De acordo com o fabricantes, as novidades não implicaram em mudanças sobre os valores de tabela dos dois modelos.


Importado da Argentina, o Fiat Cronos Drive 1.3  incorpora como itens de série os controles eletrônicos de tração e estabilidade e o assistente de partida em rampa. Equipamentos que nos carros ano/modelo 20/21, lançados em novembro passado, estavam disponíveis apenas com o pacote opcional S-Design, que segue disponível e adiciona ar-condicionado automático digital, chave presencial, câmera de ré, retrovisor externo com ajuste elétrico, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15″, spoiler traseiro e detalhes de acabamento escurecidos.

Leia Também:  Gordon Murray faz esportivo baseado no McLaren F1 e homenageia Lauda

Você viu?

De série, o  Cronos Drive 1.3 vem equipado com central multimídia UConnect de 7″ com Android Auto e Apple Car Play, sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, vidros elétricos dianteiros e traseiros com One Touch e antiesmagamento, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, volante com comandos de rádio e telefone, além da segunda porta USB para passageiros traseiros.

Fiat Cronos Drive 1.3 passa a contar com controle eletrônico de estabilidade de série entre as novidades
Divulgação

Fiat Cronos Drive 1.3 passa a contar com controle eletrônico de estabilidade de série entre as novidades


Já a Fiat Strada Freedom 1.3 , modelo que é feito na fábrica de Betim (MG) ganha o sensor de estacionamento de série nas variações com cabine simples e dupla. O item até então fazia parte do Pack Tech, pacote opcional que dispõe agora de câmera de ré, central multimídia de 7” com conexão sem fio, segunda entrada USB, controle de áudio no volante e dois tweeters.

A versão Freedom já trazia alarme antifurto, capota marítima, comandos de áudio no volante, faróis de neblina, retrovisores externos elétricos, rodas em liga leve de 15”, sensor de monitoramento da pressão dos pneus, travas elétricas e vidros elétricos dianteiros.

Leia Também:  Harley-Davidson mostra tudo da nova Pan America 1250

Ambos os modelos estão equipados com o mesmo motor 1.3 Firelfy flex de 101/109 cv (gasolina/etanol) e um câmbio manual de cinco marchas. Veja como ficaram os preços do Fiat Cronos Drive 1.3 e da picape Strada Freedom 1.3

 Fiat Cronos Drive 1.3: R$ 69.890 e R$ 71.074 (SP).

Fiat Strada Freedom 1.3 Cabine Plus: R$ 76.490 e R$ 82.490 (SP) 

Fiat Strada Freedom 1.3 Cabine Dupla: R$ 77.824 e R$ 83.929 (SP) 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA