Momento Cidades

Curso capacitou servidores para formação de comissões de heteroidentificação

Publicado

Divulgação

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Educação, por meio de representante, participou da I Capacitação para Comissões de Heteroidentificação de Pretos e Pardos. A ideia dos organizadores do curso, além de possibilitar a capacitação de servidores que poderão atuar nas comissões, é de que as instituições que adotam o sistema de cotas, possam implementar critérios comuns de verificação.  

O curso foi estruturado em três etapas, de sensibilização e construção histórica das noções de racismo, raça e discriminação, com atividades teóricas e lúdicas, que culminou com uma reflexão sobre a visão da questão racial e de pertencimento no Brasil. A segunda etapa concentrou os estudos e debates e, na última, estudiosos do tema compartilharam suas experiências.

Maristela Abadia Guimarães, uma das coordenadoras do curso, disse que o objetivo final da capacitação foi garantir o acesso e permanência de servidores e estudantes cotistas nas instituições de ensino de forma geral.  “Quando capacitamos os servidores, oferecemos um serviço público eficiente. Além disso, estamos promovendo o controle e prevenindo os riscos de ilícitos, além de cumprir o papel institucional de uma instituição pública de ensino, que é o de oportunizar o ingresso de servidores e estudantes negros e negras por meio da política pública de cotas”, destacou.

Para o historiador Edmilson Marques de Moraes, assessor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação de Cuiabá, a ideia é aplicar, efetivamente, a legislação que trata sobre o tema, ao universo dos concursos e processos seletivos realizados no âmbito do município e também ampliar as discussões no âmbito da Educação. “O município de Cuiabá já adota em seus processos de seleção o sistema de cotas, mas é importante nos qualificarmos para avançar cada vez mais, tendo esse olhar para as pessoas que se declaram pretos, pardos ou indígenas”, afirmou Edmilson Marques.

Como pesquisador, o assessor pedagógico estuda o tema, em especial a Lei 10.639, que instituiu o ensino da história africana e afro brasileira nas escolas de todo o país. “Questões ligadas às populações de origem africana ou indígenas já são temas discutidos e vivenciados na rede pública municipal de educação. Essa formação veio ampliar e fortalecer esse conhecimento e o olhar diferenciado para a formação da comissão, e ainda as discussões nas unidades educacionais, sobre como conseguimos assumir a nossa identidade enquanto cidadão”, destacou Edmilson Marques.

O curso foi realizado no período de 30 de outubro a 01 de novembro, no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), organizado pela Diretoria de Política de Ingresso (DPI) com apoio do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros, Indígenas e de Fronteira, Maria Dimpina (NEABI/NUMDI) em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade Estadual (UNEMAT), com extensão de vagas para a Secretaria Municipal de Educação.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Cidades

Ritmo da Bahia contagia foliões no terceiro dia do Carnaval da Gente

Publicado


Milhares de foliões sambaram no ritmo da Bahia durante a terceira noite do Carnal da Gente, na segunda-feira (24). Ao som da banda Tarraxinha, nascida no estado, os foliões relembraram sucessos que marcaram outras festas de momo e aproveitaram a estrutura completa oferecida pela organização. Na data também se apresentaram Rafa Garcia e Pagodão S.A.

 

O vocalista da Tarraxinha, primeira banda a se apresentar na noite, conta que já tocou em outras cidades de Mato Grosso e que vê muitas similaridades entre o público daqui e do Bahia, sua terra natal.

 

Para ele, a ideia de trazer grupos baianos à Capital ajuda a democratizar o carnaval. “O matogrossense de maneira geral gosta muito do carnaval de lá. Trazer grupos da Bahia para Cuiabá possibilita que aqueles que não poderão viajar no feriado também aproveitem a mesma energia.”

 

A auxiliar de serviços gerais, Guadalupe Campos, compartilha da mesma opinião. “Acabamos ficando sem muitas opções em Cuiabá, então se não fosse o Carnaval da Gente, a gente não teria onde pular.”

 

O evento, gratuito, acontece no Parque de Exposições Jonas Pinheiro. O espaço conta com 12 mil metros quadrados de área coberta, onde é possível proporcionar conforto e segurança aos participantes mesmo em dias chuvosos. 

 

 

“Neste ano nós temos um segundo componente que são os desfiles e a Orla do Porto não tem estrutura para isso, por isso decidimos fazer a experiência de trazer para o Parque de Exposições, em parceria com o Sindicato Rural.  É um espaço apropriado para receber grandes eventos e tem tudo para ser um local de muita folia até terça-feira”, explica o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

 

Na programação da terça-feira (25) o desfile dos blocos que disputam premiação total de R$ 100 mil começa às 18h30. 

 

No total, seis grupos participarão do desfile, no pátio a frente da arquibancada. São eles: Bloco Vaidade, Unidos do Carumbé’, Império de Casa Nova, Unidos do Araés e Melados e Boca Suja. Haverá ainda apresentação de abertura do ‘Bloco das Divas’ e ‘Bloco Plus Samba’.

 

O complexo organizado para a ocasião conta com espaço kids, área de shows, avenida de desfile de blocos, praça de alimentação, além de área específica para equipe de saúde, juizado infantil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A entrada será monitorada e vai contar com vistoria. Menores de idade devem estar acompanhados dos pais e/ou responsáveis. Além disso, não será permitida entrada com latas, garrafas, qualquer objeto perfurante e/ou cortante no local.

 

Programação Carnaval da Gente 2020:

 

Domingo (23), das 20h às 03h: Dj, Toq D’Prazer, Alex Maluf, Anselmo e Rafael, Erre Som e Dj.

 

 Matinê a partir das 17h.

 

Segunda-feira (24), das 20h às 03h: Dj, Pagodão S.A, Rafa Garcia, Banda Tarraxinha

 

Terça-feira (25), das 18h30 às 03h: Bloco das Divas, Plus Samba e desfile de blocos de carnaval (Vaidade, Unidos do Carumbé, Império de Casa Nova, Unidos do Araés, Melados e Boca Suja).

 

Serviço

 

O que: Carnaval da Gente 2020

 

Quando: de 22 a 25 de fevereiro, das 20h às 03h

 

Onde: Parque de Exposições Jonas Pinheiro

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Cidades

Trabalho na Orla do Porto II entra na etapa de construção do muro de gabião

Publicado


A Prefeitura de Cuiabá segue avançando com a obra de requalificação da segunda etapa da Orla do Porto. Previsto para ser concluído no segundo semestre deste ano, o trabalho se encontra, neste momento, na etapa de construção do muro de gabião. No local, mais de 30 operários atuam diariamente na execução desta que é considerada a principal fase da obra, já que a estrutura é diretamente responsável pela estabilização do solo.

Conforme o cronograma da Secretaria de Obras Públicas, responsável pela coordenação das atividades, a previsão é de que esse serviço dure pelo menos mais 30 dias. Após a conclusão da edificação do muro, a equipe passa a operar no aterramento da área, seguindo para a construção do calçamento. A requalificação abrange o trecho, às margens do Rio Cuiabá, situado entre a Ponte Júlio Muller e o Cais do Porto.

“Essa é uma obra que, somado a recuperação e embelezamento da área, tem como grande objetivo tornar a orla do rio um local atrativo, potencializando o turismo natural. Para isso, estamos investindo um montante de aproximadamente R$ 3.7 milhões. Esse recurso é, em boa parte, oriundo do Ministério do Turismo, contando com uma contrapartida do Município”, explica o secretário de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues.  

O projeto é conhecido como Orla do Porto II e foi elaborado pelo Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU), abrangendo a execução de uma série de atividades. A ideia é transforma o local em um novo ambiente de integração social, aproveitando-se da valorosa localização do espaço. Aliado a isso, a obra visa o fortalecimento do convívio da população com o Rio Cuiabá, considerado o maior patrimônio ambiental da cidade.

Ao longo de mais de 600 metros de extensão serão executados os trabalhos de implantação de calçadões para caminhada e contemplação, ciclovia, iluminação, arborização e adequação de acessibilidade. Além disso, o espaço contará com esculturas de personalidades regionais, área coberta por lonas tensionadas destinadas a feiras locais, espaço com aparelhos para atividades físicas ao ar livre e estacionamento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana