Mulher

“Ele deixou o meu rosto inchado de tanto soco”, diz vítima sobre o ex

Publicado


source

Na madrugada do dia 4 de maio, Júlia*, de 20 anos, foi levada ao hospital e encaminhada para a delegacia de Limeira, interior de São Paulo, após ser agredida pelo namorado. “Ele deixou meu rosto inchado de tanto soco”, conta ao Delas. Com a filha de dois meses nos braços, a jovem, que fecha a nossa série de reportagens especiais sobre casos de violência contra a mulher na quarentena, lembra como as agressões se intensificaram nas últimas semanas. 

Leia outros relatos da série: 

mão de homem ameaçando mulher
Thinkstock/Getty Images

Dados apontam que a violência contra a mulher aumentou durante a quarentena

“No mês de abril, período de quarentena, as agressões foram mais constantes. Eu estava morando em uma chácara e não tinha como pedir socorro”, relata. 

De chantagem emocional à ameaça de feminicídio 

Júlia conta que nos primeiros cinco meses a relação foi tranquila, como qualquer outro namoro. Depois disso, quando ainda estava grávida, as agressões começaram. “Entre idas e vindas, sempre dei uma chance acreditando que ele ia mudar, mas quase morri”, desabafa. 

O ciúmes sempre foi a principal motivação. Ele via mensagens antigas no Instagram, ficava com raiva e descontava com socos, tapas e sufocamentos. Depois, Júlia conta que ele pedia desculpas. “Dizia que não sabia o que acontecia com ele e que saia fora de si. Sempre quando parava de me agredir começava a se fingir de arrependido”, lembra. 

Em alguns momentos, sugeria que Júlia terminasse com ele, pois ela “não merecia passar por aquilo”. Quando ela aceitava, a chantageava e reforçava uma relação de dependência. “Eu acreditava que ele ia mudar, mas no fim o medo superou isso”. 

Na quarentena, o casal foi passar os dias de isolamento em uma chácara com os avós dele. Lá, as agressões foram mais intensas e como estavam distante da cidade e sem comunicação, ela não tinha como pedir ajuda. O agressor confiscava todos os celulares da casa e quando permitia que ela fizesse ligações, ficava por perto para evitar que falasse o que se passava. Além disso, os avós não interferiam por medo da situação piorar e ela ser ainda mais agredida. 

No dia 3 de maio, eles foram para a cidade visitar a mãe de Júlia. Na volta, ela tentou ficar na casa da mãe e, a princípio, achou que tinha conseguido convencer o namorado. Porém, quando saíram à noite para comprar um lanche, ele aumentou a velocidade do carro e começou a agredi-la. 

Agrediu durante todo o trajeto, até que precisou parar em posto de gasolina. Naquele momento, Júlia viu a oportunidade para pedir ajuda. Ela conta que gritou por socorro, mas o namorado acelerou. Enquanto dirigia, dava socos e tapas. Em meio a tudo isso, a filha de dois meses seguia no banco de trás do veículo. 

Ela diz que conseguiu pedir ajuda mais uma vez, quando pararam no segundo posto de gasolina, mas ele acelerou novamente. “Ele me batia e dizia: ‘Se a gasolina acabar, você vai ver o que vai acontecer. Sua hora chegou. Eu vou te matar e sumir com a nossa filha’”.

“Eu estava com medo e não sabia o que fazer. Queria pular do carro, mas ele estava correndo. Pedia para Deus não deixar a gasolina acabar no meio do mato. Se acabasse, não ia ter ninguém para me defender”, continua.

Quando a gasolina acabou, o casal estava próximo ao condomínio de chácaras. O rapaz ficou a estrada, esperando alguém passar para pedir ajuda, porém, devido à quarentena, o movimento nas ruas era baixo. Até que passou uma viatura da Polícia Militar. “Ele foi indo para perto do carro e eu sai correndo e acenei. O policial saiu do carro e eu entrei no banco do motorista. Estava com tanto medo que fiquei lá. Pedi para a outra policial pegar o meu bebê de dois meses. Eu estava com o rosto todo machucado e a blusa rasgada”. 

“Fomos para o hospital e para a delegacia. Ele ficou detido. Foi por pouco. Se a polícia não tivesse passado, ele teria feito algo comigo lá mesmo. A cidade estava deserta. Foi muita sorte”, termina. 

Leia também: “Falar sobre violência doméstica dói, mas é o 1º passo para mudar a realidade”

Números da violência contra a mulher na quarentena

sombra de homem agredindo mulher
Reprodução

Chantagem emocional e comportamento possessivo são atitudes comuns entre agressores de mulheres

Júlia não foi a única mulher a passar por isso no  isolamento social  – adotado para conter o avanço nos casos de Covid-19. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), o número de ocorrências de violência contra a mulher aumentou em seis estados (São Paulo, Acre, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Pará) em relação ao mesmo período em 2019. Em São Paulo, a Polícia Militar registrou um aumento de 45% no atendimento de mulheres vítimas de violência. Além disso, o número de feminicídios cresceu em 46%.

Thaís Santesi, idealizadora do Projeto Bastê (@projetobaste no Instagram), que oferece apoio terapêutico a valores populares e assessoria financeira a vítimas de violência doméstica, avalia a pandemia como um agravante para a violência doméstica . “Agora elas estão expostas a seus agressores 24 horas por dia e não tem a quem recorrer”, diz.

“Onde há posse, não há amor”

Thaís ainda reforça que casos de manipulação e agressão como o de Júlia são comuns. “A manipulação é gradual, não acontece de um dia para o outro. Eles começam a maltratá-las aos poucos quando já se encontram envolvidas, apaixonadas. Aos poucos eles vão minando a autoestima da vítima, isolam dos amigos e a fazem crer que tudo o que fazem é errado”, fala. 

Dessa forma, cria-se uma dependência emocional carregada de culpa por se reconhecer naquela situação, mas sem conseguir romper com o relacionamento. Nesse sentido, Maria Consentino, juíza do 1º Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Belo Horizonte (MG), comenta: “É difícil ela reconhecer que é vista como propriedade. E onde há a ideia de propriedade, não há amor. Onde há posse, não há amor”.

Por isso, a juíza considera tão importante que as mulheres se apropriem da Lei Maria da Penha (11.340/2006) e façam a denúncia. “Ela precisa acreditar que é possível denunciar e sair dessa situação. Caso contrário, perde a vida”. 

*nome foi alterado para preservar a identidade da vítima

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Repórter é assediada em transmissão ao vivo nos EUA

Publicado


source

Gaynor Hall , repórter da WGN-TV, nos Estados Unidos, foi assediada por um homem enquanto fazia uma transmissão ao vivo. Ela estava em Shorewood, Illinois, noticiando os fortes ventos da região, quando um desconhecido invadiu a reportagem e a agarrou gritando que “comeria a b* dela”. 

Leia também: Léo Dias x Anitta: mulheres chamam jornalista de machista por atacar cantora

repórter sendo assediada
WGN-TV

A jornalista Gaynor Hall, dos EUA, foi assediada em uma transmissão ao vivo

Após o ocorrido, Gaynor publicou uma imagem do homem em sua página do Facebook dizendo que a cena “não foi engraçada”. “Você violou o meu espaço pessoal. Você me agarrou. Você me assustou. Valeu a pena?”, completou. 

Diante do  assédio , a jornalista Jackie Bange, compartilhou a foto do homem no Facebook pedindo que alguém identificasse aquele “completo idiota”. Os internautas se mobilizaram e o assediador, Eric Farina, 20 anos, foi identificado e preso. 

Leia também: “Tive que sair com meu filho no colo de madrugada por medo dele”

Segundo a polícia de Shorewood, o homem foi acusado de agressão e conduta imprópria , mas confessou o crime e pagou uma fiança de US$ 2.500 (R$ 13,5 mil).

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Horóscopo do dia: previsões para 27 de maio de 2020

Publicado


source
mandala
Marcelo Dalla

Confira as previsões do seu signo e ascendente


ÁRIES 

É tempo de avaliar melhor suas iniciativas. A Lua confronta Saturno pela manhã, pedindo iniciativas mais maduras e conscientes. Procure cultivar clareza de metas, assim fica mais fácil seguir com perseverança. É preciso cuidado com a velocidade e a comunicação agressiva. Diplomacia, tranquilidade e prudência são os antídotos. Ainda bem que a Lua segue em Leão: você pode contar com motivação e alegria. Aproveite para esclarecer assuntos, tirar dúvidas e interagir com mais afeto.

TOURO 

Com a Lua em Leão você pode ficar mais animado, com vontade de sair de casa e mostrar seu melhor. É importante investir na visibilidade e no reconhecimento de seus talentos. O período de revisões importantes continua. Aproveite para desfazer confusões, tirar dúvidas, repensar projetos. A Lua combina forças com o Sol, favorecendo iniciativas e contatos. É tempo de abrir seu coração! Sorrisos, gentileza e diplomacia estão em evidência. Procure fazer algo criativo, ou que seja do seu agrado também.

GÊMEOS 

A Lua segue no festivo Leão e hoje combina forças com o Sol, que segue em seu signo: um convite para celebrar a vida e distribuir elogios, pois todos querem se sentir especiais. Você pode ganhar clareza sobre muitas questões. Contatos, estudos, divulgações, negociações e novos assuntos estão favorecidos. Mas o Sol também desafia Marte, pedindo cuidado redobrado com a pressa, a comunicação impulsiva e agressiva. Diplomacia, ponderação, tranquilidade e prudência são os antídotos.

CÂNCER 

Aproveite para dialogar de coração aberto com quem ama. A Lua ingressa em Leão e o convida a celebrar a vida, a distribuir elogios, com mais generosidade. Com o coração aberto, você pode curar velhas mágoas. Reflita sobre seu comportamento emocional, reveja situações onde há cobranças, controles e manipulações. É tempo de deixar para trás velhos padrões para que haja um verdadeiro renascimento em seu aniversário. O objetivo é seguir mais leve, confiante e equilibrado.

LEÃO

Tarefas criativas e prazerosas estão beneficiadas. Você fica mais energizado, expansivo e sensível com a Lua em seu signo. Aproveite para dar bom dia à vida e celebrar os bons momentos. Ative suas habilidades de comunicação e expressão para atrair oportunidades. Não se esqueça de cultivar generosidade também. Bom período para acordos, pesquisas, estudos, pesquisas e aprofundamentos. Porém, cuidado com a pressa e a agressividade. O Sol desafia Marte, é importante desacelerar, cultivar mais sensibilidade e empatia.

VIRGEM 

Os intercâmbios e as negociações fluem melhor, é tempo de crescimento e bons aprendizados. Com a Lua em Leão e o Sol em Gêmeos, capriche no visual, promova divulgações, contatos, reúna agora o necessário para encaminhar suas metas. Porém, cuidado com a impaciência, a ansiedade e a intolerância. Não fique parado, é preciso dissipar a energia acumulada. Prefira organizar-se, alinhar interesses, preparar-se para o crescimento profissional e a concretização de seus projetos.

LIBRA 

É tempo de comunicação, sociabilidade e iniciativas. O Sol segue em Gêmeos, a Lua segue em Leão: seja espontâneo e não espere acontecer, tome você mesmo a iniciativa. Sua expressividade está em evidência! No trabalho, privilegie as atividades relacionadas à liderança e criatividade. Você pode agora colocar o bloco na rua e avançar, buscar horizontes mais amplos e até mesmo enxergar soluções que não lhe ocorriam antes. Esteja aberto para mudanças, ciente de que tudo é pra melhor. 

ESCORPIÃO 

Tenha cuidado com a impulsividade e a franqueza excessiva na hora de se expressar, para não magoar as pessoas. Com a tensão entre Sol e Marte, é preciso controlar e impulsividade e adoçar as palavras. Desfazer-se do excesso de bagagem também é importante, o desnecessário deve ser descartado. Júpiter segue junto com Plutão, está mais fácil compreender, encontrar respostas e perdoar. Novos acordos podem ser muito promissores. Basta estar de coração aberto para dialogar, ouvir e ser ouvido.

SAGITÁRIO 

Bom dia para tomar decisões, cultivar prazer, autoconfiança e autoestima. A Lua segue em Leão, o Sol segue em Gêmeos. A vida social está em alta, as parcerias continuam em destaque! Você pode aproveitar para ativar encontros, fazer-se admirado e admirar as pessoas com as quais está envolvido. Mantenha-se aberto para bons contatos, esteja ciente que só completará a tarefa com a ajuda dos colaboradores. Mas atenção para a impulsividade! Marte desafia o Sol, que pede mais consciência e maturidade em suas ações.

CAPRICÓRNIO 

Continue a cuidar da saúde e da vitalidade. Se a responsabilidade pesar demais, delegue tarefas. Pela manhã Lua e Saturno pedem perseverança e empenho para lidar com possíveis limitações e obstáculos. Ao longo do dia essa tensão vai se desfazer. A Lua segue no festivo Leão, todos estão mais sensíveis aos elogios e à admiração. Aproveite para cultivar leveza, capriche na apresentação pessoal e distribua sorrisos! De coração aberto, com certeza pode conseguir colaboração, apoio e ajuda.

AQUÁRIO 

As atividades comerciais e intelectuais se aceleram. Não é hora de ficar parado! Atividades ligadas à comunicação estão favorecidas. Esteja aberto para expandir sua rede de contatos e fazer novos amigos. Com a Lua em Leão, todos estão mais calorosos. Fica mais fácil cultivar um objetivo positivo, uma boa intenção, praticar um ato generoso em prol de quem precisa. Mercúrio se despede de Gêmeos, mantenha-se flexível e disposto a mudar de opinião se for preciso. Diálogos sensíveis e profundos estão em pauta.

PEIXES 

Novos convites, ligações, negociações, contatos e divulgações trazem a sensação de avanço. Você pode contar com energia e fluidez para, em pouco tempo, resolver muita coisa. Com a Lua em Leão, o dia promete ser dinâmico! Sol, Mercúrio e Vênus seguem em Gêmeos, favorecendo estudos, pesquisas, novas ideias e novos assuntos. O desafio é equilibrar o tempo que se dedica aos projetos e assuntos profissionais com os assuntos relacionados ao lar e às pessoas que ama, que também podem pedir sua atenção.

Para além do horóscopo do dia :

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana