Internacional

Facebook firma parcerias para portabilidade de dados

Publicados

em


.

O Facebook disse nesta quinta-feira (3) que seus usuários podem transferir fotos e vídeos armazenados em seus servidores para duas novas plataformas de tecnologia – sua medida mais recente para lidar com questões antitruste, dando aos usuários a opção de facilmente deixar os serviços da empresa.

Os novos parceiros da empresa de mídia social são as empresas de armazenamento em nuvem Dropbox e Koofr – uma startup da União Europeia. O Facebook anunciou uma parceria semelhante com o Google Photos, de propriedade da Alphabet, em abril.

O recurso que permite essas transferências é chamado de portabilidade de dados. Ele dá aos usuários mais controle sobre seus dados e permite que a empresa de mídia social responda aos reguladores e parlamentares dos Estados Unidos (EUA), que estão investigando suas práticas competitivas e alegações de que a empresa tem prejudicado a concorrência.

A decisão do Facebook ocorre antes de uma audiência organizada pela Federal Trade Commission (FTC) em 22 de setembro para examinar os benefícios e desafios potenciais da portabilidade de dados. O controle de dados que prejudica a concorrência se tornou um tópico crítico no debate antitruste nos Estados Unidos e na Europa.

Leia Também:  Conflitos entre Armênia e Azerbaidjão ameaçam estabilidade no Cáucaso

No início deste mês, o Facebook enviou declarações à FTC nos quais pressionou por uma legislação de portabilidade de dados.

Empresas menores de tecnologia estarão mais dispostas a fazer parceria com o Facebook assim que as regulamentações sobre portabilidade de dados se tornarem mais claras, disse Bijan Madhani, gerente de Privacidade e Políticas Públicas do Facebook, à Reuters.

Propaganda

Internacional

Homem é suspeito de cortar as próprias orelhas e comê-las dentro de cela

Publicados

em


source
Cela escura com ninguém dentro
Pixabay

Homem foi encontrado desmaiado dentro de cela sem as orelhas

Um homem de 30 anos que não teve sua identidade revelada pela polícia é suspeito de ter  mutilado as próprias orelhas e depois comê-las dentro de uma cela em uma prisão em Badajoz, na Espanha.

O detento teria cortado as orelhas com faca improvisada e, de acordo com o jornal Daily Star , os guardas de prisão encontraram o homem desmaiado ao entrarem no bloco onde ele estava detido.

Depois que o preso foi recolhido, ele foi encaminhado para o Hospital Universitário de Badajoz, onde ele será avaliado para ser submetido a um tratamento psiquiátrico.

A polícia fez uma busca dentro da cela e não encontrou os restos das orelhas do homem. Há suspeita que ele teria jogado alguns pedaços no vaso sanitário e acionado a descarga. Ainda não se sabe qual a motivação do incidente.

Leia Também:  França abre investigação para apurar ataque com faca em Paris

O sindicato penitenciário espanhol disse à imprensa local que o incidente é um exemplo do que pode ocorrer quando pessoas privadas de liberdade que deveriam estar em unidades psiquiátricas são encaminhadas às prisões comuns.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA