Internacional

Bando de macacos se une para enfrentar jiboia faminta e salvar filhote; assista

Publicados

em


source
Cobra
Reprodução/Twitter

Imagens foram capturadas por pesquisadores durante expedição na selva da Costa Rica

Imagens de um comportamento surpreendente de um grupo de macacos-prego-de-cara-branca foram registradas por pesquisadores da Universidade de Tulane, nos EUA, durante expedição no Parque Nacional Santa Rosa, na Costa Rica. O vídeo mostra o momento em que o bando se une para salvar a vida de um filhote do ataque de uma jiboia faminta.

Segundo informações da revista Scientific Reports, onde os atropólogos publicaram o estudo realizado sobre esta espécia de macaco , tal comportamento de defesa de um integrante do bando e confronto com um potencial predador é bastante raro.

No vídeo, é possível ver o momento em que o jovem macaco acaba cruzando o caminho de uma jiboia constritora e é abocanhado. Na sequência, todos os outros integrantes do bando se unem para resgatá-lo, em um coordenador trabalho em equipe.

Leia Também:  EUA têm nova noite de protestos violentos após morte de homem negro por policial

Ainda de acordo com a publicação, o macho alfa e duas fêmeas adultas foram os responsáveis por iniciar o ataque ao réptil, utilizando mordidas e golpes com as patas, até conseguirem fazer com que a predadora soltasse a jovem vítima. Na sequência, o grupo segue fazendo barulhos e gestos para espantar a cobra do local.

“Tal comportamento corrobora a hipótese de que a predação tem sido uma forte força seletiva que impulsiona a sociabilidade nos primatas”, afirmaram os autores na conclusão do estudo, ressaltando que tal postura pode fazer a diferença entre a vida e a morte para os integrantes do bando.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Policial morre após ser atacado por galo em rinha ilegal nas Filipinas

Publicados

em


source
Galo
Reprodução/Facebook

Agente integrava força policial da província de Samar Norte, nas Filipinas

Um policial da província de Samar Norte, nas Filipinas , morreu em um acidente bizarro na noite desta terça-feira (27): atacado por um galo enquanto tentava acabar com uma rinha ilegal, o agente acabou atingido por uma afiada lâmina presa a uma das patas do animal.

Segundo informações de um porta-voz da polícia, em entrevista para a rede de TV CNN, o tenente Christian Bolok foi atingido na artéria femoral quando tentava conter o animal após interromper a batalha : “ele foi encaminhado a um hospital da região, mas acabou não resistindo aos ferimentos”.

Em nota divulgada pela agência governamental das Filipinas, Arnel Apud, diretor de polícia da provínicia de Samar Norte, lamentou a perda do colega: “sacrificou a própria vida em nome do serviço. Estendemos nosso pesar e condolências aos parentes e amigos de Bolok”.

Leia Também:  Após briga por dinheiro, homem decapita mãe com uma foice e foge com a cabeça

No local, os agentes prenderam três pessoas que participavam da rinha, confiscaram sete galos e recuperaram 550 pesos (cerca de R$ 55). Agora, procuram por outros três suspeitos que conseguiram escapar após a chegada da polícia.

As rinhas ilegais de galos são um antigo problema nas Filipinas. Conhecidas como “tupadas” na região, normalmente ocorrem em subterrâneos para evitar a atenção das autoridades. Desde o último mês de agosto, o “esporte” foi banido por conta da pandemia de Covid-19, uma vez que diversos casos de infecção foram identificados nestes locais.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA