Internacional

China registra 16 novos casos de covid-19 contra 17 no dia anterior

Publicados

em


A China continental relatou 16 novos casos de covid-19 nessa sexta-feira (20), abaixo dos 17 do dia anterior, com sete casos de transmissão local e nove casos originados no exterior, informou hoje a Comissão Nacional de Saúde. 

Em seu boletim diário, a comissão disse que cinco das transmissões locais ocorreram em Tianjin e duas em Xangai. 

Tianjin, que é vizinha da capital Pequim, lançou um programa de triagem universal de três dias, que abrange quase 3 milhões de moradores neste sábado. 

Autoridades locais disseram que uma comunidade em Tianjin foi colocada em lockdown e cerca de 1.900 pessoas estão em quarentena, de acordo com o jornal China Daily

Medidas cautelares estão sendo tomadas no distrito de Pudong, em Xangai, informaram autoridades da cidade. 

Leia Também:  Papa nomeia novos cardeais, entre eles o primeiro afro-americano
Propaganda

Internacional

Covid-19: Pfizer e BioNTech pedem uso emergencial de vacina na Europa

Publicados

em


A Pfizer e a BioNTech pediram ao regulador de medicamentos da Europa autorização condicional para sua vacina contra a covid-19, após submeterem solicitações semelhantes nos Estados Unidos e no Reino Unido, informaram as empresas nesta terça-feira (1º), em Frankfurt.

O pedido para a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) vem depois de as empresas reivindicarem aprovação nos EUA em 20 de novembro, deixando-as um passo mais perto de lançarem sua vacina.

Na busca por lançar o imunizante na Europa, potencialmente ainda neste ano, as empresas estão passo a passo com a rival Moderna, que anunciou na segunda-feira (30) que pediria ao regulador da União Europeia para recomendar a aprovação condicional para sua vacina.

Resultado final de testes

A norte-americana Pfizer e a alemã BioNTech anunciaram o resultado final dos testes com sua vacina em 18 de novembro, mostrando que sua candidata é 95% eficaz na prevenção da covid-19, sem preocupações de segurança relevantes, levantando a perspectiva de uma aprovação nos EUA e na União Europeia em dezembro.

Leia Também:  Atentado contra base do Exército no Afeganistão deixa mortos e feridos

O pedido feito na Europa conclui a chamada análise contínua, que foi iniciada junto à EMA em 6 de outubro.

O governo britânico informou na semana passada que a parceria entre a norte-americana e a alemã relatou dados de seus testes clínicos para a Agência Regulatória de Medicamento e Saúde do Reino Unido (MHRA).

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA