Momento Tecnologia

Crianças em casa: Conheça 7 aplicativos educativos para usar no isolamento

Publicado


source
crianças arrow-options
Unsplash/McKaela Lee

Veja 7 aplicativos para distrair os pequenos na quarentena


Com as aulas suspensas e sem poder sair de casa, entreter as crianças se tornou um grande desafio para os pais em tempos de coronavírus . Nesse sentido, a tecnologia pode ser uma grande aliada. 

Acessar a internet já faz parte do contexto das crianças: a pesquisa TIC Kids Online Brasil, de 2018, revelou que 75% dos pequenos acessam a rede pelo menos uma vez ao dia . Durante o período de isolamento social, esse costume tende a se tornar ainda mais intenso e, por isso, é importante que ele seja conduzido da melhor forma possível pelos adultos responsáveis. 

Leia também: Criançada em casa? Spotify lança versão kids do aplicativo

Nesta lista, separamos alguns aplicativos educativos para as crianças , para que elas aprendam enquanto ocupam o tempo. É recomendado que, durante o tempo online, os pequenos acessem apenas conteúdos próprios para crianças. Isso porque eles serão livres de propagandas e informações maliciosas. Confira neste link como proteger a segurança das crianças na internet .

PlayKids

crianças arrow-options
Captura de tela

PlayKids


O PlayKids é um aplicativo que reúne desenhos, séries, livros e jogos educativos para crianças de diversas idades. Os vídeos trazem atividades de mão na massa para brincar em casa, enquanto os livros e jogos mantêm os pequenos ligados na telinha. Temas como alfabetização, música, meditação e ciência são abordados pelo aplicativo, que está disponível para Android e iOS .

Leia também: Messenger Kids dá mais controle aos pais; confira as novas ferramentas

Papumba

Papumba arrow-options
Captura de tela

Papumba


Para as crianças mais novas, o Papumba é uma opção interessante, já que traz conteúdos do currículo pré-escolar, focado na faixa etária de 2 a 6 anos. No aplicativo , dá para aprender sobre animais, alfabeto, música e até outras línguas. Papumba está disponível tanto para Android como para iOS

Crocro Adventure

Crocro Adventure arrow-options
Captura de tela

Crocro Adventure


O período de isolamento social também é uma oportunidade de ensinar novos conhecimentos às crianças. No Crocro Adventure , elas conseguem aprender lógica de programação a partir de desafios propostos pelo jogo. A cada etapa, as atividades vão ficando mais difíceis, estimulando o raciocínio. O aplicativo é indicado para crianças de 6 a 12 anos e está disponível para Android e iOS

Leia também: Vale a pena monitorar o celular dos filhos? Entenda os apps de controle parental

Dino Tim

crianças arrow-options
Captura de tela

Dino Tim


O Dino Tim é um aplicativo educativo com atividades para diversas faixas etárias. Com ele, as crianças podem aprender desde as primeiras letras a palavras até uma nova língua. O jogo está disponível tanto para Android como para iOS

Arqueólogo – Jurassic Life

crianças arrow-options
Captura de tela

Arqueólogo App


O Arqueólogo é um jogo divertido no qual os pequenos conseguem aprender sobre o mundo dos dinossauros . Além das informações sobre os animais, o aplicativo ainda traz quebra-cabeças e jogos de colorir. O game tem versões para Android e iOS .

Leia também: Papa Francisco dá alerta a empresas de tecnologia sobre proteção de crianças

ABC do Bita

crianças arrow-options
Captura de tela

ABC do Bita


Esse aplicativo é uma boa ferramenta para estimular a alfabetização de crianças através da brincadeira. Com Bita , o queridinho das crianças, é possível aprender as letras, além estimular o raciocínio lógico e a coordenação motora. ABC do Bita tem versões para Android e iOS

YouTube Kids

crianças arrow-options
Captura de tela

YouTube Kids


A versão infantil do YouTube não poderia ficar de fora dessa lista. Em um ambiente mais controlado e com filtros de conteúdo, o aplicativo traz diversos vídeos para entreter as crianças . No YouTube Kids , é possível personalizar quais conteúdos seu filho tem acesso, escolhendo o que faz mais sentido para ele. O aplicativo está disponível tanto para Android como para iOS .

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

iPhone subaquático? Apple registra patente com recursos curiosos

Publicado


source

Olhar Digital

Apple arrow-options
Reprodução/Shutterstock

Apple registra patente com novos recursos


A Apple registrou uma curiosa patente de uma interface otimizada para uso debaixo d’água. O documento basicamente descreve um dispositivo (que pode ser um iPhone ou iPad , por exemplo) capaz de detectar quando está submerso e entrar em uma espécie de “modo subaquático”.

“Os métodos atuais para exibir interfaces de usuário enquanto um dispositivo eletrônico está submerso estão desatualizados, são demorados e ineficientes. Por exemplo, alguns métodos existentes usam interfaces de usuário complexas e demoradas, que podem incluir várias teclas ou pressionamentos de tecla”, dz o documento. 

Leia também: Mais de 4 mil aplicativos conseguem ver tudo o que você tem no celular; entenda

A julgar pelo texto, a idéia é exibir uma interface simplificada. Talvez em resposta ao fato de que quando submersas as atuais telas sensíveis ao toque não funcionam com a mesma precisão de quando estão secas, o que pode impedir que o aparelho registre gestos mais complexos.

Uma segunda patente, não relacionada, sugere um recurso que muda automaticamente a orientação da tela de acordo com a posição do rosto do usuário, em vez de levar em conta apenas os acelerômetros. Isso pode ser útil, por exemplo, se você estiver olhando para um aparelho sobre uma mesa.

Lembramos que uma patente não significa que um produto chegará ao mercado ou mesmo que chegará. Empresas patenteiam todo tipo de idéias, seja porque podem um dia ser úteis, seja porque podem servir para bloquear os avanços de um concorrente. Em 2018, a Apple registrou em média seis pedidos de patente por dia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Vendas online na quarentena: veja o que está bombando nos e-commerces

Publicado


source
e-commerces arrow-options
Unsplash

Veja o que mais está sendo vendido online


Com o isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), é natural que as vendas online aumentem. Mas se engana quem pensa que só alimentos e remédios teriam mais demanda neste período. De acordo com uma pesquisa realizada pela Konduto, antifraude de pagamentos online, os brinquedos se destacaram bastante. 

Em comparação com o início do mês de março, o período entre os dias 15 e 24 registrou um aumento de 643% nas vendas de brinquedos em e-commerces . Os supermercados ficaram em segundo lugar, com alta de 448% nos pedidos. 

Leia também: Em forma na quarentena: os 6 melhores aplicativos para treinar sem sair de casa

Tom Canabarro, CEO da Konduto, acredita que os clientes procuraram garantir entretenimento durante o período de isolamento social. “O crescimento de segmentos que vendem produtos básicos online, como farmácias e supermercados, já era esperado diante das medidas de quarentena e isolamento. Por outro lado, os consumidores se preocuparam em garantir entretenimento para todas as idades no período, vide o avanço de brinquedos e games online”, afirma. 

Depois de brinquedos e supermercados, o setor que mais cresceu durante a quarentena foi o dos artigos esportivos , com alta de 188%. Os pedidos de halteres, colchonetes, tapetes de ioga e até equipamentos como elípticos e bicicletas ergométricas cresceram, indicando que as pessoas estão buscando manter a saúde mesmo dentro de casa. 

Aa farmácias ficaram em quarto lugar nessa lista, com aumento de 75% nas vendas. Em seguida, vieram os games online (58%) e os aplicativos de entrega (56%).

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana