Momento +

CHEGA AO MERCADO BRASILEIRO UMA NOVA SOLUÇÃO EM APLICATIVO DE TRANSPORTE COLETIVO PARTICULAR, O 2GO

Publicado

Após 3 anos de idealização, foi lançado em outubro de 2019 o aplicativo 2GO, trazendo uma proposta de contribuir com a melhoria das condições de vida e meio ambiente dinamizando e proporcionando novas formas de uso do transporte coletivo.

O lançamento aconteceu no WTW20 – SP (Welcome Tomorrow) movimento que tem ajudado marcas e pessoas a pensarem sobre futuro, mobilidade, tecnologia. Um aplicativo 100% digital  uma nova proposta em transporte coletivo particular, com o lema “juntos, conduzimos pessoas”.

Em em entrevista exclusiva ao site momentomt o fundador da 2Go Christian Almeida, explica que o App é ideal para mobilizar grupos que seguem para o mesmo destino, como festas, happy hours, shows, peças e até eventos esportivos, conectando indivíduos, gerando economia de tempo e dinheiro e favorecendo o cotidiano dentro das cidades.

“Conviver em sociedade faz parte da natureza do ser humano característica que, quando bem empregada, fortalece a boa convivência. Por que não utilizar a tecnologia que nos conecta para materializar convivências entre aqueles que já têm afinidades e necessidades de locomoção”? Ressalta Christian.

O fato de compartilhar uma viagem, colabora na diminuição de custos e contribuí de forma consciente com o meio ambiente, reduzindo o número de carros nas ruas. Segundo Almeida o App vem apresentando um impacto positivo junto as pessoas e as empresas de transportes coletivos. O foco é alavancar a parceria junto a donos de vans, micro-ônibus e ônibus. O App também permite lincar os desejos do usuário aos donos de veículos para que possam melhorar cada dia mais sua prestação de serviço.

Dentro do aplicativo, o serviço é totalmente digital, desde a verificação de preços, carros, motoristas e pagamento até o acompanhante da viagem, com check-in e check-out dos embarques e desembarques. O trabalho da 2GO é o de encontrar o parceiro mais próximo e disponível na data solicitada. O usuário tem a chance de fazer toda a gestão da viagem, desde decidir a data, hora e local de partida, bem como ver fotos dos veículos, conhecer a empresa e gerenciar o número de pessoas pagantes, sem a necessidade de e-mails ou telefonemas.

Para os usuários uma das vantagens é  definir como chegar ao destino e ainda decidir se querem ou não dividir o valor com os participantes.

Como vantagens aos parceiros, o principal é o custo zero, tanto na hora de baixar, quanto para se manter cadastrados. Contará com o serviço de novas demandas de clientes, com a opção de aceitarem ou não as viagens, aproveitando assim sua frota nos horários ociosos, o que ajuda a melhorar a receita sem a necessidade de novos investimentos. Todos os parceiros também recebem um código 2GO, permitindo ao usuário contratá-lo diretamente, o que contribui com a fidelização dos clientes.

No período de novembro de 2019 a janeiro de 2020, os desenvolvedores e o fundador ouviram parceiros e clientes e elaboraram novos ajustes estruturais para que no mês de fevereiro de 2020 o App possa estar de fato em funcionamento no estado de São Paulo. Como explica Christian já houve interesse também das cidades de porto alegre e Recife.

 

“Nosso objetivo é levar o setor de transporte coletivo privado e seus segmentos para o mundo digital verdadeiramente, criando novos comportamentos de uso que só são possíveis com o rompimento da barreira analógica”, conclui Christian.

Confira também o vídeo de apresentação: A Digitalização do transporte coletivo

 

 

Informações à Imprensa: [email protected]  (11) 9 9601 4148

 

Fotos: Arquivo pessoal

Texto: Aline Viana

Comentários Facebook
publicidade

Momento +

Após 12 dias de isolamento social Secretário de Saúde de Mato Grosso anuncia cura e retorno ao trabalho nesta terça-feira(07)

Publicado

Após cumprir 12 dias de isolamento social para tratar da infecção pela covid-19, o secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, anunciou o retorno ao trabalho presencial nesta terça-feira (7). “(…)Comunico que venci a covid-19. Após novo exame realizado pelo Lacen, já testei negativo para a doença”, anunciou em suas redes sociais.

Figueiredo agradeceu todas as mensagens que recebeu desde que foi detectado a doença em 5 de julho, e pediu desculpas por não ter conseguido responder a todas mensagens e aos telefonemas recebidos.   “Mesmo em afastamento e com um pouco de desconforto, continuei – dentro do possível – trabalhando à distância e auxiliando a nossa equipe na condução do enfrentamento dessa pandemia e nas demais demandas da Saúde de Mato Grosso”, completa.

Na mensagem, o secretário ainda afirma que está 100% determinado no seu trabalho, que classificou como “missão divina”.   Gilberto também anunciou que viaja ainda nesta terça para o estado de São Paulo para finalizar a negociação com uma empresa fabricante de respiradores, “que deverá nos entregar os 50 equipamentos adquiridos pela SES em março deste ano”.

Os aparelhos foram adquiridos da empresa Magnamed Tecnologia Médica em março. Porém, com a decisão do Ministério da Saúde ainda no final de março, de requisitar todos os  respiradores e insumos das empresas para combate à pandemia do novo corona vírus, os equipamentos não foram entregues.

Após uma batalha judicial no Supremo Tribunal Federal (STF), o Estado conseguiu decisão favorável para receber os 50 respiradores, já que a decisão do Ministério da Saúde em requisitar equipamentos e insumos das empresas só valem para os novos materiais e não os que já foram negociados com os entes federados.

“Vamos à luta! Continuem se protegendo e nos ajudando neste momento desconfortável de combate ao coronavírus. Tenho fé, vamos vencê-lo. Fiquem com Deus”, conclui o secretário.

 

Otavio Ventureli(com assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento +

Descaso com a vida: Após esperar três dias por uma vaga na UTI cacique Xavante da aldeia Sangradouro morre de coronavírus em Cuiabá

Publicado

O cacique xavante Domingos Mahoro, de 60 anos(em destaque na foto), diagnosticado com covid-19 há 11 dias, não resistiu e faleceu em decorrência da doença O corpo do cacique foi levado nesta terça(07) para sepultamento na aldeia do sangradouro MT.

Após aguardar 3 dias por um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele foi transferido para a  Santa Casa de Misericórdia, em Cuiabá.

O cacique, da aldeia Sangradouro, estava internado em estado grave em Primavera do Leste, Mato Grosso,  desde o dia 25 de junho. A família de Domingos entrou com um pedido na Justiça para que a transferência dele fosse feita com urgência.

O corpo de Domingos foi levado para a terra indígena Sangradouro, onde será sepultado, mas sem a tradicional cerimônia xavante. Sangradouro fica próximo de General Carneiro e Primavera do Leste. Mais de 100 xavantes já foram diagnosticados com a doença.

Domingos era uma figura importante no meio indígena, com histórico de luta e voz pelos direitos indígenas em Mato Grosso. Ele foi coordenador da Saúde Indígena e esteve à frente da Cooperativa Indígena.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram sua morte. “Depois de mais de 20 anos de amizade, meu amigo, guerreiro xavante Domingos Mãhörõ eo sempre na luta pela autonomia do seu povo, foi vencido pelo Covid19”, escreveu um amigo.

“Domingos e Vinícius, meu filho, que na sua infância muitas vezes me acompanhou na aldeia do Domingos, nadar no Rio Cristalino, Domingos explicou porque usava para o nosso encontro o tipo de madeira que vai na orelha, pois pra cada situação, tem uma madeira diferente de acordo com a cultura, pareceu uma despedida”, relembra.

 

Otavio Ventureli(com GD)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana