Momento Destaque

Efeito Covid 19: Presidência da Assembléia Legislativa MT convoca Deputados para uma reunião de emergência na segunda(23)

Publicado

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho(foto), decidiu convocar o Colégio de Líderes para uma reunião extraordinária na próxima segunda-feira (23), para definir novas medidas contra a crise da pandemia do coronavírus em Mato Grosso.

De acordo com o parlamentar, as novas decisões ficarão na tentativa de amenizar o impacto econômico no Estado. “Estou convocando todos os deputados que puderem estar presente para discutirmos novas medidas, principalmnte para evitar uma crise econômica neste momento”, disse Botelho.

O chefe do Legislativo ainda cobrou o governador Mauro Mendes (DEM) para que ele analise com ‘tranquilidade’ as medidas aprovadas pela Assembleia Legislativa nesta semana.

“O que nós aprovamos foram autorizações para o governador adotar medidas importantes. Como a fixação do ICMS em 7% para produtos de combate ao CoronaVírus e a questão da merenda escolar para os estudantes que necessitam destas refeições. Então ele pode adequar e tomar suas medidas. São sugestões importantes”, explicou.

“Talvez no caso de proibição de corte de água e luz, seja necessário adequar para pessoas de baixa renda. Mas são propostas que podem ajudar na crise. Esperamos que ele entenda isso”, completa.

Após a aprovação por parte da Assembleia o governador disse que “provavelmente” iria vetar os projetos por “vício de iniciativa”. A declaração causou divergência entre nos parlamentares.

Entre as médias estão a redução de alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Serviços e Mercadorias) em algumas operações, medidas extraordinárias que garantam à oferta de produtos e insumos, e a garantia dos direitos ao Bolsa Família e Pró-família aos estudantes da rede pública que terão suas aulas suspensas no Estado.

Os alunos cadastrados  e beneficiados com os programas “continuarão tendo direito à alimentação escolar”.

Botelho também fechou a Assembleia por 10 dias a partir desta sexta-feira (20), mantendo a concentração das sessões apenas para as quartas-feiras, com a presença dos servidores que atuam no plenário.

 

Otavio Ventureli(c0m Assessoria)

Comentários Facebook
publicidade

Momento Destaque

Presidente do Supremo Tribunal Federal se submete a cirurgia em Brasília e apresenta sintomas do novo coronavírus

Publicado

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, 52, passou por cirurgia neste sábado (23), em Brasília, para drenagem de um abscesso.

Após o procedimento, ele ficou internado com sintomas que sugerem infecção pelo novo coronavírus.

Toffoli fez um exame para Covid-19 na quarta-feira (20), cujo resultado foi negativo. Segundo nota da Secretaria de Saúde do Supremo, divulgada neste domingo (24) e assinada por Marco Polo Dias Freitas, o ministro está bem e respira sem a ajuda de aparelhos.

A assessoria de imprensa da corte afirmou que, como não há confirmação de o ministro ter contraído o novo coronavírus, ele ficará em licença médica por sete dias.

O prazo poderá ser prorrogado, a depender do resultado de novos exames. Na ausência de Toffoli, o ministro Luiz Fux assumirá a presidência do tribunal.

Leia abaixo a íntegra da nota:

“O Senhor Ministro Dias Toffoli foi hospitalizado no sábado, 23, para drenagem de um pequeno abscesso. A cirurgia transcorreu bem e na noite do mesmo dia, o Ministro apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção pelo novo coronavírus, devendo permanecer internado para monitorização. No momento, o Ministro está bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos.

Na última quarta-feira, 20, o Ministro foi submetido a teste diagnóstico para o novo coronavírus, que foi negativo.

 

Otavio ventureli(de Brasília)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Destaque

Em ação rápida PM prende em flagrante ciminoso que matou idoso a facadas por causa de som alto e o encaminha à presídio

Publicado

Em uma ação rápida, policiais militares de Sinop MT  prenderam  na noite deste sábado (23), em flagrante delito, um homem de 29 anos suspeito de matar  o vizinho, um idoso de 65 anos, com diversos golpes de faca. A motivação do crime seria a reclamação do som alto que tocava na casa do suspeito.

A vítima ainda apresentava sinais de vida quando a equipe da PM chegou ao local, porém morreu poucos minutos depois, antes mesmo de receber os primeiros socorros do Corpo de Bombeiro.

A prisão ocorreu às 22hs, logo após o crime e a poucos metros da porta da casa da vítima. No momento em que chegaram ao endereço os policiais flagraram um homem com o corpo e as vestes sujas de sangue tentava fugir pulando o muro, da parte dos fundos do conjunto de moradias.

Surpreendido por um dos policiais, ele ainda insistiu na tentativa de fuga saltando o muro da frente. Ao ser abordado, ainda resistiu à prisão, porém acabou sendo contido e algemado.

Conforme descrição dos policiais, o local do crime é um residencial com diversos pequenos apartamentos. No período da tarde a vítima havia ido até o apartamento onde mora o suspeito para pedir que diminuísse o volume do som.

À noite, depois de consumir bebida alcóolica, o autor do homicídio foi até a casa do vizinho que reclamou e o matou. Na casa do suspeito, conforme registra no Boletim de Ocorrência, os policiais encontraram uma garrafa de vodka.  Ele foi levado para a delegacia e deve responder por homicídio. O corpo do idoso deverá ser sepultado nesta segunda-feira(25), em sinop MT.

 

Otavio Ventureli(com assessoria)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana