Internacional

Na China, homens mudam prédio de 7mil toneladas de lugar; assista

Publicados

em


source
O prédio foi construído há 85 anos e conseguiu ser movido com a ajuda de pernas robóticas
Reprodução CGTN

O prédio foi construído há 85 anos e conseguiu ser movido com a ajuda de pernas robóticas

Em Xangai , na China , um prédio de 85 anos e que pesa 7 mil toneladas foi mudado de lugar. Isso aconteceu com a ajuda de pernas robóticas , que foram instaladas na base do edifício. A estrutura percorreu 60 metros em 18 dias, entre os meses de setembro e outubro. As informações são do G1.

Segundo o portal, o prédio abrigava uma escola primária, que precisou ser movida para dar lugar a um moderno centro comercial, previsto para ficar pronto em 2023. Como não queriam demolir o edifício construído em 1935, as autoridades resolveram mudá-lo de posição.

Desse modo, os operários responsáveis instalaram cerca de 200 suportes na base da estruta, que se moviam alternadamente. No vídeo, é possível ver o movimento do prédio, dando a impressão de que ele estava caminhando.

Leia Também:  Japão pode proibir veículos a gasolina em meados da década de 2030


De acordo com a emissora chinesa CGTN, os prédios desse tipo são movidos por uma espécie de trilhos, geralmente. No entanto, como não era possível utilizar esse método, os engenheiros decidiram aplicar a técnica que se assemelha a uma caminhada.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Legalização da maconha é aprovada pela câmara dos deputados nos EUA

Publicados

em


source
15 estados americanos já aprovaram o uso recreativo da maconha
Reprodução

15 estados americanos já aprovaram o uso recreativo da maconha

A Câmara dos deputados dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira (4), um projeto de lei que legaliza a maconha e anula condenações onde crimes não violentos estão ligados à droga. Foi a primeira vez na história em que os deputados aprovaram uma lei descriminalizando a cannabis.

Após a tramitação na câmara, o texto irá para o Senado, de maioria republicana. A tendência é que o projeto seja vetado .

Jerry Nadler , deputado democrata que prôpos a lei, tinha como porposta remover a maconha da lista do FBI de substâncias controladas, e caberia aos estados aprovar seus próprios regulamentos sobre a venda da planta. Nadler afirmou que a aprovação ajudaria a resolver o erro da criminalização da droga e sua “fiscalização racialmente díspar”.

Leia Também:  Visons com Covid-19 fogem e põem em risco humanos e vida selvagem na Dinamarca

“Os efeitos da proibição da maconha são sentidos particularmente em comunidades negras”, afirmou.

No país, 15 estados já legalizaram de forma recreativa o uso da maconha, e 35 deles já aprovaram o uso medicinal.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA