Internacional

Papa critica “interesses particulares” de países em busca por vacina da Covid-19

Publicados

em


source
Papa
Agência Brasil

Francisco criticou postura de certos governantes e disse que tal decisão apenas cria “divisões”

O papa Francisco denunciou nesta quarta-feira (9), em sua audiência geral semanal no Vaticano, a existência de “interesses” que podem comprometer uma futura vacina contra o novo coronavírus.

Segundo o líder católico, a pandemia do Sars-CoV-2 “atinge todos”, e a humanidade só conseguirá sair dessa crise “melhor” se buscar o “bem comum”.

“Infelizmente, assistimos ao surgimento de interesses particulares. Por exemplo, há quem gostaria de se apropriar de possíveis soluções, como no caso das vacinas, para depois vendê-las a outros. Alguns se aproveitam da situação para fomentar divisões, para buscar vantagens econômicas ou políticas, gerando ou aumentando conflitos”, disse o Papa.

“Outros simplesmente não se interessam pelo sofrimento alheio, passam e seguem por seu caminho. São os devotos de Pôncio Pilatos: lavam as mãos”, acrescentou.

Leia Também:  Grécia detecta casos de Covid-19 em cruzeiro com quase mil passageiros

A audiência foi celebrada no Pátio San Damaso, ao invés da Praça São Pedro, tradicional palco do encontro semanal de Francisco com os fiéis antes da pandemia.

Com a necessidade de manter distanciamento e evitar aglomerações, o Vaticano mudou o local da audiência geral para um espaço menor desde 2 de setembro, quando voltou a admitir público no evento.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Desaparecida há dois anos, mulher é resgatada viva do mar; veja

Publicados

em


source
mulher no mar, com uma boia, desacordada
Rolando Visbal Lux/Newsflash

A mulher de 46 anos foi encontrada viva por pescadores

Uma mulher de 46 anos que estava desaparecida há dois anos foi  resgatada viva do mar por um pescador, na Colômbia. O corpo estava a cerca de 2,5 quilômetros da costa.

De acordo com as autoridades do país, Angelica Gaitán estava com hipotermia e muito debilitada, após ficar cerca de oito horas no mar. A vítima chegou ao hospital da cidade em estado de choque.

O pescador Rolando Visbal, contou a uma rádio colombiana que, inicialmente, pensou que tivesse avistado um tronco de árvore, e só percebeu que se tratava de Angelica quando viu o corpo dela se mexer.

Leia Também:  Tanque de vinho explode e derrama 50 mil litros da bebida; veja o vídeo


Segundo a própria vítima, ela não tem contato com a família, que a considerava desaparecida há dois anos. Em entrevista à rádio RCN, Angelica disse que se jogou no mar com a intenção de tirar a própria vida, na tentativa de escapar dos abusos físicos e psicológicos que sofria do ex-marido, com quem viveu por 20 anos. “As agressões começaram na minha primeira gravidez, ele me batia e era violento”, contou Angelica. 

A mulher relata que no dia que decidiu deixar a casa em que morava com o ex-marido, em setembro de 2018, ele quebrou os ossos de sua face e tentou a matar: “Graças a Deus consegui escapar”, disse. “Fiquei vagando pelas ruas por quase 6 meses, depois fui buscar ajuda e me mandaram para um abrigo”, explicou.

Porém, segundo a vítima, ela foi informada na última sexta-feira (25) de que a medida protetiva contra o homem havia perdido a validade e que ela deveria sair do abrigo que estava, em Barranquilla. Foi quando decidiu se jogar no mar.

Assim que soube do resgate de Angelica, a família entrou em contato com ela. “Eu renasci”, disse ela.

Leia Também:  Grécia detecta casos de Covid-19 em cruzeiro com quase mil passageiros
Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA