Momento Esportes

Coronavírus faz Japão cancelar evento-teste de judô paralímpico

Publicado


A Federação Japonesa de Judô para Deficientes Visuais cancelou um torneio marcado para o período de 6 a 17 de março, em Tóquio, que serviria como evento-teste da Paralimpíada, que, assim como a Olimpíada, será na capital japonesa. A razão é o surto do novo coronavírus (Covid-19), que nesta quinta-feira (27), chegou a 186 casos confirmados no país, sem contar os 704 identificados no navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama. A epidemia já fez sete vítimas no Japão.

O Brasil seria representado por seis atletas da seleção feminina de judô para cegos (Giulia Pereira – na foto -, Karla Cardoso, Lúcia Teixeira, Alana Maldonado, Meg Emmerich e Rebeca Silva), além de dois treinadores e uma médica. “A velocidade de infecção do novo coronavírus no Japão, e em todo o mundo, é muito mais rápida do que o esperado. Gostaríamos de evitar possíveis riscos de infecção para qualquer pessoa que participe de competições”, informou, em nota, o Comitê Organizador do torneio.

Neste ano, o judô paralímpico brasileiro (masculino e feminino), conquistou nove medalhas – cinco de ouro – no Pan-Americano de Judô Paralímpico, disputado no Canadá, e 10 – três de ouro no Aberto da Alemanha. Com o cancelamento do evento-teste japonês, a seleção tem previstas, até a Paralimpíada, participações em duas etapas do Grand Prix, que é o circuito mundial da modalidade: a da Inglaterra, em abril, e a do Azerbaijão, em maio.

As seleções de futebol de 5 e goalball masculino, outras modalidades para atletas com deficiência visual, também têm compromissos marcados para Tóquio em março. De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), as equipes aguardam pronunciamento das autoridades locais sobre a questão. As atividades (um torneio e um camping de treinos), porém, deverão ser igualmente canceladas.

A decisão de cancelar o torneio de judô foi tomada depois que o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, pediu, no Parlamento, o “cancelamento, adiamento ou redução” de eventos esportivos e culturais previstos para as próximas semanas. Outro evento-teste paralímpico, de bocha, com participação da seleção brasileira da modalidade, também não será mais realizado.

A Paralimpíada de Tóquio está prevista para o período de 25 de agosto a 6 de setembro. Dias antes, ocorrerá a Olimpíada, de 24 de julho a 9 de agosto. O Comitê Organizador dos Jogos informou que, por enquanto, não deu início a nenhuma discussão sobre a suspensão de eventos.

O diretor-geral do comitê, Toshiro Moto, porém, admitiu que o revezamento da tocha olímpica, que deverá começar em 26 de março, pode ser realizado “em menor escala”, com medidas para garantir a passagem da tocha simultaneamente à contenção do vírus.

 

 

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
publicidade

Momento Esportes

'Vasco Solidário' arrecada cestas básicas para comunidades carentes

Publicado


.

A solidariedade está em alta no Vasco da Gama. O clube lançou a campanha ‘Vasco Solidário’  com o objetivo de arrecadar cestas básicas e produtos de limpeza e de higiene pessoal para a população da Cidade de Deus e da Barreira, áreas carentes que correm alto risco de contaminação pelo novo coronavírus (covid-19).  As comunidades são vizinhas, respectivamente, ao Centro de Treinamento do Cruzmaltino –  em construção, na zona oeste – e ao estádio de São Januário, em São Cristóvão, região central da cidade do Rio de Janeiro.

As doações podem ser feitas na sede do Cruzmaltino, em São Cristóvão, de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Quem for de carro, não precisa nem descer do veículo, porque há um funcionário para auxiliar na retirada dos donativos. 

A campanha foi lançada ontem (5), por meio de um vídeo nas redes sociais do clube, com a participação de vascaínos ilustres como o ator Marcos Palmeiras, a cantora Fernanda Abreu e o humorista Fábio Porchat,  além dos craques da bola Phillipe Coutinho, Thalles Magno e Leandro Castan. Velhos ídolos e rivais, como Roberto Dinamite e Zico, também estão engajados na iniciativa social. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Esportes

Mãe do técnico Pep Guardiola morre aos 82 anos vítima de covid-19

Publicado


.

O treinador Pep Guardiola perdeu a mãe de 82 anos nesta segunda-feira (6), vítima do novo coronavírus (covid-19). Dolors Sala Carrió morreu, em Manresa, cidade a 50Kms de Barcelona (Espanha), com aproximadamente 80 mil habitantes. O anúncio foi feito pelo Manchester City, clube do técnico.

Guardiola recebeu condolências de praticamente todos os grandes clubes da Europa. Pelas redes sociais, Real Madrid, Bayer de Munique e Napoli, entre outros, manifestaram solidariedade a Pep. Jogadores também expressaram apoio ao treinador como o francês Mendy e o belga De Bruyne.

A Espanha é um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19. Segundo o último balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS), são cerca de 136 mil infectados no país, e mais de 13 mil óbitos registrados. Há menos de duas semanas, Guardiola havia feito uma doação de um milhão de euros para instituições que lutam contra a propagação da covid-19 na região da Catalunha.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana