Momento +

Eletromóveis Martinello divulga nota de esclarecimento sobre o caso do ex-goleiro Bruno

Publicado

A Eletromóveis Martinello, copatrocinadora do Campeonato Mato-grossense de Futebol de 2020, em função das notícias recentemente veiculadas sobre a possível participação no campeonato do “Goleiro Bruno”, condenado em 2013 por homicídio triplamente qualificado, vem a público esclarecer o seguinte:

É louvável que a comunidade proporcione nova chance a reeducandos. Nesse caso, porém, não se pode deixar de considerar a extrema gravidade do crime de feminicídio que ainda hoje choca e comove todo o país.

Embora seja lícito que o ex-atleta tenha pretensões de voltar ao trabalho e se reintegrar à sociedade, não concordamos que condenado por crime tão grave e torpe seja elevado ao patamar de ídolo esportivo, pois o esporte é para cidadãos exemplares que cultivam a vida, o respeito ao próximo e o espírito de equipe.

Não é nosso papel ou direito intervir nas decisões administrativas das equipes participantes do campeonato, mas não permitiremos, ainda que por força de medidas judiciais, que a equipe OPERÁRIO FUTEBOL CLUBE seja vinculada à nossa empresa utilizando uniformes que contenham a nossa marca ou que conceda entrevistas em frente ao painel com a nossa marca, enquanto mantiver a decisão de integrar ao seu quadro o ex-atleta em questão.

Em nossos 30 anos de história atuamos com convicção e vigor no incentivo ao esporte profissional e amador, patrocinando, apoiando e investindo em milhares de eventos em todos os 54 municípios mato-grossenses onde atuamos.

Em nossa empresa promovemos a igualdade de direitos e de oportunidades entre homens e mulheres.

Seguiremos acreditando e investindo nos valores essenciais do esporte, cumprindo o nosso papel social de incentivar o desenvolvimento humano através das práticas esportivas.

Acima disso, seguiremos combatendo as injustiças e lutando pelo respeito e os direitos das mulheres.

Lucas do Rio Verde, 21 de Janeiro de 2020

Assessoria

Foto: Divulgação Internet

Comentários Facebook
publicidade

Momento +

Operação conjunta “Ouro Maculado” apreende armas de fogo, munições e maquinários em garimpo irregular no norte de MT

Publicado

A Operação Ouro Maculado, realizada em conjunto pela Polícia Civil de Peixoto de Azevedo MT, Ministério Público Estadual, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Politec, apreendeu, na quinta(09), diversos maquinários, armas de fogo e munições utilizados em uma área de garimpo ilegal de ouro, no distrito de União do Norte.

Uma pessoa que estava no local foi detida por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Os bens apreendidos totalizam mais de R$ 1 milhão.

A operação é resultado de denúncias recebidas pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual sobre a atividade ilegal que estava em funcionamento nos locais conhecidos como Travessão 1 e 3, a aproximadamente 70 quilômetros da cidade.

Policiais civis da Delegacia de Peixoto de Azevedo, o promotor do município e equipes da Sema e Perícia Técnica foram ao distrito, na manhã de quinta-feira onde flagraram máquinas retroescavadeiras e motores em atividade.

De acordo com o delegado de Peixoto de Azevedo, José Getúlio Daniel, o local apresenta uma extensa área com degradação ambiental provocada pela extração ilegal de ouro. Ele explica que dois garimpos foram fechados, contudo, os donos não foram encontrados no local.

Em buscas na casa do garimpo, os policiais civis localizaram armas de fogo e diversas munições. O rapaz de 19 anos que estava no local, filho do dono do garimpo, informou desconhecer documentação para exploração da atividade.

Os fiscais da Sema identificaram que o curso de água que passa pela propriedade foi desviado para a atividade de garimpo, situação que foi confirmada pelo rapaz que estava no local.

As investigações da Polícia Civil terão continuidade para identificar o proprietário do garimpo ilegal, que responderá por diversos crimes ambientais, entre eles a extração de recursos minerais sem autorização legal e degradação ambiental. O maquinário e as armas apreendidas passarão por perícia.

Encaminhado à delegacia de Peixoto de Azevedo MT junto as armas e munições, o jovem de 19 anos foi ouvido pelo delegado José Getúlio e autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele pagou a fiança arbitrada e foi liberado.

Otavio Ventureli(com assessorias)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento +

Boletim da noite desta sexta-feira(10) aponta que Mato Grosso registrou 65 mortes e o surgimento de 1.240 novos casos de covid 19 casos

Publicado

Mato Grosso bateu o recorde em mortes causadas pelo coronavírus: 65 mortes até o inicio  da noite desta sexta-feira(19). Também nas últimas 24 horas, surgiram 1.240 novas confirmações da doença no Estado.

A Secretaria de Estado de Saúde notificou, até a noite desta sexta-feira (10), 27.636 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Foram registrados 1.026 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.  Nesta edição do boletim foi esclarecido que, em razão da atualização e migração do sistema, os números relativos aos casos em monitoramento e recuperados só serão atualizados a partir da próxima segunda-feira (13).

Portanto, até o restabelecimento do banco de dados, serão atualizados diariamente apenas o total de casos confirmados, óbitos, exames realizados e as taxas de ocupação.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (6.101), Rondonópolis (2.165), Várzea Grande (2.069), Sorriso (1.195), Lucas do Rio Verde (1.254),  Tangará da Serra (1.053), Primavera do Leste (1.033), Sinop (806), Nova Mutum (674), Pontes e Lacerda (650), Campo Verde (505), Cáceres (465), Colíder (402), Peixoto de Azevedo (364), Barra do Garças (360), Sapezal (353), Campo Novo do Parecis (351),  Querência (304), Confresa (350) e Matupá (274).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 240 internações em UTI e 366 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,5% para UTIs e em 53,7% para enfermarias.

Um total de 28.275 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e, atualmente, restam 1.623 amostras em análise laboratorial.

Otavio Ventureli(com ascom)

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana