Internacional

Disney: Visitantes pedem que camisetas de duplo sentido sejam banidas do parque

Publicados

em


source
Casal usou camisetas de duplo sentido na Disney
Reprodução/Cartarsauce

Casal usou camisetas de duplo sentido na Disney

Após um casal causar polêmica por usar camisetas de duplo sentido na Disney do fim de semana, os visitantes pediram que a administração banisse peças de roupa do gênero nos parques.

A camiseta da mulher dizia “Eu queria o D”, com a caligrafia da marca. Na do homem, estava a mensagem “Eu dei a ela o D”. As peças são vendidas de forma não oficial pela internet, segundo o Mirror.

Os fãs dos parques encheram as redes sociais de reclamações pelo que chamaram de “roupas inadequadas”. Uns, pediram que as pessoas com essas roupas sejam expulsas do parque. Outros, acharam as críticas um exagero.

A foto do casal foi publicada por um ex-funcionário da Disney nas redes sociais. O rosto dos envolvidos foi coberto com uma figurinha de palhaço.

Leia Também:  Morre Frank Williams, criador de uma das mais vencedoras equipes da F1
Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Após internação, líder do movimento antivacina na Itália se rende à vacinação

Publicados

em


source
Após internação, líder do movimento antivacina na Itália se rende à vacinação
Reprodução

Após internação, líder do movimento antivacina na Itália se rende à vacinação

Um integrante do movimento antivacina no  norte da Itália se converteu à ciência após ter parado na terapia semi-intensiva por causa da Covid-19.

Lorenzo Damiano era um dos líderes dos negacionistas em Treviso, província da região do Vêneto, um bastião da ultradireita italiana, e havia participado de manifestações contra as vacinas anti-Covid, mas acabou contraindo a doença durante uma viagem a Medjugorje, na Bósnia-Herzegovina.

O vírus o fez passar uma semana internado na unidade de terapia semi-intensiva do hospital de Vittorio Veneto, algo que acabou mudando sua ideia sobre os imunizantes. “Depois desse período, tenho agora outra visão do mundo e vou me vacinar”, disse Damiano a jornais vênetos.

O ex-antivax tem 56 anos e chegou a fundar o movimento “Nuremberg 2”, que propõe processar os responsáveis pelo “grande esquema de um vírus criado de propósito” – o nome faz referência ao Tribunal de Nuremberg, que julgou líderes nazistas após a Segunda Guerra Mundial.

Leia Também:  No Dia Mundial de Combate à Aids, papa pede solidariedade a vítimas

Leia Também

Além disso, afirmava que “a vacina não vem de Deus”. “Estarei pronto o quanto antes, quando Deus quiser, para fazer o mundo inteiro saber o quão importante é seguir a ciência coletivamente. Às vezes, é preciso passar por uma porta estreita para entender as coisas como elas são. Vacinem-se todos”, acrescentou.


Mais de 84% do público-alvo já está completamente vacinado na Itália, porém mais de 6 milhões de pessoas não tomaram sequer a primeira dose, o que deixa espaço para o coronavírus continuar se disseminando.

A recente alta nos casos no país já fez o governo instituir um certificado sanitário para acesso a praticamente todas as atividades, incluindo locais de trabalho, e antecipar a terceira dose das vacinas para todos os adultos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA