Internacional

China confirma dez mortos, um desaparecido e outros resgatados em mina

Publicados

em


Agentes de resgate à procura de trabalhadores presos em uma mina de ouro na China, após a retirada dramática de 11 sobreviventes nesse domingo (24), encontraram nove corpos, disse hoje (25) uma autoridade local, o que eleva a dez o número de mortos. Ainda há um desaparecido.

Um total de 22 mineiros trabalhavam a cerca de 600 metros de profundidade e ficaram presos após uma explosão na mina de Hushan, em Qixia, região de forte produção de ouro da província de Shandong, em 10 de janeiro.

Onze foram retirados ontem com vida, após duas semanas no subsolo, incluindo um muito debilitado ao qual as equipes de resgate não conseguiram enviar suprimentos.

O prefeito de Yantai, Chen Fei, disse que os agentes de resgate continuaram trabalhando entre o domingo e esta segunda-feira e encontraram os corpos de nove mineiros, informou a emissora estatal CCTV.

As mortes se somam à de um trabalhador que entrou em coma, morreu e seu corpo foi levado à superfície, disse Chen, acrescentando que ainda há um desaparecido.

Leia Também:  Damares diz na ONU que Abrace o Marajó será modelo na Amazônia

A busca é difícil e os níveis de água estão altos, mas enquanto o mineiro desaparecido não for encontrado ela não terminará, acrescentou a reportagem da CCTV.

Os 11 mineiros libertados no domingo foram resgatados muito antes do que se esperava, depois que se descobriu que tubos de aço de um poço bloqueado da mina impediram os destroços de cair mais fundo, de acordo com a mídia estatal.

* Reportagem adicional de Tom Daly

Edição: –

Propaganda

Internacional

Ovelha com mais de 35 kg de lã é encontrada em floresta na Austrália

Publicados

em


source
Ovelha na Austrália produz mais de 35 kg de lã ao ser tosquiada
Reprodução

Ovelha na Austrália produz mais de 35 kg de lã ao ser tosquiada

Uma ovelha foi encontrada vagando pelas florestas de Victoria, na Austrália , numa condição peculiar: com mais de 35 kg de acumulada em seu corpo. O animal estava doente , abaixo do peso, não enxergava – em decorrência das lãs que cobriam seu rosto – e precisou ser resgatada .

Kyle Behrend , do Santuário da Fazenda da Missão de Edgar, encontrou o animal e deu a ela o nome de Baarack . De acordo com o rapaz, as ovelhas precisam ser tosquiadas , pelo menos, uma vez por ano, pois a lã não para de crescer.

Ao ser tosquiada, o emaranhado de pesava um total de 35,4 kg . Segundo o site The Guardian , seria possível confeccionar mais de 60 camisetas ou 490 pares de meias .


Baarack agora se recupera juntamente de outras ovelhas no Santuário da Fazenda da Missão de Edgar vivendo uma vida 35 kg mais leve.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA