Momento Entretenimento

Lília Cabral sobre acusação de assédio envolvendo José Mayer: “Não acredito”

Publicado

Nesta terça-feira (22) Lília Cabral foi a convidada do “Morning Show”, da rádio Jovem Pan . Durante o papo, a atriz da Globo falou sobre a acusação de assédio envolvendo José Mayer.

Leia também: José Mayer vai processar figurinista que o acusou de assédio, diz colunista

Lilia Cabral arrow-options
Divulgação

Lilia Cabral

“É difícil de falar, porque prejudicou algumas pessoas de uma forma muito séria. Você tem que ter uma postura, e não só a mulher que tem que ter uma postura e sim o ser humano precisa ter uma postura”, iniciou Lília Cabral .

Leia também: Fãs de José Mayer usam as redes sociais para declarar apoio ao ator

Em seguida, a atriz da Globo saiu em defesa do colega de profissão. “Eu tenho muito carinho pelo José Mayer , eu trabalhei com ele durante muitos anos e eu fiquei um pouco chocada, porque ele padeceu. Ele teve uma doença muito séria de tristeza. Eu não acredito que ele seja aquele homem que ele foi, da forma como falaram dele. Não consigo acreditar”.

Leia também: Globo encerra contrato com José Mayer após dois anos de caso de assédio

Na época da polêmica, em 2017, Lília Cabral preferiu manter-se em silêncio. “Acho que você não pode deixar de defender uma posição. E [a defesa de Mayer] essa é a minha. É a primeira vez em que estou falando”, concluiu.


Comentários Facebook
publicidade

Momento Entretenimento

A briga continua! Léo Dias teria vazado novo áudio de Anitta

Publicado


source

Depois de quatro dias em silêncio, o jornalista Léo Dias voltou a provocar a cantora Anitta. Desta vez, ele teria vazado um áudio em que a poderosa fala do seu empresário e produtor Pedro Tourinho. Um detalhe curioso é que a artista disse há alguns dias no Instagram que não tinha áudios falando dele.

Leia também: Leo Dias deixa UOL e assume coluna no Metrópoles

Anitta e Léo Dia
Reprodução/Instagram e SBT

Léo Dia teria vazado um novo áudio de Anitta


Segundo divulgado pelo UOL , Anitta disse o seguinte no novo áudio vazado: “Em qual momento, ele (Pedro Tourinho)… eu não entendo o ataque de ego da pessoa, eu realmente não entendo porque não é que ele acordou e falou ‘tive ideia de um clipe’, não foi. Ele chegou com a ideia toda pautada. A parte do hip hop foi pedido meu. As roupas masculinas foram ideia minha. É foda”, diz a cantora na gravação vazada”.

Tourinho fez aniversário na semana passada e Anitta postou um Stories no Instagram parabenizando o empresário: “Feliz aniversário, meu amigo e sócio Pedro Tourinho. Te amo tanto que nem tem áudio meu falando de você”.

Anitta desejou parabéns para Tourinho no Instagram
Reprodução/Instagram

Anitta desejou parabéns para Tourinho


A briga entre Anitta e Léo Dias começou quando a cantora resolveu expor que foi ameaçada pelo jornalista após ele divulgar que a mãe dela tinha saído de casa, algo que, segundo a artista, era mentira. Foi então que o colunista passou a vazar áudios em que a poderosa falava de artistas como Marina Ruy Barbosa, Ivete Sangalo, Carlinhos Maia e Preta Gil.

Anitta resolveu tomar uma atitude e teria procurado a Justiça para conseguir uma ordem impedindo Léo Dias  de citar seu nome. A assessoria da cantora disse que não vai comentar sobre esse caso, mas ela continua afiada e  jogou indiretas no seu último programa exibido no Multishow.  

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Entretenimento

Netflix, HBO e Amazon apoiam protestos nos EUA: “silêncio é ser cúmplice”

Publicado


source

A morte de George Floyd, um  homem negro de 40 anos que foi asfixiado por um policial branco e acabou morto, tem gerado inúmeros protestos nos Estados Unidos. Levantando a bandeira black lives matter ( vidas negras importam , em português), essa manifestação também ganhou as redes sociais e empresas do entretenimento como Netflix, HBO e Amazon Prime Video decidiram se posicionar.

Netflix, Amazon, HBO
Reprodução

Netflix, Amazon E HBO se posicionam sobre protestos nos Estados Unidos


“Ficar em silêncio é ser cúmplice. Vidas negras importam. Nós temos uma plataforma e nós temos o dever de falar por nossos assinantes, funcionários, criadores de conteúdo e talentos negros”, escreveu a Netflix nas redes sociais.

Leia também: Apresentador da CNN Brasil chora ao vivo em entrevista sobre racismo

Já o perfil da plataforma de streaming no Brasil citou outros casos, incluindo o de João Pedro, um adolescente de 14 anos que morreu a tiros em uma operação policial no Rio de Janeiro. “David, João Pedro, João Vitor, George Floyd e tantos mais. Ficar em silêncio é ser cúmplice e eu não vou mais me calar. Eu tenho um compromisso e um dever com meus assinantes, funcionários, criadores de conteúdo e talentos negros. Vidas negras importam em qualquer lugar do mundo.”


A HBO se posicionou citando um romancista americano negro. “‘Nem o amor nem o terror cegam: a indiferença cega’ – James Baldwin. Estamos com nossos colegas negros, funcionários, fãs, atores, contadores de histórias – e todos são afetados por violência sem sentido.”


A Amazon Prime Video também apoia esse movimento antirracismo. “Juntos, estamos com a comunidade negra – colegas, artistas, escritores, contadores de histórias, produtores, nossos telespectadores – e todos os aliados na luta contra o racismo e a injustiça”, a empresa publicou nas redes sociais.


Leia também: Repórter da CNN é preso ao vivo durante cobertura de protesto

Diversos artistas estão se posicionando nas redes sociais e alguns deles estão, inclusive, participando dos protestos, como o ator Jack Falahee, de “How To Get Away With Murder”, e o ator Nick Robinson, de “Com Amor, Simon”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana