Internacional

Vídeo: mulher arma emboscada e executa ex com tiro na cabeça; imagens são fortes

Publicados

em


source
Câmera de segurança registrou momento em que Latisha Bell atinge a ex-companheira com um tiro
Reprodução

Câmera de segurança registrou momento em que Latisha Bell atinge a ex-companheira com um tiro

Um caso de extrema violência, causado por um término conturbado de relacionamento, chocou os moradores do Brooklyn, na cidade de Nova York (EUA), na tarde desta quarta-feira (22). Em plena luz do dia, uma mulher de 51 anos foi executada com um tiro na nuca pela ex-companheira quando entrava em uma loja de conveniências.

Segundo informações do jornal New York Post, a autora do disparo que matou Nichelle Thomas foi identificada como Latisha Bell, de 38 anos. O incidente ocorreu por volta da uma da tarde (horário local), no cruzamento da rua St. Marks Place com a Quarta Avenida.

Uma câmera de segurança do estabelecimento registrou toda a ação de Bell, que aproveita momento de desatenção da vítima para se aproximar por trás dela, sacar uma arma e realizar o disparo. De acordo com a publicação, Nichelle chegou a ser socorrida por uma equipe de paramédicos, mas não resistiu aos ferimentos e foi declarada morta no hospital.

Apesar de ter fugido do local logo após o crime, a mulher se apresentou em uma delegacia da região horas depois e assumiu a autoria. Policiais ouvidos pela reportagem disseram que ela revelou também que já vinha seguindo a ex há algum tempo e aproveitou a distração momentânea para realizar o ataque .

Agora, Bell será acusada pelos crimes de assassinato e posse ilegal de arma de fogo e ficará à disposição da justiça até que a data do julgamento seja marcada.

Fonte: IG Mundo

Propaganda

Internacional

Homem é baleado, chama a polícia e morre após ser atropelado pela viatura

Publicados

em


source
Homem é baleado, chama polícia e é atropelado por viatura
Reprodução

Homem é baleado, chama polícia e é atropelado por viatura

Um homem foi baleado durante um tiroteio em Springfield, em Ohio, nos Estados Unidos. Ao chamar a polícia, a viatura que foi acionada para ajudá-la acabou atropelando ele e o matando. As informações são do canal  Whio TV.

A autópsia de Eric Cole, 42 anos revelou que ele sofreu traumatismo craniano contundente, fraturas e sangramento interno. 

 Ele foi baleado na parte de trás do braço esquerdo e o projétil atravessou a pele e o tecido mole do membro.

Segundo a polícia, Cole “podia ter sido atingido por um veículo e baleado no braço esquerdo”. Ele havia acionado os policiais por volta das 23h15 (horário local).

Ao ligar para a polícia, Eric relatou que levou um tiro, mas não identificou suspeitos. “Estou no meio da rua”, disse Cole ao atendente do número de emergência policial (911, nos Estados Unidos). “Estou prestes a morrer”, concluiu.

Quando chegou a viatura, ele foi atropelato pela oficial Amanda Rosales. O atendente, que acompanhava o homem na ligação, ouviu todo o ocorrido.

Leia Também:  ONU alerta que seca pode ser "a próxima pandemia"
Fonte: IG Mundo

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA