Momento +

Governador Mauro Mendes decreta estado de emergência em Mato Grosso por 90 dias, prorrogável por até 180 dias

Publicado

Com o agravamento da crise provocada pelo coronavírus em Mato Grosso, o governador Mauro Mendes(foto) decretou situação de emergência em Mato Grosso. O decreto 420/2020 saiu em edição extra do Diário Oficial do Estado publicado nesta segunda-feira (23).

O decreto do governador leva em conta a lei de quarentena que foi sancionada em fevereiro pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e também a declaração pela Organização Mundial de Saúde (OMS) do coronavírus como uma pandemia, em 11 de março de 2020. Mauro considera ainda que já há casos registrados em Mato Grosso.

Com ele, o Estado pode adotar medidas de prevenção, preparação, mitigação, respostas e recuperação frente à epidemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

O decreto tem duração de 90 dias, podendo ser prorrogado por até 180 dias.

O governador ainda determina que a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setasc) poderá abrir uma conta especial para o recebimento de doações em dinheiro para ajudar pessoas carentes a passarem pelo período de Covid-19.

Já são 6 casos de Covid-19 em Mato Grosso e 210 são considerados suspeitos. Mato Grosso já pediu ajuda da União na questão econômica e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) trabalha junto com o Ministério da Saúde nas ações contra o avanço do coronavírus.

Foi decretado o fechamento de locais com aglomeração de pessoas, bares, conveniências. Restaurantes só poderão atender para entrega, evitando o contato físico entre as pessoas. Linhas de ônibus interestadual foram suspensas e a ordem é que as pessoas fique em casa e lavem bem as mãos.

 

Otavio Ventureli(c0m Assessoria)

Comentários Facebook
publicidade

Momento +

Jurado de morte pelo Comando Vermelho, jovem de 19 anos escapa após pistola falhar e ele conseguir fugir no Distrito da Guia em Cuiabá

Publicado

Jurado pelo Comando Vermelho, o jovem M.S.B., 19, escapou da morte porque a arma usada para praticar o crime falhou e ele fugiu ao entrar no pátio de uma igreja. A ocorrência foi registrada próxima da escola Filogônio Corrêa, por volta das 23h00, desta sexta-feira(27) na Guia, distrito de Cuiabá.

A Polícia Militar foi acionada após denúncia de disparos de arma de fogo e que uma pessoa estava ferida no local. A testemunha informou que o acusado, conhecido na comunidade por Macumba, e outro suspeito fugiram em uma motocicleta.

Por já ser conhecido, policiais foram até a casa de “Macumba”, e ao se aproximar ele tentou fugir por uma plantação, junto com o outro suspeito, mas acabaram presos.

À polícia, “Macumba” confirmou que esteve no local, mas que não cometeu o crime. Ele disse que foi levar uma pessoa até o local.

A vítima, atingida no braço direito, contou à PM que está “decretado” sua morte pelo Comando Vermelho. Isso quer dizer que está jurado de morte. Segundo ele, a motivação seria por estar andando com um homem, identificado apenas por Neto, também “decretado” pela facção criminosa.

A vítima detalhou que estava com sua família quando um rapaz conhecido por “Vitinho” lhe chamou para um local mais afastado, onde estava “Macumba” e que os dois estavam armados. Porém, cita que Vitinho sacou uma pistola, puxou o gatilho por diversas vezes e que acabou, por isso, conseguiu escapar.

A polícia informou que Mabumba é cunhado da vítima. Acusados e vítima foram levados para a Central de Falagrantes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento +

Polícia Judiciária Civil instala tendas na área externa da Central de plantão no bairro Verdão em Cuiabá como prevenção ao Covid-19

Publicado

A Diretoria da Polícia Civil providenciou, nesta sexta-feira(27) a instalação de tendas na área externa da Central de Plantão de Cuiabá, que funciona no bairro Verdão, como medida preventiva para reduzir a aglomeração de pessoas no interior do prédio.

A ação foi tomada diante da necessidade de prevenção para policiais que trabalham no local, tanto civis, quanto militares, e também para quem necessita ir até a central em casos de flagrantes.

O coordenador de plantões da região metropolitana, delegado Walter de Melo Fonseca Junior, explicou que dentro das medidas tomadas também serão colocadas cadeiras e instalados ventiladores com climatização, permitindo que alguns atendimentos necessários ao registro de flagrantes sejam realizados na área externa, visando reduzir riscos para os policiais e também à população.

“Diante das recomendações sanitárias, é importante reduzir em ambientes fechados a aglomeração de pessoas para evitar a proliferação do coronavírus. Com essa necessidade, a diretoria da Polícia Civil definiu por estruturar esse espaço permitindo que ao chegar no plantão, os policiais possam fazer o pré-atendimento de pessoas conduzidas na área externa”, explicou o delegado.

Os policiais civis trabalham com uso de máscaras e álcool 70% que foi distribuído às unidades na última semana, na primeira etapa do produto doado ao governo do Estado em uma parceria com empresas do setor e também com o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana