Momento Saúde

Lucas do Rio Verde promove a 6º edição da Conferência Municipal de Saúde

Publicado

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Saúde, e o Conselho Municipal de Saúde promovem nesta quarta-feira (27) a 6ª Conferência Municipal de Saúde. A programação acontece no auditório da Câmara de Vereadores, com início a partir das 7h.

A conferência tem como tema principal “Democracia e Saúde: saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”. Estão programadas discussões sobre políticas públicas de saúde que atendam os anseios e necessidades da população nas três esferas governamentais.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Rafael Bespalez, a conferência tem sua relevância no fortalecimento da democracia através da participação da comunidade na gestão do SUS, como direito à cidadania, tem como tema principal democracia e saúde, e nos seus eixos temáticos, saúde como direito, a consolidação dos princípios do SUS, financiamento adequado e suficiente e o quarto eixo de saúde mental. O objetivo é estabelecer diálogos com a sociedade, de modo que possam ser levantadas demandas locais e prioridades locais e formular propostas para políticas públicas”.

Para o presidente do Conselho Municipal de Saúde, João Salvador, o evento é uma oportunidade para levantar as demandas e necessidades na área de saúde do município e propor melhorias. “É de suma importância essa conferência, nós convidamos a todos para que participem, porque é um momento de ampliar conhecimentos, teremos palestras e importantes discussões. Convidamos todos os colegas da área de saúde e toda a sociedade para comparecer e contribuir com este trabalho”.

Representante da OAB no conselho, o advogado Fábio do Nascimento explica que a conferência é um momento democrático e o debate é aberto para toda população. “Esse ano nós trabalharemos a questão da democracia, direito e saúde. É importante que a população compareça para conhecer quais são os seus direitos, muitas vezes nós sabemos o que é o direito básico da população o acesso a saúde, mas nós estamos passando por várias mudanças na legislação nesses últimos tempos, principalmente em questão a democracia, a questão financeira.

A participação da população nesse sentido de entender o que é o seu direito, de entender o que está em mudança é muito importante, então nós convocamos a população pra que venha se fazer presente, para que possa entender, o que pode ser cobrado, quais as mudanças devem ser implementadas tanto no âmbito municipal, como federal e estadual”.

Confira a programação completa:

7h – 07h30: Credenciamento
7h30 – 08h: Abertura e leitura do regimento
8h – 8h45: Palestra 1 – Financiamento adequado e suficiente para o SUS
8h45 – 9h15: Discussão do eixo e proposta
9h15 – 9h30: Coffee Break
9h30 – 10h20: Palestra 2 – Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS)
10h20 – 11h: Discussão do eixo e proposta
13h – 13h30: Início dos trabalhos da tarde
13h30 -14h15: Palestra 3 –  Saúde como direito
14h15 – 14h45: Discussão do eixo e proposta
14h45 – 15h: Coffee Break e Apresentação Cultural
15h – 15h30: Saúde mental
15h30 – 15h45: Deliberação saúde mental
15h45 – 17h: Eleição dos delegados e encerramento
 

Comentários Facebook
publicidade

Momento Saúde

Salões de beleza, bares, restaurantes e clubes reabrem em São Paulo

Publicado


.

Reabrem hoje (6) na cidade de São Paulo os centros esportivos municipais, bares, restaurantes e salões de beleza. Todos esses espaços e estabelecimentos ainda estão sujeitos, no entanto, a restrições de horário e normas para prevenção da disseminação do novo coronavírus.

Os centros esportivos municipais ficam abertos das 6h as 12h, somente para caminhadas ao ar livre. É obrigatório o uso de máscaras, os bebedouros estarão desativados e será feito controle de acesso. Não será permitido o acesso a piscinas, playgrounds e quadras esportivas. A estimativa da prefeitura é que nesta fase os clubes sejam frequentados por 40% do público antes da pandemia, o equivalente a 148 mil pessoas por mês.

Restaurantes

Os bares e restaurantes também reabrem hoje com um público limitado a 40% da capacidade máxima dos estabelecimentos. As normas foram estabelecidas em um protocolo assinado com representantes dos empresários e trabalhadores. As mesas não poderão ser ocupadas por mais de seis pessoas e devem ter distância de 2 metros entre elas. Só poderão consumir clientes que estiverem sentados. Os cardápios devem ser disponibilizados para visualização pelo celular ou em painéis afixados no estabelecimento.

Salões de beleza

Nos salões de beleza, o atendimento deve ser agendado de forma a evitar aglomerações e filas. Deve haver distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas. Também será permitido o uso de apenas 40% da capacidade máxima. Para o corte, o cabelo dos clientes deve ser lavado antes do serviço. Na depilação e no corte de barba, deve ser usada máscara e escudo facial. Trabalhadores que precisem ter contato físico com os clientes devem usar luvas.

As regras completas estão disponíveis no decreto publicado em edição suplementar do Diário Oficial da cidade de sábado (4).

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Saúde

Covid-19 pode ser transmitida pelo ar, diz estudo

Publicado


source
teste
Pixabay

Cientistas apontam possibilidade de transporte do novo coronavírus pelo ar

Um novo estudo realizado publicado pelo jornal norte-americano The New York Times aponta que o risco de transmissão da Covid-19 é maior em ambientes fechados. O motivo seria a possibilidade de infecção pelo novo coronavírus por meio das partículas suspensas no ar.

Apesar da publicação, a Organização Mundial de Saúde mantém a posição de que ainda não é possivel afirmar uma nova forma de contágio além da transmissão por superfícies. No ar, o novo coronavirus ( Sars-CoV-2 ) pode ser disseminado por gotículas de saliva espalhadas por tosse e espirros.

Os estudos que contestam a OMS , porém, apontam que ambientes como escolas e shoppings devem garantir bons sistemas de ventilação e filtros de ar para evitar o agravamento da pandemia. A maior dificuldade de estudo, de acordo com os cientistas, é o próprio cultivo do vírus em aerossóis e partículas menores, que comprovariam a teoria. 

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana