Internacional

EUA: Incêndios florestais no país deixam ao menos 23 mortos

Publicados

em


source
incendio
Reprodução Twitter/ @FirePhotoGirl

Incêndio toma conta de partes dos Estados Unidos

Ao menos 23 pessoas morreram por conta dos incêndios florestais que tomam conta dos estados da Califórnia, Oregon e Washington, nos Estados Unidos. Segundo as autoridades, os números podem aumentar, pelo grande número de pessoas que ainda estão desaparecidas.

Os incêndios estão crescentes nos EUA desde agosto, quando a temperatura ficou mais alta e o clima mais seco. Milhares de pessoas tiveram que abandonar suas casas por conta do avanços das chamas.

No Oregon, por exemplo, cerca de 10% da população do estado teve que deixar suas casas por conta do fogo.

O estado possui 37 focos de incêndio ativos. No início da semana, eram 50 focos. Uma das cidades mais atingidas é Portland, onde o prefeito declarou estado de emergência.

Leia Também:  Merkel: Alemanha pode chegar a 19.200 casos de coronavírus por dia
Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Professora é condenada à morte por envenenar 25 alunos na China

Publicados

em


source
sala de aula
FreePik

O envenenamento aconteceu após uma discussão entre professores.

Nesta terça-feira (29), uma professora foi considerada culpada e condenada à morte por envenenar 25 alunos na China. A decisão é do tribunal da cidade de Jiaozuo, na província de Henan. As informações são da agência AFP .

O tribunal declarou a professora Wang Yun responsável por colocar nitrito de sódio no mingau fornecido aos alunos  em 27 de março de 2019.

O envenenamento foi resultado de uma discussão entre Wang e um professor sobre a melhor forma de lidar com os alunos.

Wang comprou nitrito de sódio  pela internet e adicionou a substância na comida dos estudantes do outro educador. As vítimas foram crianças de três a seis anos e uma delas morreu.

Leia Também:  Eleitores suiços rejeitam limitações a imigração da União Europeia

A corte do tribunal entendeu que Wang tinha conhecimento sobre o nitrato de sódio — que, quando utilizado em doses elevadas, pode ser altamente tóxico —, mas isso não impediu que ela envenenasse os alunos. 

“Ela deve ser punida severamente de acordo com a lei”, disse a decisão, que considerou os motivos da professora “desprezíveis” e “perversos”.

A justiça informou, ainda, que essa não foi a primeira vez que Wang apresentou este tipo de conduta. Em 2017, após uma disputa conjugal, a professora tentou envenenar seu marido.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA