Política Nacional

Deputado usa imunidade parlamentar para trazer canabidiol ilegal do Uruguai

Publicado

source
Marlon Santos arrow-options
ALRS/Divulgação

Marlon Santos viaja mensalmente para a fronteira entre Brasil e Uruguai para comprar a substância.

Deputado federal  Marlon Santos  (PDT-RS) disse, nesta quarta (20), que viaja mensalmente ao Uruguai para importar ilegalmente canabidiol para o Brasil. O parlamentar afirma que a substância retirada da maconha é entregue a pacientes médicos que não têm condições financeiras de importar o canabidiol legalmente. 

Leia também: Aliança pelo Brasil: O que pode acontecer com o partido de Bolsonaro

A revelação ocorreu durante audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara, que estava discutindo o uso medicinal da Cannabis sativa , conhecida popularmente como maconha. Ele explicou que utiliza a imunidade parlamentar para não ser barrado ou punido pela importação ilegal.

“Vou todo mês no Uruguai comprar canabidiol escondido para duas pessoas que, até então, com indicação médica, não conseguiam ter acesso, porque, para transportar para o Brasil, é R$ 9 mil que uma transportadora cobra. Três vidrinhos de canabidiol . Então eu vou a Rivera [cidade uruguaia na fronteira brasileira], pego ilegalmente o canabidiol e trago comigo”, relatou.

Leia mais:  União pode ser responsabilizada por óleo em praias do Nordeste, aponta debate

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Novo marco das telecomunicações reduzirá reclamações da telefonia, diz ministro

Publicado

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Marcos Pontes: novas regras vão trazer mais competitividade e melhoria de qualidade

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, disse acreditar que o novo marco das telecomunicações (Lei 13.879/19), sancionado recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro, vai trazer mais competitividade ao setor e melhorar a qualidade dos serviços.

“Logicamente, isso vai demorar um certo tempo. A gente precisa alinhar todos os vetores para exigir das empresas que elas realmente prestem um serviço de qualidade”, disse Pontes, que participou na quarta-feira (4) de audiência pública da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

O deputado Felipe Carreras (PSB-PE), um dos autores do pedido de audiência, disse que as empresas precisam investir mais na qualidade. “Não há obrigação de contrapartida com os bilhões que eles faturam, de terem que fazer investimentos. Eles queriam investir mais, mas o governo não dá benefício”, declarou.

De acordo com o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que integra os Procons de todo o País, os assuntos que mais geram reclamações do consumidor são telefonia móvel (14,1%) e fixa (7,05%), e o problema mais relatado é a cobrança indevida ou abusiva (27,85%).

Leia mais:  Previdência: CCJ analisa emendas à PEC Paralela na quarta-feira

Acesso à internet
A audiência, realizada para discutir as reclamações contra serviços e cobrança indevida na telefonia, também focou na importância do acesso à internet em todo o território brasileiro. O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Leonardo Euler de Morais, afirmou que a estrutura de fibra óptica, que leva acesso à internet, não chega a 30% dos municípios do País, ou seja, a aproximadamente 16 milhões de brasileiros.

“Existem políticas públicas para garantir que essa infraestrutura chegue a todos esses municípios, evidentemente que, para alguns deles, a tecnologia satelital não pode ser descartada. Hoje em dia, a própria evolução da tecnologia satelital oferece novas perspectivas em termos de banda larga, porque ela é muito menos sujeita a interferências”, afirmou Morais.

Para o ministro Marcos Pontes, é preocupante a falta de comunicação nessas regiões, pois pessoas poderiam até mesmo morrer pela falta de internet, por não ter telemedicina, por exemplo.

Reportagem – Helder Ferreira
Edição – Pierre Triboli

Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

Com visita a presidente eleito da Argentina, Maia busca fortalecer parceria entre os países

Publicado

Divulgação
Alberto Fernandez e Rodrigo Maia em reunião na Argentina

Em missão oficial à Argentina, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi recebido nesta quinta-feira (5) em Buenos Aires pelo presidente eleito do país, Alberto Fernandez.

Em mensagem publicada no Twitter, Maia afirmou que a visita tem como objetivo demostrar a importância que o país vizinho tem para o Brasil e para o Parlamento brasileiro.

“A Argentina é o parceiro mais importante do nosso país e, portanto, Brasil e Argentina são mais fortes quando estão juntos. A nossa visita hoje veio consolidar ainda mais esta parceria”, afirmou Maia, na rede social.

Da Redação

Comentários Facebook
Leia mais:  Projeto concede ao Senado poder para modular declaração de inconstitucionalidade
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana