Internacional

Covid-19: Maduro restabelece forte quarentena na Venezuela após aumento de casos

Publicados

em


source
Maduro
reprodução twitter @sebastianarcher

A partir desta semana, Venezuela voltará a alternar dias de quarentena rígida e flexibilização

Devido ao aumento recente no número de casos confirmados da Covid-19 , o presidente Nicolás Maduro voltou a determinar a implementação de uma quarentena mais rígida na Venezuela neste domingo (30).

“Vamos nos preparar para sete dias de quarentena verdadeiramente radical”, disse Maduro, em declaração transmitida pela TV estatal do país e divulgada pela agência de notícias AFP. O presidente disse que “confinamento é necessário para continuar batalhando duro contra o vírus e cortar as redes de contágio”.

Atualmente, a Venezuela registra 45.868 casos confirmados e 381 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Porém, os números oficiais são questionados pela oposição e pela comunidade internacional, que acusa Maduro de esconder a real expansão da doença no país.

Leia Também:  Homem é acusado de incendiar o próprio restaurante por causa da crise; assista

Com subnotificação ou não, a realidade é que os venezuelanos voltarão a enfrentar a partir desta semana o esquema de isolamento semanal, que alterna sete dias de quarentena rígida e fechamento de todos os setores da economia, com sete dias de flexibilização.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Biden e Putin conversam por telefone sobre prisão de opositor e armas nucleares

Publicados

em


source
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden
Reprodução: iG Minas Gerais

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden

O presidente da Rússia, Vladimir Putin , e o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden , se falaram por telefone pela primeira vez desde que o americano assumiu o cargo, nesta terça-feira (29). A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, anunciou o contato entre os líderes políticos.

Entre os temas tratados foram a proposta de extensão do tratado de armas nucleares do Novo Start, que limita o armamento de ambos países, a prisão do opositor Alexei Navalny e o apoio dos EUA à soberania da Ucrânia.

“Ele(Biden) ligou para o presidente Putin esta tarde com a intenção de discutir nossa disposição de estender o novo START por cinco anos. E também para reafirmar nosso forte apoio à soberania da Ucrânia em face da agressão em curso da Rússia, e também para levantar questões preocupantes, incluindo o hack SolarWinds, relatórios da Rússia colocando recompensas em soldados dos Estados Unidos no Afeganistão, interferência nas eleições de 2020, o envenenamento de Alexei Navalny e tratamento de manifestantes pacíficos pelas forças de segurança russas “, declarou a porta voz do governo americano.

Leia Também:  Protesto de fazendeiros provoca conflitos violentos na Índia

Você viu?

Em tom ríspido, a presidência americana declarou que irá defender os seus interesses nacionais a despeito das “malignas ações russas”.

Por outro lado, o Kremlin , sede do governo russo, declarou que Putin disse ao democrata que apoia a normalização das relações entre os dois países: 

“Uma normalização das relações entre a Rússia e os Estados Unidos responderia aos interesses de ambos os países e também de toda a comunidade internacional, dada a responsabilidade particular (de ambos os Estados) em manter a segurança e estabilidade mundiais”.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA