MATO GROSSO

Materiais para pesquisa da variante Cosmopolita nova Cepa da Dengue são colhidos em Municipios de MT entre os quais Lucas do Rio Verde

Publicados

em

Uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT), identificou a circulação da nova cepa da dengue em Mato Grosso, o genótipo do sorotipo II do vírus, mais conhecido como cosmopolita.  A cepa cosmopolita está presente na Ásia, no Oriente Médio e na África.

No Brasil, o primeiro caso foi registrado em Goiás e, em seguida, foram identificados casos em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso.

No Estado, a análise foi feita pela equipe coordenada pelo pesquisador da Fiocruz, Luiz Carlos Júnior Alcântara, que recebeu, entre 5 e 10 de junho, 32 amostras com resultado positivo prévio para dengue. 

Após sequenciamento utilizando a metodologia de nanoporos, do total de amostras analisadas, 29 corresponderam ao tipo DENV-1 genótipo V, cepa mais comum no Estado, e três amostras corresponderam ao DENV-2 genótipo emergente de tipo II, a variante cosmopolita.

Os casos da variante cosmopolita são provenientes dos municípios de Cuiabá, Nortelândia e Sorriso.

Para a pesquisa, também foram colhidos materiais nos municípios de Novo mundo, Nova Maringá, Santo Antônio do Leverger, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Nova Santa Helena, Água Boa e Nortelândia.

Leia Também:  Municipio de Alta Floresta recebe mais de 350 milhões de reais do Governo de Mato Grosso nos últimos 03 anos

“Esta é a primeira detecção deste genótipo no estado e esse achado aponta para a necessidade de reforçarmos o monitoramento genômico desse patógeno emergente para compreendermos a sua difusão em Mato Grosso e no Brasil”, diz o pesquisador Luiz Carlos Júnior Alcântara, no relatório da pesquisa. 

O secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Juliano Melo, explica que, apesar da nova cepa ser mais transmissível que as variantes que já circulam no estado há anos, os cuidados preventivos a esse novo genótipo da dengue permanecem os mesmos já amplamente divulgados, como limpeza dos quintais. 

“Não existe uma vacina ou um medicamento preventivo à dengue. Para o enfrentamento da doença, é imprescindível que a população mantenha os cuidados diários, como certificar-se de que a caixa da água está devidamente tampada, assim como as lixeiras. Devemos ainda limpar as calhas e trocar areia dos vasos de planta semanalmente, além de preservar os ralos limpos e manter garrafas ou recipientes de boca para baixo”, reforça o gestor.

Leia Também:  Repressão a organizações criminosas resulta em 82 prisões no primeiro semestre

A diretora do Lacen-MT, Elaine Cristina Oliveira, alerta para a importância de os serviços básicos estarem preparados para o enfrentamento da doença, independentemente do genótipo dela. 

“É crucial assegurar que a limpeza urbana, realizada pelas prefeituras, e a limpeza individual, realizada pelos moradores, sejam diárias. É necessário também os municípios manterem a Atenção Básica atenta aos sintomas dos pacientes que chegam no pronto-atendimento”, pontua Elaine.

 

Otavio Ventureli(da Redação com Assessoria)

 

MATO GROSSO

Lucas do Rio Verde MT continua entre os dez municipios com maior número de casos de Covid 19 no Estado

Publicados

em

Dados atualizados noo painel do coronavírus disponibilizados nesta quarta-feira (29) apontam que Mato Grosso notificou 3 novas mortes pela covid.

No balanço consta também que o estado registra 11.072 pessoas em isolamento domiciliar.

Conforme o painel, Mato Grosso contabiliza 763.788 contágios, dos quais em 737.008 casos as pessoas infectadas se recuperaram do vírus. Contudo, outras 14.990 morreram devido a complicações da doença.

Há ainda 425 pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva e enfermarias. A ocupação das UTIs é de 76,40% enquanto o mesmo número relativo às enfermarias é de 18%.

No caso das UTIs, os 4 hospitais geridos pelo Estado com leitos covid registram ocupação igual ou superior a 75%, sendo que uma das unidades 100% dos leitos está em uso.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de covid-19 estão: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste, Cáceres e Alta Floresta.

 

Otavio Ventureli*da redação com assessoria SES)

Leia Também:  Senadores de Mato Grosso não assinam pedido de CPI do MEC por ser um conteúdo político de época de eleições
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI