Internacional

Chanceler brasileiro participa de reunião bilateral na Colômbia

Publicados

em

O ministro das Relações Exteriores Carlos França reuniu-se neste sábado (6), em Bogotá, capital da Colômbia, como seu homólogo no país, o chanceler designado Álvaro Leyva Durán. De acordo com o Palácio do Itamaraty, ambos conversaram sobre os principais temas da agenda bilateral e assuntos relativos ao quadro regional e mundial.

“O chanceler [Carlos França] enfatizou a importância das relações entre os dois países e a expectativa de aprofundar ainda mais a integração econômica, aproximação empresarial, cooperação em energia verde, meio ambiente, segurança e defesa. O ministro propôs, durante o encontro, a criação do Conselho Empresarial Brasil – Colômbia. Também defendeu o reforço da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA)”, informou o Itamaraty, em postagem nas redes sociais.

Na reunião, Carlos França apresentou a candidatura do professor Leonardo Caldeira Brant ao cargo de juiz da Corte Internacional de Justiça, na vaga decorrente do falecimento do professor Antônio Cançado Trindade.

Além de se reunir com o chanceler colombiano, o ministro Carlos França também se encontrou com especialistas de Brasil e Colômbia na área de segurança e defesa, duas das agendas mais importantes entre os dois países.

Leia Também:  Vice-chanceler russo garante que não haverá "cenário Chernobyl"

O Palácio do Itamaraty ainda defendeu o Acordo de Paz celebrado pela Colômbia com as guerrilhas rurais do país. “O Brasil apoia a implementação do Acordo de Paz celebrado em 2016 na Colômbia. Desde 2006, militares brasileiros têm contribuído para a destruição de minas terrestres no país vizinho e participaram diretamente da certificação de mais de 8 mil desminadores”, publicou a pasta.

Neste domingo (7), o chanceler brasileiro participa da posse do novo presidente colombiano, Gustavo Petro, o primeiro governante de esquerda eleito para comandar o país vizinho. Designado pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro Carlos França será o principal representante do governo do Brasil no evento. 

Parceria

Brasil e Colômbia compartilham mais de 1,6 mil quilômetros de fronteira na Floresta Amazônica. O país vizinho possui mais de 50,8 milhões de habitantes e é a terceira maior economia da América do Sul, atrás de Brasil e Argentina.

Segundo Itamaraty, Brasil e Colômbia são parceiros relevantes em temas como comércio, investimentos, cooperação amazônica, saúde, energia, segurança e defesa. A Colômbia é um dos maiores parceiros comerciais do Brasil na América Latina e está entre os principais destinos de investimentos de empresas brasileiras. 

Leia Também:  Deslizamento deixa 9 trabalhadores presos em mina na Colômbia

A corrente de comércio (importações + exportações) entre os dois países teve seu melhor desempenho histórico em 2021, chegando a US$ 5,36 bilhões. Nos primeiros seis meses de 2022, o fluxo bilateral atingiu US$ 3,28 bilhões, com crescimento de 35,6% em relação ao mesmo período de 2021.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Internacional

Propaganda

Internacional

Somália: ataque terrorista contra hotel deixa ‘diversos mortos’

Publicados

em

Hotel Hayat, na Somália
Reprodução/Facebook

Hotel Hayat, na Somália

Um grupo de terroristas do Al-Shabaab realizou um ataque contra um hotel em Mogadíscio, capital da Somália, e deixou “diversos mortos”, informa a mídia local nesta sexta-feira (19).

Após a ação com bombas e a invasão de uma das áreas do hotel Hayat, ainda há um intenso tiroteio entre os extremistas e forças de segurança oficiais.

Segundo um dos funcionários do hotel contou à agência AFP, Abdukadir Hassan, os terroristas lançaram uma bomba na área externa da estrutura e invadiram o prédio atirando. Eles ainda criaram uma barricada para atacar os policiais dentro do Hayat.

Testemunhas nas redes sociais afirmaram que houve uma segunda grande explosão na área, que está totalmente isolada.

Em um comunicado nas redes sociais, o Al-Shabaab assumiu a autoria da ação. Com ligação com a Al-Qaeda, os terroristas disputam há anos áreas da Somália. Ataques do tipo, em hotéis ou na área das embaixadas em Mogadíscio, são relativamente comuns.

Leia Também:  Vice-chanceler russo garante que não haverá "cenário Chernobyl"

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI