Mato Grosso

Maratona de criação de projetos para o audiovisual está com inscrições abertas

Publicado

Profissionais, aspirantes e estudantes do mercado do audiovisual terão uma oportunidade para transformar ideias em projetos de marketing inseridos em contextos de filmes, séries, games e vídeos. Estão abertas as inscrições para o evento HackAthon, uma maratona que propõe aos participantes solucionar desafios de marketing no audiovisual durante quatro dias de imersão de trocas e conhecimento. O evento será entre os dias 02 e 05 de dezembro, na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A participação é gratuita, mas é necessário fazer a inscrição para garantir vaga.  

A proposta é criar um ambiente de empreendedorismo e inovação, com aplicação de conteúdos de marketing no audiovisual e criação de projetos a partir dos desafios propostos pelos organizadores. Haverá palestras, exibição de filme e debates. Ao final, os participantes irão fazer um plano de negócio, contendo estratégias de marketing que incluem personalização e inserção de produtos dentro de narrativas e cenas de filmes, videoclipes, games, entre outros.  

Técnicos do Programa Mato Grosso Criativo, produtores e consultores que atuam no audiovisual mato-grossense, além de professores da UFMT irão oferecer orientação aos participantes. De acordo com Keiko Okamura, superintendente de Desenvolvimento da Economia Criativa da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), serão quatro dias de trabalho intenso e imersão para que os participantes possam criar, validar e desenvolver os projetos.

“A ideia é reunir profissionais e estudantes de diferentes áreas para compartilhar e interagir, formando times que irão focar na aceleração dos projetos de conteúdo para a produção e distribuição no mercado”, explica. Ao final, os melhores planos de negócio receberão prêmios como forma de incentivo dos organizadores. Mas, de qualquer forma, todos terão um retorno com avaliação técnica dos consultores sobre pontos fracos e melhorias nos projetos.

O evento será realizado dentro da programação da Semana de Comunicação da UFMT. O HackAthon Audiovisual é promovido pela startup Filmjoin em parceria com a Secel, ZF Comunicação e UFMT.

Rodas de Conversa

Antes da realização do HackAthon, os organizadores do evento irão promover duas rodas de conversa, com o intuito de apresentar o projeto e esclarecer  dúvidas dos interessados. A primeira será nesta quinta-feira (21.11), às 19h, no Palácio da Instrução. A segunda será na próxima terça-feira (26.11), no Instituto de Linguagens da UFMT, às 10h30.

As rodas serão conduzidas pelo produtor Johnny DiBartolo, proprietário da startup Filmjoin (plataforma digital que tem a proposta de produzir conteúdo audiovisual através de um aplicativo de colaboração on-line), e por servidores e técnicos da Secel.

Para participar, basta comparecer aos locais programados. Não é preciso fazer inscrição para as rodas de conversa.

Hackathon

Originalmente é um termo usado na tecnologia da informação para descrever uma maratona de programação na qual hackers se reúnem para explorar dados, desvendar códigos e sistemas, discutir ideias e desenvolver projetos de software ou mesmo de hardware.

Serviço:

HackAthon Audiovisual – 02 a 05 de dezembro na UFMT.

Entrada – gratuita, mas é preciso fazer inscrição prévia

Inscrição: https://bit.ly/2KECSW6 

Rodas de Conversa – Palácio da Instrução – quinta-feira (21.11), às 19h; e Instituto de Linguagens da UFMT – terça-feira (26.11), às 10h30. Não precisa de inscrição prévia.

Mais informações: (65) 3612-0240 (Superintendência de Desenvolvimento da Economia Criativa), [email protected] e (11) 97572-7404 – Whatsapp Filmjoin

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Diretora de escola em Cuiabá morre vítima da Covid -19

Publicado


.

É com pesar que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) comunica o falecimento de Adalgiza Pereira Pedroso, diretora da Escola Estadual Rodolfo Augusto Trechaud e Curvo, localizada no Residencial Paiaguás, em Cuiabá. Adalgiza faleceu na manhã deste sábado (04.07) vítima da Covid-19. Ela estava internada há 15 dias em um hospital particular de Cuiabá.

Adalgiza Pereira também atuou como coordenadora, bibliotecária e suporte na Escola Rodolfo Augusto. Foi também coordenadora na Escola André Avelino Ribeiro e atuou na escola Ulisses Cuiabano, em Cuiabá.

“Estamos desolados com essa notícia, mais uma profissional da educação que perdemos para a Covid-19. Adalgiza era uma grande profissional, sempre empenhada e dedica a fazer o melhor pela educação do nosso Estado”, lamentou a Secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk.  

Adalgiza Pereira perdeu a mãe, Belarmina Pereira Pedroso, na semana passada, também vítima do coronavírus.

A Seduc se solidariza com a família, amigos e toda a comunidade escolar neste momento de dor e tristeza. Que Deus alivie o sofrimento e leve conforto e paz ao coração de todos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cadeia Pública feminina de Norterlândia tem vagas ampliadas

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), inaugura, na próxima sexta-feira (10.07), duas novas celas na unidade penal feminina do município de Nortelândia (254 km a Oeste de Cuiabá).

Foram investidos quase R$ 90 mil em materiais de construção e a execução da obra teve 100% de mão de obra de recuperandos. Ao todo, a ampliação resultou em 24 novas vagas.

Os recursos são oriundos do Governo do Estado e da comarca do Ministério Público do município de Nortelândia, em parceria com as comarcas das cidades de Tangará da Serra, Barra do Bugres, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Brasnorte.

Atualmente, a unidade penal tem 62 reeducandas de várias cidades do Estado. A diretora da Cadeia Pública Feminina, Adriana Silva Duarte Quinteiro, enaltece a parceria que resultou na ampliação de vagas.

“Nossa unidade recebe mulheres de várias cidades de Mato Grosso, mas principalmente dos municípios onde estão as comarcas que nos ajudaram com recurso para a efetivação da obra. Finalizamos a obra com a certeza que continuaremos a garantir um serviço eficiente”, destaca.

Adriana ressalta ainda que a unidade disponibiliza atividades de ressocialização entre as mulheres. São ofertados cursos de pintura em tela, artesanatos e o trabalho extramuros.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana