Internacional

Ataque nos EUA: autoridades identificam ‘extremismo racista’

Publicados

em

source
Homem de 18 anos matou 10 pessoas em ataque
Reprodução/Twitter

Homem de 18 anos matou 10 pessoas em ataque

Autoridades estão classificando o ataque a tiros em um supremercado na cidade de Buffalo, nos Estados Unidos , como um crime de extremismo racista. O caso aconteceu neste sábado (14), e deixou ao menos 10 mortos.

De acordo com John Garcia, xerife do condado de Erie, o Payton Gendron, de 18 anos, teve motivações racistas para entrar em uma unidade da rede Tops Friendly Market e balear 13 pessoas, 11 delas negras.

“Isso foi pura maldade. Foi um crime de ódio racialmente motivado de alguém de fora da nossa comunidade, fora da Cidade dos Bons vizinhos… entrando em nossa comunidade e tentando infligir esse mal sobre nós”, disse Garcia em entrevista coletiva.

O bairro onde aconteceu o ataque tem a população predominantemente negra, e fica próximo ao centro de Buffalo.

O presidente da Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor (NAACP), Derrick Johnson, afirmou em um post do Twitter que o crime foi “absolutamente devastador”, e que “o ódio e o racismo não têm lugar na América”.

Leia Também:  Índia: incêndio deixa 27 mortos e mais de 40 feridos

Payton Gendron é morador de Conklin, uma comunidade a cerca de 320 quilômetros de distância de Buffalo. Ele transmitiu o ataque ao vivo na Twitch, plataforma de streaming. 

Payton Gendron, de 18 anos, prestando depoimento
Reprodução/Eileen Buckley

Payton Gendron, de 18 anos, prestando depoimento


O criminoso estava vestindo equipamento militar quando abriu fogo com um fuzil no supermercado, utilizando, inclusive, um colete à prova de balas. 

De acordo com informações divulgadas por Eileen Buckley, repórter do veículo norte-americano 7 News WKBW que estava presente na delegacia acompanhando o depoimento de Gendron, o atirador retornará ao tribunal no dia 19 de maio para audiência do crime.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Rússia: candidaturas de Suécia e Finlândia à Otan são ‘grave erro’

Publicados

em

source
Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov
Divulgação/Kremlin

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov

Nesta segunda-feira (16), o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Riabkov, disse que as  candidaturas da Suécia e Finlândia para integrar a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) são um “grave erro”.

De acordo com ele, o “nível de tensão” entre a Rússia e os países do Ocidente vai aumentar ainda mais caso as novas adesões realmente aconteçam. “É um grave erro adicional, cujas consequências terão um longo alcance”, disse o vice-ministro, de acordo com a agência de notícias Interfax .

Hoje, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, também afirmou que a Rússia “acompanhará de perto” as candidaturas de Finlândia e Suécia para a Otan, que não devem fortalecer a “arquitetura da segurança da Europa”, segundo ele.

Riabkov disse que a resposta da Rússia “dependerá das consequências práticas da adesão” dos dois países em relação à Otan. “Para nós, está claro que a segurança da Suécia e da Finlândia não será reforçada por esta decisão”, afirmou.

A Finlândia reafirmou a intenção de fazer parte da aliança no último domingo (15) . No mesmo dia, o partido social-democrata da Suécia aprovou no Parlamento do país a candidatura à Otan .

Leia Também:  Israel: países europeus criticam construção de casas na Cisjordânia

Depois dos movimentos, a Otan informou estar convencida de que irá superar os obstáculos impostos pela Turquia para aceitar as adesões dos países à aliança .

Em coletiva de imprensa realizada em Berlim, na Alemanha, o secretário-geral adjunto da Otan, Mircea Geona, disse que a organização está disposta a “encontrar todas as condições para um consenso” a respeito das adesões de Finlândia e Suécia.

A Turquia se colocou contrária às adesões por conta dos países nórdicos acolherem uma grande quantidade de curdos, etnia considerada inimiga pela Turquia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA