Internacional

Jovem tem cabeça deformada após ser atingida por espreguiçadeira

Publicados

em


source
Imagem da mulher antes do acidente e agora, com o crânio deformado
Reprodução

A mulher sofreu um afundamento de crânio e passou por cirurgias, mas sobreviveu

Em Nova Iorque , nos Estados Unidos, uma jovem de 23 anos foi atingida na cabeça por uma espreguiçadeira enquanto caminhava na rua. Annabel Sen estava indo almoçar com o namorado quando uma “poltrona pesada de madeira caiu do terraço da cobertura do 12º andar” e a acertou.

Segundo as informações do jornal New York Post, a jovem sofreu uma grave lesão cerebral traumática com risco de vida, entre outras lesões, que exigiu uma cirurgia cerebral de emergência. Por conta do acidente, que aconteceu em 25 de janeiro, ela teve que passar por duas cirurgias cerebrais e adiar seu mestrado na Universidade de Harvard.

Justiça

Nesta quinta-feira (24) , a mulher entrou com um processo na Suprema Corte de Manhattan contra os donos do prédio, a empresa terceirizada que o administra, os homens que estavam alugando o apartamento do 12º andar naquela noite e o empresário Michael Rubin, que consta como proprietário da unidade, por negligência.

Leia Também:  Criança de 4 anos fica presa dentro de máquina de brinquedos; assista

O advogado da jovem diz que ela ter sobrevivido ao acidente foi um milagre: “Ela está muito danificada, mas não está morta”. 

Annabel precisou deixar o trabalho, após o acidente. “Ela não está fazendo nada agora. Está apenas vendo médicos e se recuperando. Ela tem déficits cognitivos”, contou o advogado. “Esta era uma jovem muito talentosa antes do acidente e esperamos que ela recupere todas as suas faculdades”, completou.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Reino Unido, Itália e Polônia têm protestos contra medidas de isolamento social

Publicados

em


source
Protesto Itália
Reprodução/Twitter

Países estão restringindo funcionamento de bares e estabelecimentos comerciais.

Com a chegada da segunda onda da pandemia de Covid-19, diversos países europeus estão adotando medidas restritivas no intuito de frear o avanço da doença. Entretanto, tais medidas não estão agradando a população da Itália, do Reino Unido e da Polônia, que, no último sábado (24), protestaram contra as novas regras.

Em Londres, no Reino Unido , manifestantes formaram uma aglomeração perto do Palácio de Buckingham e foram a uma das principais praças do país. Houve confusão com a polícia e, segundo a BBC, 18 pessoas foram presas pelas autoridades.

Por conta dos novos casos, algumas cidades inglesas estão com bares fechados e proibiram encontros de moradores em casas diferentes.

Na Itália , onde vêm sido registrados recordes de contaminação diária, houve manifestações também. Em Roma, cidadãos marcharam contra a decisão do governo de delegar a responsabilidade de implantar um lockdown para líderes regionais. Veja um registro dos protestos na cidade:

Leia Também:  Avião da Marinha dos EUA cai em zona residencial e deixa dois mortos

Em Nápoles, houve confronto entre a polícia e manifestantes contrários ao toque de recolher que foi imposto na região na última sexta-feira (23).

Por fim, a Polônia também registrou protestos que pediam a reabertura de atividades econômicas. Manifestantes entraram em confronto com a polícia e foram presos. Os atos aconteceram no mesmo dia em que foi registrado o recorde de mortes diárias pela doença: 179.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA