Internacional

VÍDEO: carro Tesla pega fogo com motorista dentro após ‘pane’ elétrica

Publicados

em

source
Tesla Modely Y pega fogo com motorista dentro no Canadá
Reprodução / YouTube

Tesla Modely Y pega fogo com motorista dentro no Canadá

Autoridades canadenses estão investigando a causa de um incêndio em um Tesla Model Y que forçou o motorista a quebrar a janela para sair do veículo em Vancouver. O carro, da empresa do bilionário Elon Musk , pegou fogo próximo a um semáforo após ter a energia cortada com o condutor dentro.

Segundo a CTV News Vancouver , Jamil Jutha estava dirigindo em direção à Mountain Highway, por volta das 10h da sexta-feira da última semana, quando o veículo comprado há apenas oito meses desligou repentinamente e perdeu energia para todos os componentes eletrônicos. As portas e janelas foram trancadas de imediato.

Com a fumaça invadindo o carro, o motorista decidiu chutar a janela para escapar. Ele pediu ajuda a trabalhadores de construção civil, que estavam no local, para isolar a área devido ao risco de explosão.

A agência canadense de segurança automotiva, Transport Canada, disse em comunicado que notificou a Tesla e está trabalhando em uma “inspeção conjunta no veículo para determinar a causa do incêndio”.

Leia Também:  UE diz que Rússia é responsável por provocar crise alimentar global

A Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário dos EUA disse, de acordo com a Reuters , que “está ciente do incidente e entrou em contato com o fabricante para obter informações”.


“Eu literalmente parei no semáforo, coloquei a seta para esquerda e, de repente, o aviso: ’Erro! Erro!’ Então, eu vejo a fumaça e fico tipo, meu Deus, o que é isso?! Não consegui nem abrir, é tudo elétrico, então parou tudo. A porta não conseguia abrir, eu não conseguia abaixar a janela, então eu apenas disse: ‘Tudo bem, eu vou chutá-la’”, disse Jutha em um vídeo.

Este não é o primeiro incidente envolvendo a Tesla. No ano passado, o governo americano iniciou uma investigação sobre o sistema de assistência ao motorista da empresa, conhecido como Autopilot, após uma série de colisões com veículos de emergência estacionados.

Leia Também:  EUA: Vaticano celebra decisão da Suprema Corte sobre aborto

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Norte da Ucrânia é alvo de bombardeio intenso a partir de Belarus

Publicados

em

source
Norte da Ucrânia é alvo de bombardeio intenso a partir de Belarus
Reprodução/Ministério da Defesa da Federação Russa

Norte da Ucrânia é alvo de bombardeio intenso a partir de Belarus

A região fronteiriça norte da Ucrânia de Chernihiv foi alvo de “bombardeamentos intensos” disparados a partir do território da Bielorrússia, aliada da Rússia, disse o exército ucraniano num comunicado neste sábado.

“Por volta das 5.00 da manhã (2.00 GMT), a região de Chernigiv sofreu um bombardeamento intenso por mísseis. Vinte foguetes, disparados do território da Bielorrússia e do ar, atingiram a aldeia de Desna”, escreveu o comando militar do norte da Ucrânia no Facebook, acrescentando que até o momento não houve relatos de vítimas.

Ucrânia perde controle da penúltima cidade de Luhansk

Após semanas de duros combates, as forças de Kiev que lutavam em Severodonetsk vão se retirar da cidade no Leste ucraniano, anunciou o governador Serhiy Gaidai nesta sexta-feira. A área era o epicentro mais recente do conflito com os russos, e o recuo abre caminho para que o Kremlin amplie seu domínio em Donbass, região que compreende os territórios de Donetsk e Luhansk, em uma das vitórias mais cruciais para o presidente Vladimir Putin desde que a invasão começou, há exatos quatro meses.

Leia Também:  EUA: Macron diz que aborto é um 'direito fundamental' para as mulheres

“As Forças Armadas ucranianas terão que se retirar de Severodonetsk. Receberam ordens para isto. Permanecer em posições que foram bombardeadas incessantemente durante meses não faz mais sentido”, escreveu Gaidai, o governador de Luhansk, em seu canal oficial no Telegram, afirmando que a cidade foi “quase transformada em escombros” pelos bombardeios contínuos.

“Todas as infraestruturas críticas foram destruídas: 90% da cidade foi danificada e 80% das casas terão que ser demolidas.”

A conquista de Severodonetsk, na margem leste do rio Donetsk, permitirá aos russos concentrarem seus esforços na tomada da cidade vizinha, Lysychansk, que fica do outro lado do rio e é a última sob controle ucraniano em Luhansk. Inicialmente fora da lista de prioridades russas após a invasão iniciada no dia 24 de fevereiro, as cidades voltaram a serem lembradas após a mudança nos planos de Moscou, no final de março.

*Com informações da AFP

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI