Momento Cidades

Fórum da Região Turística Metropolitana discute  formas para alavancar e desenvolver o turismo regional

Publicado

13/11/2019    20

A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, promoveu nesta quarta-feira (13), Fórum da Região Turística Metropolitana – Cuiabá/Várzea Grande. A finalidade do Fórum é desenvolver projetos específicos, por meio de uma nova concepção em fazer e desenvolver o turismo, buscando parcerias, estimulando investimentos e aproximando as pessoas no processo de desenvolvimento das atividades relacionadas ao turismo local.

O Fórum servirá como opção para investimentos, gerando renda e empregos, em uma região polarizada por Cuiabá e Várzea Grande, portão de entrada dos turistas, em Mato Grosso, e com posição geográfica privilegiada ampliando ainda mais o potencial. O evento foi  realizado no auditório do Hotel Ceolatto.

O evento foi promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo e contou com a participação de representantes dos conselhos municipais de Turismo, empreendedores do setor e agentes que movimentam a economia ligada ao turismo da região, como comerciantes, hoteleiros e prestadores de serviços.

Representando o município, o secretário de Desenvolvimento Urbano e presidente do Fórum da Região Turística Metropolitana de Cuiabá e Várzea Grande, José Roberto Amaral de Castro disse que o encontro teve o intuito de discutir a regionalização e seus avanços, bem como os rumos do turismo conciliado com o desenvolvimento de outros setores da região turística.

"É uma oportunidade para grandes discussões sobre como o turismo, visto de maneira Regional e não apenas local (Cuiabá/Várzea Grande), favorecerá a criação de novas vagas de emprego e fomento de renda. A Região Turística Metropolitana favorece a implantação de diversas atividades turísticas, que por consequência dos serviços prestados, possibilita a criação de diversas novas vagas de empregos, diretos e indiretos. Por este motivo, discutir a integração entre os municípios é essencial para um avanço nesta política pública e fomento ao setor”, sublinhou o secretário, José Roberto.

Segundo o secretário adjunto de Turismo do Estado de Mato Grosso, Jefferson Preza Moreno, o Fórum possibilita a discussão ampla e transversal de todas as áreas que dialogam com o turismo. “É uma forma de explorar as potencialidades que o setor oferece, visando sempre à melhoria da oferta de serviços. Além disso, o Fórum pretende promover a integração do turismo na Região Turística Metropolitana, mostrando como o setor público pode colaborar para o desenvolvimento do trade turístico de cada região do Estado”, destacou.

“O encontro oportunizou a integração entre os pares, criando um importante movimento para buscar estratégias e melhorias para a promoção do turismo, alimentar a cadeia produtiva, criar mais empregos e fomentar a economia local”, sintetiza o presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade de Mato Grosso, Manoel Prolópio.

Já o secretário de Governo de Várzea Grande, Kalil Baracat destacou a importância do evento para o futuro da Região Turística Metropolitana. “Estamos buscando meios para, cada vez mais, promover os atrativos turísticos da cidade a fim de estimular e fortalecer o desenvolvimento de Várzea Grande”, sublinhou o secretário.

O evento contou com palestras sobre a Importância da Instância de Governança Regional do Turismo (IGR) no desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso.

 

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Comentários Facebook
publicidade

Momento Cidades

NOTA EM DEFESA DOS(AS) SECRETÁRIOS(AS) DE SAÚDE DE MATO GROSSO

Publicado


.

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems/MT) vem demonstrar total apoio aos Secretários(as) de Saúde dos municípios mato-grossenses e todas as equipes do Sistema Único de Saúde (SUS) que lutam diariamente para salvar vidas.

Em momentos de pandemia, estamos assistindo uma crescente desvalorização do SUS e dos(as) gestores(as) de saúde por pessoas, entidades políticas e mesmo veículos de imprensa em busca de um culpado em meio ao atual cenário em que o novo coronavírus tem atingido o pico em Mato Grosso.

O Cosems/MT se vê no direito de ser porta-voz dos(as) gestores(as) de saúde e não vamos admitir e nem compactuar com essas acusações às Secretarias Municipais de Saúde e as suas equipes. Nós vamos continuar defendendo os(as) gestores(as) e os municípios.

O Cosems/MT é testemunha do quanto os(as) gestores(as) de saúde trabalham incansavelmente, sem dia e nem hora, para garantir o melhor atendimento aos munícipes. Assistimos diariamente a angústia dos(as) gestores(as) por acesso, por leitos de UTI e o desespero nos grupos de whatsapp. Acompanhamos a busca por atualização, web reuniões, leituras das novas portarias e preocupação com os altos preços dos equipamentos de proteção individual (EPIs) e mesmo medicamentos. Também vemos a alegria com que divulgam os vídeos dos pacientes curados.

Na busca de demonstrar o quanto os(as) gestores(as) de saúde e suas equipes fazem por Mato Grosso, nós do Cosems/MT divulgamos semanalmente um clipping, que reúne as principais ações de saúde promovidas nos municípios. Como não há de ser diferente, em meio à pandemia as ações não pararam, e vêm se multiplicando em uma busca constante de levar o melhor para as pessoas.

Somos testemunhas e admiradores dos(as) Secretários(as) de Saúde, que conhecem como ninguém as características e realidades de cada município e que trabalham de forma realmente efetiva para atender a cada uma dessas realidades. São choros, angústias e alegrias que não podem ser minimizados. Temos orgulho do SUS, temos orgulho dos(as) gestores(as) de saúde, temos orgulho das equipes.

Seguiremos em defesa do que sabemos ser verdade.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Cidades

Veja os dados do painel Covid-19 deste sábado (04)

Publicado


.

Neste sábado (04), Cuiabá tem 4755 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1076 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 700 já estão recuperados da doença e houve 231 óbitos de residentes e 119 de não residentes.

Na rede hospitalar há 300 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 171 na UTI e 129 em enfermaria. Também estão internados 213 pacientes com suspeita da doença, sendo 108 na UTI e 105 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 204 são de residentes em Cuiabá e 75 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 177 pessoas são de Cuiabá e 57 de outros municípios.

 

Hoje Cuiabá registrou mais 16 óbitos de residentes, chegando a um total de 231 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

 

Foram registrados os óbitos de 13 homens e 3 mulheres. Destes óbitos, 9 pacientes estavam internados em hospitais públicos e 7 em hospitais privados.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana