AMM

Casos de dengue aumentam 2.250 % em Tapurah

Publicado


.

Segundo o último Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde de Tapurah, houve um número alarmante de casos de dengue, zika e chikungunya no primeiro quadrimestre do ano. De janeiro a abril de 2019 foram registrados apenas 19 casos, já em 2020 no mesmo período foram 446 casos registrados ou seja um aumento de 2.250%.

O Secretário de Saúde, Marco Felipe, diz que prevenir é a melhor forma de combate à dengue. Medidas simples, como não deixar expostos materiais que possam acumular água ajudam toda a vizinhança. “As pessoas devem estar atentas aos sintomas da dengue: febre, náuseas, vômitos, vermelhidão ou manchas pelo corpo, dores na cabeça, atrás dos olhos ou no corpo. Se sentir isso, procure sua Unidade Básica de Saúde e siga as orientações, beba bastante líquidos, repouse, e não tome remédios sem prescrição médica”.

Levantamento do Setor de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Tapurah apontou que 84% dos focos do mosquito da dengue encontrados pelas equipes de saúde estavam em residências. Quase 1.300 focos positivos do Aedes aegypti dentro da cidade.

O risco agora é que aumente o número de casos graves, por isso é preciso combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti.  A melhor forma de prevenção da dengue e das outras doenças transmitidas pela picada do Aedes, é evitar a proliferação do mosquito, eliminando água armazenada em pontos que podem se tornar possíveis criadouros. Calhas, vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas e até recipientes pequenos, como tampinhas, podem conter larvas do mosquito. É preciso substituir a água dos pratos dos vasos de planta por areia, deixar a caixa d´água tampada e cobrir todos os grandes reservatórios de água, como as piscinas.

Os principais sintomas da dengue são febre alta (acima de 38,5ºC), dores musculares intensas, dor nos olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. A infecção pode ser sem sintomas, leve ou grave. Se for grave, a doença pode provocar perda de peso, náuseas e vômitos. O paciente com dengue precisa fazer repouso, ingerir bastante líquido (água) e não tomar medicamentos sem indicação médica.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
publicidade

AMM

Audiência Pública sobre as metas fiscais do 1º quadrimestre de 2020 será transmitida on-line

Publicado


.

A prefeitura de Várzea Grande, por meio da secretaria de Gestão Fazendária, apresenta no próximo dia 28, a partir das 15h, o balanço de Gestão Financeira referente ao primeiro quadrimestre de 2020. Dessa vez, o demonstrativo será divulgado por meio de uma Audiência Pública on-line no endereço do You Tube do município de Várzea Grande.

O modelo ‘on-line’, como explica a secretária de Gestão Fazendária, Lucineia Santos, é uma alternativa para manter o rito de prestação de contas e ao mesmo tempo estar em consonância com as novas normas sanitária em razão da pandemia do coronavírus (Covid-19). “Precisamos evitar a disseminação e a velocidade do contágio da doença, e a audiência virtual passa a ser uma ferramenta aliada da propagação da informação”.

Nesse relatório estará discriminado todo o orçamento geral, congregando a administração direta e indireta – considerando a receita – receita estimada x receita arrecadada, a despesa –  despesa prevista x despesa empenhada, despesa liquidada x despesa paga e ainda as despesas com pessoal, educação e saúde, referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril desse ano e as comparações em relação ao mesmo período do ano passado.

Até o momento, a prefeitura segue mantendo sua estimativa de arrecadação líquida, em R$ 928,48 milhões para todo o 2020. De forma parcial, março registrou o melhor período do ano para a arrecadação municipal, com R$ 63,98 milhões. Para os meses de março, foi o maior volume desde 2017, conforme a série de arrecadações elaborada pela Gefaz.

A demonstração dos números em audiência pública atende ao disposto no art. 9º, § 4º da Lei Complementar 101/2000 e as informações municiam órgãos de controle, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE). “A audiência, mais do que um rito constitucional, é um momento no qual o poder Executivo expõe de forma transparente onde e como estão sendo aplicados os recursos públicos arrecadados por meio do recolhimento dos impostos de cada cidadão. Mais que um rito, a prestação de contas está aí, pela cidade. A população anda e vê os benefícios prontos ou chegando próximos de suas casas, seja no recape, no tapa-buraco, em uma reforma de unidade de saúde, ou mesmo na linha de ônibus que voltou a circular na sua rua porque a via foi recuperada”, argumenta a secretária interina de Gestão Fazendária, Lucineia Santos.

A secretária reforçou ainda a importância em se participar desse momento, mais do que nunca. “É uma prestação de contas sim, mas por meio dela, os munícipes podem compreender melhor a dinâmica da aplicação dos recursos públicos e como zelamos pela sua boa e correta aplicação. Estamos em meio a uma crise econômica e sanitária, que não sabemos quanto tempo vai durar e muito menos o tamanho de seus impactos. A receita apontou trajetória de queda, a partir de abril, e é importante que toda a população tenha ciência desse novo cenário que estamos e vamos vivenciar ao longo de 2020”, pontuou a secretária.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

AMM

Prefeito Fabio Garbugio e secretário buscam liberação de R$ 1,4 milhões para continuidade de projeto de melhoria do abastecimento

Publicado


.

O prefeito de Alto Taquari, Fabio Mauri Garbugio, juntamente com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Kleber Welington Gomes, esteve em Cuiabá pessoalmente conversando com a equipe da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Solutions Corp Assessoria Empresarial LTDA, empresa responsável pelo projeto de melhoramento do abastecimento de água na cidade.

A partir desta reunião, a Funasa liberou mais uma parcela para a continuidade do projeto, no valor total de R$ 1.405.617,93.

“Com este recurso trabalharemos os dois setores, mas daremos prioridade ao Setor 2, onde construiremos 1 reservatório de 400m³. Este valor liberado dá mais ‘fôlego’ para este projeto de melhoria no abastecimento de água, possibilitando maior agilidade em sua execução”, afirmou o prefeito de Alto Taquari, Fabio Mauri Garbugio.

A empresa Solutions trabalha atualmente nas interligações do sistema de abastecimento de água, realizando a conexão da rede de água existente com a ampliação da rede nova. A empresa está focada ainda na urbanização dos poços artesianos e na construção do Centro Administrativo do Departamento de Saneamento Municipal (DMS).

Estavam na reunião o superintendente da Funasa, Francisco, e o engenheiro Marcos, da Solutions.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana