Momento Destaque

Em Sorriso, acusado de matar engenheira agrônoma no trânsito é preso

Publicado

A Polícia Civil aponta Jackson Furlan, 29 anos, como o suspeito em atirar e matar a engenheira agrônoma de 29 anos, Júlia Barbosa de Souza,  no município de Sorriso, na madrugada deste sábado (9). De acordo com o delegado da Polícia Civil, Nilson André, Jackson foi preso na tarde de hoje (10).

Após a divulgação de imagens da caminhonete de Jackson e oito testemunharas o apontarem como suspeito de assasinar a jovem engenheira agrônoma neste fim de semana, o mandato de prisão preventiva foi solicitado pelo delgado e expedido pelo juiz.

Acompanhado de seu advogado, Jackson se apresentou na delagacia, mantendo-se em silêncio em todo instante. Sem qualquer palavra do suspeito, não se sabe a procedência e nem qual arma utilizada no crime. A engenheira estaria em sua caminhonete Hilux na velocidade compatível com a avenida Brescansin (principal da cidade), e isso teria irritado Jackson.

Segundo testemunhas, Júlia encontrava-se em seu veículo quando uma caminhonete queria a ultrpasssa-lá, acelerando e aparentando insatisfação pelo trânsito lento. Começando a perseguir o veículo em que a agrônoma estava, solicitava que o condutor (namorado de Júlia) parasse, não sendo atendido, Jackson aitoru contra a engenheira que foi atingida na cabeça. A jovem de 29 anos chegou a ser socorrida, não resistindo.

Leia mais:  Parlamentares recebem pesquisador da Embrapa para discutir pesca amadora “Cota Zero”

Comentários Facebook
publicidade

Momento Destaque

PF apreende cerca de 300 kg de drogas no decorrer da Operação Peregrino

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, no decorrer da Operação Falcão Peregrino, que abrangeu os aeroportos nos estados da Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco, apreendeu drogas e prendeu 37 pessoas.

A Operação Falcão Peregrino teve início no Aeroporto Internacional de São Paulo, no dia 22 de novembro, e foi encerrada nesta quinta-feira (5/12). Equipes de policiais federais atuaram nas áreas externas do aeroporto e junto aos balcões de check-in das companhias aéreas, controle migratório, porões de bagagens, pátio das aeronaves, setor de cargas e na análise de informações de empresas e passageiros nacionais e estrangeiros que fizeram uso do Aeroporto Internacional de São Paulo.

Foram apreendidos, no decorrer da operação, mais de 300 kg de drogas, como cocaína, representando o maior volume, haxixe e maconha. As ações resultaram na prisão de 37 passageiros e pessoas associadas ao tráfico internacional de drogas.

As drogas apreendidas tinham como destino a África, América do Sul (Brasil), Ásia, Europa e Oriente, tendo sido encontradas em fundos falsos de malas e mochilas, latas de produtos alimentícios, embalagens para refresco, frascos de perfumes, dentro de roupas e catálogos, diluídas como se fosse vinho, na forma de cápsulas que foram engolidas, atadas ao corpo e em peças íntimas de roupa, porém os maiores volumes individuais estavam na forma de tijolos.

Leia mais:  Vereadores aprovam projeto e município poderá credenciar instituições para oferecer vagas na educação infantil

Os presos foram conduzidos aos presídios estaduais e responderão na Justiça pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Fotos e vídeos das apreensões estão disponíveis para download por meio do link:

https://drive.google.com/open?id=1ff6GUYI_lF8NtXsuEg5lHx0x2-2Fs_LI

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Destaque

Pinscher é morto após mulher colocar mangueira em sua boca

Publicado

O cachorro da raça pinscher foi vítima de um surto psicótico, a dona colocou mangueira na boca do pet, fazendo com que o cachorro morresse afogado e seus olhos saltassem para fora do corpo.

O episódio aconteceu nesta quinta-feira (5), no Bairro Tijucal, em Cuiabá. Após os vizinhos visualizarem a mulher de 58 anos sem qualquer vestimenta na rua a Polícia Militar foi acionada para conter a mulher.

Chegando no local, os policiais encontraram o filho da mulher, que explicou para os policiais que a mãe estava em um surto psicótico. Relatou ainda que a mãe teria matado o cachorro da família introduzindo uma mangueira em sua boca e consequentemente o animal morrendo afogado e com os olhos postos para fora do corpo.

A mulher recusou-se a sair do banheiro. O filho arrombou a porta e a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) encaminhou a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Pascoal Ramos.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes como “crueldade contra animais”.

Leia mais:  Jair Bolsonaro entrega pacote econômico ao Senado

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana