Internacional

Índia sofre com recorde de novos casos de covid-19 e falta de oxigênio

Publicados

em


A Índia registra nesta quinta-feira (22) 314.835 infecções novas de covid-19, a maior taxa do mundo. Uma nova onda da pandemia criou novos temores sobre a capacidade de reação dos serviços de saúde que estão em colapso.

Autoridades de saúde do norte e do oeste do país, incluindo a capital, Nova Delhi, disseram estar em crise, já que a maioria dos hospitais está lotada e ficando sem oxigênio.

Alguns médicos estão aconselhando os pacientes a ficar em casa, e um crematório de Muzaffarpur, uma cidade do leste indiano, informou que está sobrecarregado de corpos e que familiares enlutados têm que esperar a sua vez.

“Neste momento, não há leitos, não há oxigênio. Todo o resto é secundário”, disse Shahid Jameel, virologista e diretor da Escola de Biociências Trivedi da Universidade Ashoka, à Reuters. “A infraestrutura está desmoronando”.

Alguns hospitais de Nova Delhi ficaram sem oxigênio, e autoridades de estados vizinhos estão impedindo que suprimentos sejam levados à capital para preservá-los para suas próprias necessidades, disse o vice-ministro-chefe da cidade, Manish Sisodia.

Leia Também:  Mulher afirma ter sido abduzida mais de 50 vezes por extraterrestes

O total de casos na Índia está agora em 15,93 milhões. As mortes aumentaram em 2.104 e chegaram a 184.657, de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde.

O recorde anterior de aumento diário de casos era dos Estados Unidos, que tiveram 297.430 casos novos em um dia de janeiro, mas desde então esse número diminuiu consideravelmente.

A televisão mostrou imagens de pessoas com cilindros de oxigênio vazios lotando instalações, na tentativa de salvar parentes hospitalizados.

Em Ahmedabad, cidade do oeste indiano, um homem atado a um cilindro de oxigênio se deitava na traseira de um carro diante de um hospital à espera de um leito, como mostrou uma foto da Reuters.

“Nunca pensamos que uma segunda onda nos atingiria tão duramente”, escreveu Kiran Mazumdar Shaw, presidente executivo da provedora de saúde Biocon & Biocon Biologics, no jornal Economic Times.

A Índia lançou um programa de vacinação, mas só uma fração minúscula da população já foi imunizada. As autoridades anunciaram que as vacinas estarão disponíveis para todos acima de 18 anos a partir de 1º de maio, mas o país não terá doses suficientes para os 600 milhões de habitantes habilitados, dizem especialistas.

Leia Também:  Acordo sobre quebra de patente pode levar meses, dizem especialistas

* Reportagem adicional de Sanjeev Miglani, Krishna N. Das, Rupam Jain, Anuron Kumar Mitra e Sumit Khanna 

Propaganda

Internacional

Mulher afirma ter sido abduzida mais de 50 vezes por extraterrestes

Publicados

em


source
Imagens do fim do mundo, marcas no corpo e nave escondida na floresta; veja o relato das experiências paranormais
Getty Images/iStockphoto

Imagens do fim do mundo, marcas no corpo e nave escondida na floresta; veja o relato das experiências paranormais

Uma mulher britânica afirma que foi abduzida por alienígenas 52 vezes, e diz ter cicatrizes que comprovam o ato. Paula Smith, de 50 anos, afirma que sua primeira experiência aconteceu quando ainda era uma criança.

“Presenciei mais de 50 incidentes paranormais”, disse ela ao jornal britânico Daily Star. “Essas coisas acontecem sem que eu possa prever. Tudo que posso fazer é seguir em frente como se nada tivesse acontecido”.

Paula afirma que foi levada a uma nave espacial, onde alienígenas teriam apresentado tecnologias que ainda não existem no mundo atual.

“Me mostraram imagens de um cenário catastrófico com um rio preto. O céu azul se tornou vermelho. Logo reparei que estava em algum tipo de cena apocalíptica da terra sendo destruída pela ganância do ser humano”, conta. “Retornei com uma cicatriz no formato de um triângulo na testa e marcas de dedos nos braços”.

Leia Também:  Homem na mira da Justiça por desenho obsceno só queria arrumar estrada; entenda

“Minha primeira experiência aconteceu em 1982. Estava na floresta em um silêncio absurdo. O caminho foi se tornando estreito e consegui ver uma nave que parecia um bumerangue. Ela tinha tonalidade verde e azul, e girava no sentido horário”.

Ela afirma que tentou correr da nave, mas o chão se transformou em areia movediça. “Depois disso, tudo ficou preto. Eu não conto para os outros pois vão pensar que sou louca, Milhares de pessoas já tiveram experiências semelhantes”, diz ela. 

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA