Nacional

Datafolha: católicos representam 50% dos brasileiros; 10% diz não ter religião

Publicado

source
Igreja arrow-options
Ana Branco / Agência O Globo

Missa na igreja de Nossa Senhora da Aparecida, na Ilha do Governador

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira (13) mostra que 50% dos brasileiros são católicos, 31%, evangélicos, e 10% não têm religião. Segundo o levantamento, os espíritas representam 3% da população, seguidores da umbanda, candomblé e outras religiões afro-brasileiras somam 2%, enquanto ateus são 1% e judeus apenas 0,3%.

Leia também: Corpo de menina desaparecida em São Paulo é encontrado; vizinho é preso

A pesquisa do Datafolha foi feita nos dias 5 e 6 de dezembro, com 2.948 entrevistados em 176 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A maioria dos católicos e evangélicos se declaram pardos: 41% e 43% respectivamente. Os grupos de pardos e pretos somam 59% dos evangélicos e 55% dos católicos. Já os brancos somam 36% dos católicos e 30% dos evangélicos.

Na divisão por idade, a maioria dos católicos está na faixa acima de 45 anos, com mais de 50% dos entrevistados que apontaram esta religião. Já os evangélicos estão mais distribuídos, com mais de 20% em três divisões: de 25 a 34 anos, de 35 a 44 e de 45 a 59 anos.

Leia mais:  Precisamos treinar os professores que querem portar armas, diz ex-xerife dos EUA

Leia também: Justiça nega novo pedido de liberdade de viúva da Mega-Sena

Já quando as divisão são por escolaridade e renda mensal, a pesquisa do Datafolha apontou que tanto católicos quando evangélicos têm maioria nas mesmas faixas: ensino fundamental e médio, com renda de até dois salários mínimos.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Homem usa arma de brinquedo para assaltar ônibus, é agredido e acaba em hospital

Publicado

source
Ônibus Rio arrow-options
Reprodução / Redes Sociais

Homem com réplica de arma de fogo foi contido por passageiros de ônibus na Penha

Um homem foi contido por passageiros de um ônibus após anunciar um assalto dentro do coletivo com uma réplica de arma de fogo, na tarde desta quinta-feira, na Avenida Brás de Pina, na Penha, Zona Norte do Rio. As informações são do jornal O Dia .

Leia também: Repórter pergunta sobre Fabio e Bolsonaro responde: “está falando da tua mãe?”

De acordo com a Polícia Militar, equipes do 16º BPM (Olaria) foram acionadas para checar a tentativa de roubo ao ônibus e no local, os policiais encontraram o suspeito detido por populares.

Ele foi conduzido ao Hospital Estadual Getúlio Vargas com algumas escoriações, segundo a corporação. Não há maiores informações sobre seu estado de saúde, apenas de que está sob custódia dos agentes.

A arma de brinquedo, que era usada por ele, foi apreendida. A ocorrência foi encaminhada para a 22ª DP (Penha).

Leia mais:  Idosa de 82 anos é assaltada e persegue ladrão

Leia também: Idosa tem braço cortado ao retirar gesso em hospital do Rio: “chorava de dor”

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Homem é preso após torturar enteado de 3 anos por fazer xixi na cama

Publicado

source
menino olhando por buraco arrow-options
Pixabay/Creative Commons

Imagem ilustrativa

Um homem de identidade não revelada foi preso na cidade de Chapadão do Sul, no interior do Mato Grosso do Sul, após torturar o enteado dele, de três anos, por quase 24 horas na última quarta-feira (15).

O motivo da tortura , segundo a polícia, foi o fato de que a criança fez xixi na cama. Após o ocorrido, ele bateu nos olhos do menino com sandálias, bateu no garoto com o fio do celular e deu beliscões nele.

Leia também: Caso Enzo: padrasto tirou menino dos braços da mãe antes de jogá-lo pela janela

A mãe do menino, que mantinha um relacionamento com o homem há cerca de três meses, ficou preocupada com os ferimentos e o levou até o hospital alegando que outra pessoa teria batido nele. Ela chamou a polícia em seguida. Os funcionários também ficaram desconfiados e chamaram a polícia.

O homem foi preso em flagrante por tortura e encaminhado a um presídio da região. Ele está à disposição da justiça.

Leia mais:  Cariocas questionam silêncio de Witzel e presidente da Cedae sobre crise da água

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana